Posted in:

10 erros mais comuns durante a execução de exercício de Pilates

10 erros mais comuns durante a execução de exercício de Pilates
Gostou? Avalie!

Muita gente, cada vez mais, está procurando mais sobre o Pilates e querendo praticar o método. Com tantos Studios e opções de lugares para praticar, como fazer com que seu aluno saiba que você é o melhor em qualidade para essas aulas?

Alguns erros de postura ou comunicação entre aluno e instrutor são mais comuns do que você imagina – e podem fazer a diferença na hora do praticante fechar alguns meses de aula em seu Studio.

Vamos ver nesse artigo os principais erros que os alunos costumam cometer durante a execução do exercício de Pilates e como você, instrutor pode evitar as possíveis consequências de uma pratica errada. Confira!

1° Erro durante o exercício de Pilates: Extensão exagerada da curvatura da coluna cervical

exercicio-de-pilates-1

O que pode causar:

Dicas de correção:

  • Demonstre o posicionamento correto durante o exercício
  • Demonstre, também, o posicionamento errado. Isso faz com que o aluno visualize melhor o que está fazendo
  • Oriente que a curvatura da coluna cervical precisa estar na posição neutra, conforme demonstrado
  • Esteja sempre atento para possíveis correções e orientações enquanto seu aluno realiza o exercício

2° Erro durante o exercício de Pilates: Flexão exagerada da coluna cervical

exercicio-de-pilates-2

O que pode causar:

Dicas de correção:

  • Tome cuidado com o termo “queixo no peito”, pois o aluno para fazer esse movimento
  • Oriente para onde o aluno está direcionando o olhar – isso ajuda a manter a posição certa cervical esteja sempre neutra

3° Erro durante o exercício de Pilates: Elevação dos ombros

exercicio-de-pilates-3

O que pode causar:

  • Musculatura do trapézio
  • Dores na região dos ombros e escápula
  • Enxaqueca
  • Formação de Ponto Gatilho
  • Cansaço da musculatura envolvida
  • Desconforto para realizar o exercício

Dicas de correção:

  • Trabalhe a elevação e depressão consciência postural do aluno
  • Procure fortalecer a musculatura estabilizadora dos ombros
  • Utilize comandos como “afastar os ombros das orelhas” para guiar seu aluno durante o exercício

4° Erro durante o exercício de Pilates: Inclinação lateral da coluna cervical

exercicio-de-pilates-4

O que pode causar:

  • Hérnia discal
  • Tensão na musculatura do trapézio
  • Escoliose
  • Náuseas e tontura

Dicas de correção:

  • Oriente sobre a posição neutra da coluna
  • Demonstre a posição correta da cabeça.

Dica: utilize fotos ou espelho para auxiliar a explicação e solicite a seu aluno o alongamento axial

5° Erro durante o exercício de Pilates: Elevação da pelve

exercicio-de-pilates-5

O que pode causar:

  • Dores na região do quadril posterior dos membros inferiores, por não promover o afastamento efetivo e completo das origens e inserções de seus respectivos músculos
  • Dores na região lombo pélvica.

Dicas de correção:

  • Posicione o aluno corretamente no aparelho
  • Oriente para que ele não eleve a pelve do estofado durante a execução do exercício
  • Limite a amplitude do movimento.

Dessa forma, ele passará a entender o posicionamento correto e poderá evoluir progressivamente

6° Erro durante o exercício de Pilates: Inclinação lateral da pelve

exercicio-de-pilates-6

O que pode causar:

Dicas de correção:

  • Mantenha o alinhamento das cristas ilíacas durante a execução do exercício
  • Posicione seu aluno adequadamente no aparelho
  • Trabalhe a consciência postural para evitar a elevação da unilateral da pelve e, gradativamente, ganhar amplitude do movimento de inclinação lateral do tronco

7° Erro durante o exercício de Pilates: Rotação da pelve

exercicio-de-pilates-7

O que pode causar:

Dicas de correções:

  • Mantenha o alinhamento das cristas ilíacas
  • Utilize variações para facilitar a execução do exercício

8° Erro durante o exercício de Pilates: Acentuação da lordose lombar

exercicio-de-pilates-8

O que pode causar:

  • Hérnia Discal
  • Espondilolistese
  • Dores no quadril e lombar
  • Tensão do Psoas
  • Tensão do quadrado lombar

Dicas de correção:

  • Limite a amplitude do movimento
  • Solicite o crescimento axial durante o exercício
  • Solicite, também, a retroversão do quadril

9° Erro durante o exercício de Pilates: Flexão/extensão exagerada do punho

exercicio-de-pilates-9

O que pode causar:

  • Tendinite de punho
  • Síndrome do túnel do carpo
  • Desconforto para realizar o exercício
  • Dores no antebraço

Dicas de correção:

  • Oriente, durante todo o exercício, a posição neutra do punho
  • Trabalhe o fortalecimento da musculatura extensora e flexora do punho
  • Solicite extensão dos dedos. Isso facilita o posicionamento neutro e a posição correta do punho
  • Caso necessário, diminua a intensidade do exercício

10° Erro durante o exercício de Pilates: A posição do profissional

exercicio-de-pilates-11

O instrutor de Pilates nunca pode dar as costas para seu aluno ou paciente. Mantenha seus clientes sempre dentro de seu campo de visão – isso evita acidentes e a execução errada dos exercícios, além de passar segurança ao aluno.

Outra dica: Cuidado com as molas

O que pode causar:

Dicas de correção:

  • Verifique a carga antes do aluno/paciente executar o exercício
  • Oriente sempre o aluno para começar o exercício com movimentos mais lentos, para testar a carga e trabalhar a propriocepção do movimento

Concluindo…

Com essas dicas temos certeza você irá conseguir identificar e corrigir os principais erros de seus alunos, durante a execução dos exercícios de Pilates. Dessa forma será possível adquirir um resultado melhor e mais seguro.

E aí, conhece outro erro muito comum que os alunos costumam fazer? Sabe como corrigir? Conta para a gente nos comentários!

5 Comentários

Deixe um Comentário
    • Olá Daniela, fico feliz que tenha gostado da matéria. Obrigada pela observação, a foto realmente estava trocada mas já editamos!

  1. Muito importante corrigir, e verificar o erro mais comum dos pacientes, mas acho que existem alguns pacientes que possuem bastante hipomobilidade, e é complicado de executar muitos movimentos, por exemplo idosos, e obesos, temos que adaptar o exercício da melhor forma possível! Ótima dica, para não agravar os sintomas e gerar um desequilíbrio osteoarticular!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *