Posted in:

Dicas para Aulas de Pilates com Alunos Iniciantes

Pilates-para-iniciantes
Dicas para Aulas de Pilates com Alunos Iniciantes
Gostou? Avalie!

Como você lida com alunos iniciantes? Há técnicas diferentes? Nesse texto vamos falar sobre dicas para alunos de primeira viagem, que buscam um Studio de Pilates para atingir os diversos benefícios que o Método oferece.

Conhecer um Studio de Pilates pode ser um tanto curioso e assustador. Normalmente ouvimos os marinheiros de primeira viagem dizendo coisas como: “Nossa, parece que estou em uma sala de tortura Medieval”.

Por ser uma experiência nova na qual muitas vezes o aluno não conhece o Método Pilates, ele pode acabar se assustando com os equipamentos e rigidez na execução dos princípios e acabar achar que será muito mais difícil do que parece.

O Papel do Instrutor com Alunos IniciantesAULA-PILATES-INICIANTES

É importante que o instrutor deixe o aluno tranquilo, dando orientações específicas durante todos os exercícios. Deixar o aluno a vontade é o maior desafio, pois assim ele irá ganhando confiança e começará a atingir seus objetivos e metas.

Para o aluno chegar no estágio de confiança, é importante que ele esteja adaptado ao local, e para isso nós temos aqui algumas dicas para você professor.

Essas dicas que vocês podem fornecer aos alunos iniciantes para que eles possam aproveitar melhor as aulas:

1° Informe que o Pilates trabalha o corpo todo

Destaque o controle, precisão e concentração. Ou seja, apresente o método, mostrando que ele envolve o corpo e a mente, que deve estar focada em controlá-lo.

Os movimentos não são executados rapidamente ou de forma excessiva, o alvo é a qualidade e não a quantidade.

2° Explique o conceito de Powerhouse

Os músculos abdominais, assim como eretores da coluna,extensores do quadril e os da região do períneo, formam o famoso Powerhouse, e servem como o centro de todo o movimento, permitindo que o resto do corpo se mova com segurança e precisão.

Por isso fique atento para que seu aluno se esforce ao máximo para ativar essa região, seguindo sempre as orientações.

3° Ensine os princípios básicos do Método

Entre todos os princípios de uma atenção especial ao ensino da respiração.

É a partir dela e do Powerhouse que todos os movimentos começam, é a ferramenta usada na organização do corpo para conseguirmos contrair os músculos que nos estabilizam e nos deixam preparados para qualquer movimento.

Se feita de forma correta, renova e gera mais energia para que possamos nos exercitar melhor, mantendo a qualidade durante todo o tempo.

Além disso, atualmente se sabe que a utilização da respiração do Método Pilates é capaz de aumentar o percentual de ativação muscular da musculatura abdominal durante a execução dos exercícios, pondendo potencializar os resultados das aulas.

4° Se você trabalha apenas com o Mat Pilates

Ressalte que o criador do Método começou seu repertório pelo solo, e que as aulas sem aparelhos permitem trabalhar todos os grupos musculares, além de ser ainda mais desafiadores pois utilizam o próprio peso corporal como sobrecarga.

5° Apresente a importância e os benefícios do Pilates

O Método é cheio de detalhes que fazem a diferença entre estar praticando ele ou qualquer outro exercício. Por isso durante as aulas, muitas dicas sobre a execução dos exercícios são dadas para que estes sejam feitos com perfeição.

O professor deve repetir o tempo todo as orientações e ficar atento à postura do aluno para fazer todas as correções necessárias.

Os termos são meio esquisitos, como “prenda o xixi” ou “mantenha os ombros longe das orelhas”, mas é essencial para que o aluno se adapte de forma tranquila ao Método e aos exercícios.

6° Foque nos objetivos propostos

Muitas vezes, por exigência dos alunos e outras por despreparo dos instrutores, as aulas começam a ter exercícios de malabarismos.

Sim, existe no Método alguns exercícios aéreos, outros em que o aluno tem que ficar de cabeça para baixo, por exemplo.

Mas há um longo caminho para se chegar neste ponto. Não atropele etapas, o custo pode ser a saúde do seu aluno!

Tudo tem seu tempo e é necessário que antes sejam desenvolvidos força, controle, flexibilidade, entre outras tantas coisas para se chegar aos exercícios avançados. Avalie sempre as condições físicas do aluno para que ele evolua gradativamente.

Além disso, é importante que os exercícios sejam direcionados para os objetivos doa alunos. O que quero dizer, é que mesmo ele como iniciante, intermediário ou em estágio avançado, é necessário que cada exercício passado tenha um “porque”, não dê aulas no improviso, planeje com cuidado a aula e suas progressões.

Pois esse é um dos diferenciais do Método Pilates, o direcionamento individual para cada aluno, ou seja, se você der a mesma aula para todos os alunos não faz sentido chamar seu atendimento de personalizado.

7° Exercício de mais e conversa de menos

Cuidado para não cair na tentação de transformar a sua aula em terapia e deixar a conversa rolar solta. Por mais à vontade que seja a relação entre aluno e professor, não é possível conversar e fazer exercícios ao mesmo tempo.

Todos os movimentos, mesmo os mais fáceis, requerem atenção, pois cada vez que os fazemos, conseguimos conectar mais alguma parte do corpo e o exercício se torna um novo desafio.

É interessante incentivar a concentração do seu aluno, afinal ela é essencial para a execução dos exercícios e o equilíbrio entre o corpo e a mente.

Concluindo…AULA-PILATES-INICIANTES-2

Não é fácil ser pilateiro de verdade, e a ajuda dos instrutores têm papel fundamental para isso. Essas dicas são essenciais para que você potencialize sua aula e torne ela agradável e benéfica para os iniciantes.

Fazer com que as primeiras aulas sejam marcantes e boas é um elemento poderoso para fazer o aluno voltar e trazer mais pessoas com ele. Às vezes a primeira impressão é a que fica, dê as primeiras aulas com atenção e da forma mais agradável possível.

Como já dito, deixar o aluno àvontade, incentivar sua concentração, dentre todas as outras dicas dadas, são cuidados que irão ajudar a crescer seu Studio de Pilates, além do crescimento profissional.

Seguindo essas dicas dadas, seu aluno só tem a ganhar  e, por consequência, você irá ganhar muito com isso também.

E você como dá aulas para iniciantes? Pratica algumas dessas dicas? Conta para a gente!

4 Comentários

Deixe um Comentário
  1. Amei tudo que li do Blog.
    Uma coisa me preocupa a minha performance.Pois moro numa cidade de interior e o valor do Pilates não é o mesmo de capitais,então tenho que trabalhar muito.Gostaria de saber como poderia me organizar melhor,pois não tenho tempo nem para respirar e também não posso perder as oportunidades.obrigado

    • Oi, Amanda. Tudo bem? Obrigado pelo contato! Nós estamos sempre pensando em como desenvolver matérias que possam ajudar instrutores como você. Se você for na categoria “Gestão/Marketing” aqui do Blog, verá algumas postagens sobre como divulgar seu estúdio de Pilates on-line com baixo custo, por exemplo. Em “Original/Clássico” você também pode encontrar várias dicas para potencializar sua aula! E claro que, quanto maior o repertório e networking, melhor para você e seu estúdio – então também recomendamos que você acompanhe sempre a aba de eventos (http://blogpilates.com.br/eventos/) pro caso de aparecer um aí por perto! Qualquer outra dúvida em relação à eventos ou até mesmo cursos de especialização em Pilates espalhados pelo Brasil, sugiro acessar o link http://www.vollpilates.com.br/.

      No mais, passaremos para nossos colaboradores a ideia de fazer artigos sobre como o instrutor pode melhorar a organização e aproveitar as oportunidades. Espero ter ajudado! Qualquer dúvida, nos escreva sempre!

    • Oi, Amanda. Tudo bem? Obrigado pelo contato! Nós estamos sempre pensando em como desenvolver matérias que possam ajudar instrutores como você. Se você for na categoria “Gestão/Marketing” aqui do Blog, verá algumas postagens sobre como divulgar seu estúdio de Pilates on-line com baixo custo, por exemplo. Em “Original/Clássico” você também pode encontrar várias dicas para potencializar sua aula! E claro que, quanto maior o repertório e networking, melhor para você e seu estúdio – então também recomendamos que você acompanhe sempre a aba de eventos (http://blogpilates.com.br/eventos/) pro caso de aparecer um aí por perto! Qualquer outra dúvida em relação à eventos ou até mesmo cursos de especialização em Pilates espalhados pelo Brasil, sugiro acessar o linkhttp://www.vollpilates.com.br/.

      No mais, passaremos para nossos colaboradores a ideia de fazer artigos só sobre como o instrutor pode melhorar a organização e aproveitar as oportunidades. Espero ter ajudado! Qualquer dúvida, nos escreva sempre!

  2. Olá bom dia, li a metéria e achei muito interessante, meu patrão quer montar um Studio de pilates no aparelho e me perguntou se eu gostaria de dar as aulas, fui pesquisar sobre o pilates no aparelho e gostei muito dos movimentos que se faz e tenho interesse em ministrar essas. Mas, por onde começar???

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *