Posted in:

Benefícios do Pilates para hipertensão

Benefícios-do-Pilates-para-hipertensão

Segundo a Sociedade Brasileira de Hipertensão (2011), estima-se que há cerca de 50 milhões de pessoas com hipertensão no Brasil.

A patologia nada mais é do que o aumento da pressão arterial, ocasionado pelo excesso de ativação da proteína RAC1 e infelizmente é um dos principais fatores de risco para a ocorrência do acidente vascular cerebral, enfarte, aneurisma arterial e insuficiência renal e cardíaca.

De acordo com a classificação da Sociedade Brasileira de Cardiologia, considera-se um indivíduo hipertenso com pressão constante > 140 mmHg  (sistólica) e > 90 mmHg (diastólica).

A doença, ainda sem causa definida, está relacionada a problemas cardíacos, porém não é uma relação direta, há inclusive entre as possíveis causas o sedentarismo, o estresse, má alimentação, entre outras.

Prevenindo a hipertensãohipertensão

Desta forma, abordamos com muita ênfase a questão da prevenção de problemas cardíacos em hipertensos.

Algumas consequências da pressão alta constante são a ineficiência da bomba muscular, hipertrofia do ventrículo esquerdo, alterações dos vasos sanguíneos (o excesso de proteína deteriora a parede do vasos), insuficiência renal e cardíaca, infarto do miocárdio e acidente vascular cerebral.

Normalmente, recomenda-se uma alimentação equilibrada, com diminuição de sal, e também exercícios aeróbicos moderados, como caminhadas.

Porém, pensando na ineficiência da bomba muscular, devemos preconizar o fortalecimento muscular de MMII.

O Pilates como recurso para Hipertensospilates-e-hipertensão

O método Pilates é uma das formas mais indicadas a pessoas com problemas cardíacos, sua execução promove um maior fluxo para os vasos sanguíneos, dessa forma, o agrupamento muscular inferior aumenta o retorno venoso e diminui o esforço do miocárdio, diminuindo estresse cardíaco.

Ao contrário do que muitos pensam o Método Pilates não ocasiona em um aumento da pressão arterial, durante a prática desta atividade, mesmo se tratando de um exercício de força.

Essa vantagem é adquirida a partir do momento em que você utiliza poucas repetições dos exercícios (dez no máximo) e faz uso de uma respiração única e particularizada como benefício para o bom desenvolvimento das aulas– um dos princípios básicos do Método Pilates.

Dessa forma, ao realizar os exercícios propostos pelo Método Pilates você obtém além das vantagens básicas, o auxilio diferenciado que ajuda a promover relaxamento muscular, alívio das tensões e nos impede de realizar apneia, descartando, portanto, todas as contraindicações recorrentes dos exercícios normais para pessoas que sofrem com hipertensão.

Lembrando, portanto, que a atividade aeróbia não proporcionará aumento de força significativo para melhorar a ação da bomba muscular.

Recomendo também que você se atente no fortalecimento de grandes grupos musculares, preconizando MMII e CORE, exercícios bi e multiarticulares, estimulando equilíbrio e sistema proprioceptivo.

Preste atenção as restriçõespilates-e-hipertensão

Existem também recomendações que sigo e que funcionam bem quando trabalho com algum paciente hipertenso. Essas orientações me auxiliam no tratamento e me protegem a mim e ao aluno com possíveis problemas futuros.

São elas:

  • Evitar posições invertidas, onde as pernas estão posicionadas acima da linha da cabeça.
  • Não trabalhe em níveis de fadiga muscular;
  • Perguntar se o aluno está medicado;
  • Evitar longos períodos em posições supinas;
  • Exija acompanhamento com médico especializado
  • Peça uma indicação médica prévia para a realização do exercício
  • Evitar respirações rápidas e curtas

Exercícios indicados para Hipertensospilates-e-hipertensão

Seguindo esse raciocínio, e considerando as recomendações para clientes hipertensos, o Pilates apresenta muitas opções de trabalho.

Abaixo, seguem algumas opções de exercícios que podem ser utilizados com alunos hipertensos:

Reformer

Footworks: com utilização da prancha de saltos nas costas, gerando uma leve inclinação ao deitar

Ênfase em: Running, V position, Pulses

Front Splits: adaptação no Solo

Back Splits: adaptação no Solo

Russian: adaptação no Solo

Cadillac

Hip Opener

Lunge

Thigh Stretch

Bycicle (em decúbito lateral)

Circles (em decúbito lateral)

Chair

Double leg pumps e variações

Single leg pumps (toes e heels)

Plie front

Forward step down: adaptações quando necessário

Sideward step down: adaptações quando necessário

Standing leg and foot press

Forward lunge: adaptações quando necessário

Side lunge: adaptações quando necessário

Frog front

Standing leg pump – crossover

Achilles stretch

Ladder Barrel

Flat back: atenção para não gerar apneia durante a execução do movimento

Horseback

Twist

Side sit ups

Concluindo…pilates-e-hipertensão

O Pilates é indicado como um dos melhores exercícios físicos para pessoas com hipertensão, o método auxilia no relaxamento muscular e alívio de tensões, mantendo o hipertenso no controle da doença, promove uma vida mais tranquila e relaxada, sem as contraindicações das outras atividades físicas já conhecidas.

O que achou desse texto? Você tem outras estratégias de trabalho? Compartilhe conosco!

Vou adorar conversar mais sobre isso e saber mais sobre os exercícios e técnicas para tratar hipertensão e outros quadros clínicos.

1 Comentário

Deixe um Comentário
  1. Gostei muito de saber que o método é eficiente na HAS. Mas onde esta as referências cientificas para realização da matéria , ando buscando fontes para comprovação mas sem sucesso ate agora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *