Posted in:

3 Estratégias Essenciais para Fidelizar seu Cliente!

Fidelizar-seu-cliente---capa

Se você é dono(a) de um Studio de Pilates ou quer abrir um Studio, antes de continuar o texto eu queria te convidar para participar de um Grande Lançamento que acontecerá dia 30/01 às 22h pela internet. É online, ao vivo e gratuito.

Será o lançamento da Rede MetaLife Studios, uma parceria MetaLife e VOLL Pilates.

Se você deseja aumentar faturamento, fidelizar clientes, ganhar tempo, controlar as finanças, se capacitar e, principalmente DESTACAR SEU STUDIO no meio da multidão, eu te convido a conhecer o projeto.

Neste dia você terá a oportunidade de saber de todos os detalhes e mais que isso, de fazer parte dele. A Rede MetaLife será a Maior Rede de Studios do Brasil e você terá o apoio e supervisão direta das duas maiores empresas de Pilates do Brasil: MetaLife e VOLL Pilates.

Clique aqui para participar: http://bit.ly/conhecer-MetaLife-Studios

Bom, depois de se inscrever, vamos voltar ao texto…

 

 

 

Atualmente, o Pilates é um método muito difundido e conhecido. Os exercícios criados por Joseph Pilates tornaram-se mundialmente famosos e ganharam vários adeptos. Com isso muitos estúdios surgiram e é extremamente importante fidelizar seu cliente.

Quais estratégias que você usa para fidelizar seu cliente?

Vou sugerir três delas para que seus clientes sejam fieis ao seu trabalho.

Estratégia #1 para Fidelizar seu Cliente: Bons ProfissionaisBons-profissionais---fidelizar-seu-cliente-2

Um bom professor é sempre fundamental, tanto para atender bem o paciente/aluno quanto para garantir que ele volte no próximo mês.

Você acha que esse é um papel apenas do dono do estúdio? Acha que é difícil encontrar um professor comprometido? Você se preocupa com uma relação mais estreita entre professor e cliente?

Essas são algumas dúvidas e questionamentos que grande parte dos proprietários de estúdios de Pilates se fazem na hora de fidelizar seu cliente.

Deixar todas as aulas que o estúdio oferece apenas para o proprietário comandar é um risco. Com o tempo a energia acaba, o desgaste físico e mental predomina e, consequentemente, o rendimento das aulas fica prejudicado.

Ter alguém para dividir o número de aulas é essencial para conquistar mais clientes mas escolher um professor para dividir com você a tarefa de atender bem seus alunos/pacientes não é tão simples.

Primeiro, é necessário encontrar uma pessoa comprometida com as aulas. O ideal é treinar esse professor para que você e ele “falem a mesma língua” durante as aulas. Mesmo que ele seja formado por uma boa escola de capacitação em Pilates, é fundamental estruturar suas aulas para evitar comparações.

A melhor maneira de fazer isso é realizando uma programação das aulas. Uma reunião semanal entre os professores e o proprietário é uma grande saída para colocar no papel as ideias de todos e alinharem as aulas para que o aluno se beneficie.

  1. Demonstre sempre que você confia no professor que contratou. Assim, seu cliente ficará seguro ao ser atendido por ele.
  2. Elogie seus funcionários.
  3. Faça com que eles gostem de trabalhar com você, assim vocês podem crescer juntos. Quando um aluno tem uma boa relação com o professor, mais chances ele tem de se tornar um cliente fiel.

A remuneração também é uma questão muito importante. As pessoas trabalham melhores e mais felizes quando têm seus trabalhos reconhecidos. Não existe coisa melhor do que chegar em casa depois de um dia cansativo de trabalho e pensar que você foi recompensado por isso.

É claro que a evolução do aluno, o elogio e o reconhecimento profissional contam muito, mas ninguém trabalha apenas por prazer, e um salário justo no fim do mês é o mínimo que todo profissional deve ter.

Quando as pessoas estão felizes no ambiente de trabalho, tendem a produzir melhor.

Estratégia #2: AvaliaçãoAvaliação---Fidelizar-seu-cliente

Além do professor existem outras maneiras de fidelizar seu cliente.

Fazer uma avaliação do aluno e mostrar sua evolução nas aulas é de estrema importância para que ele conquiste seus objetivos e fique satisfeito com os resultados alcançados.

Uma maneira simples de começar a avaliar seu aluno/paciente é perguntando para ele qual o objetivo dele com a prática, assim você pode programar as aulas para ele com exercícios específicos.

Por exemplo, vamos pensar em uma pessoa que gosta de correr. Essa pessoa treina corrida toda semana e procurou o Pilates para fortalecer, evitar lesões e, portanto, melhorar seu desempenho. Incluir exercícios específicos em todas as aulas vai motivá-la a continuar.

Você não precisa dar somente exercícios específicos para corredores, pode planejar uma aula global como faz para todos, mas incluir em alguns momentos os exercícios que essa pessoa necessita.

É de extrema importância avisar a pessoa que determinado exercício é para melhorar estipulado motivo quando estiver correndo. Assim seu aluno vai perceber seu interesse com os objetivos dele.

Muitas pessoas procuram o Pilates por indicação médica devido a dores e desvios. Avalie seu aluno, descubra as regiões do corpo que precisam ser alongadas e fortalecidas.

Muitas vezes as dores e desvios posturais são consequências de encurtamento em algumas musculaturas que não estão diretamente ligadas a dor inicial. Trabalhe o corpo como um todo.

Conseguir aliviar as dores de pessoas que sofrem desse mal é muito gratificante.

Uma dica de avaliação para fidelizar seu cliente é realizar a mesma através de movimentos. Selecione alguns exercícios que você considera que avaliam determinada parte do corpo. Atribua um conceito ou uma nota para a execução do exercício.

Por exemplo, vou avaliar a força do core através do exercício roll up:

  • Se o aluno conseguir tirar do chão apenas até a região torácica a nota dele será 3.
  • Se ele conseguir sentar, mas precisar levantar as pernas para auxiliar no movimento a nota será 6.
  • Se ele sentar usando a força do core a nota é 9.

Assim você estabelece um padrão para avaliar todos os pacientes/alunos. Crie uma lista de exercícios que englobe todo o corpo.

Outra dica que considero importante é nunca avisar o aluno que ele está sendo avaliado. As pessoas tendem a mudar o padrão de movimento quando estão sendo observadas.

Afinal quem não quer ter boas notas em uma avaliação?

Faça a avaliação como se estivesse dando uma aula normal. Anote em um papel as “notas” ou “conceitos” que atribuirá para ele. Escreva as observações que achar relevante e depois mostre a avaliação e o que você acha que pode melhorar.

Expor as dificuldades do aluno é importante para ele fazer exercícios com mais consciência. Com a avaliação em mãos fica mais fácil planejar os programas de aula e fidelizar seu cliente.

Fazer uma reavaliação é importante para você constatar a evolução e, também, para ele perceber que evoluiu.

Estabeleça um período que você acha relevante para refazer o teste, pode ser 3 ou 4 meses, o professor sempre sabe a hora de avaliar. Repita o teste da mesma maneira, ou seja, não conte que ele está sendo avaliado.

Atribua as notas ou conceitos para os mesmo exercícios anteriores. Faça um comparativo, especifique onde evoluiu e onde ainda precisa melhorar. Mostre a comparação para ele.

Explique a evolução, explique mais ainda os pontos que ainda não melhoraram. Acredite, seu aluno/paciente ficará muito seguro com seu trabalho, e será mais fácil de fidelizar seu cliente.

Estratégia #3: AmbienteFidelizar-seu-cliente

O ambiente também ajuda muito para que a pessoa queira voltar. É claro que uma sala climatizada, espaçosa, com uma bela vista da janela são importantes. Mas não é isso que faz com que seu cliente goste do seu espaço.

O dia a dia normalmente é muito estressante e corrido. Praticar atividade física em um ambiente agradável para que ela possa relaxar e esquecer os problemas é fundamental.

Coisas simples podem fazer uma grande diferença. Mantenha seu ambiente de trabalho sempre limpo, arejado e, principalmente, organizado ganha muitos pontos na hora de fidelizar seu cliente.

É importante que as pessoas percebam que você sabe organizar seu material de trabalho. Isso demonstra segurança e profissionalismo.

Se o dinheiro não deu para investir em móveis novos para recepção, não tem problema. Um vaso de flor no balcão já agrada os olhos. Se está difícil pintar as paredes, mude os equipamentos de lugar, compre caixas plásticas para organizar as molas e acessórios dos aparelhos, é muito melhor um ambiente clean, com menos poluição visual.

Lembre-se sempre que limpeza é fundamental.

O Pilates é praticado de meias ou descalço, por isso, preze pela limpeza do chão. Não tem nada mais desagradável do que ficar pisando em fios de cabelo ou ter os pés sujos de poeira.

Se após uma aula algum aparelho estiver com suor de algum aluno, limpe antes que o próximo inicie a aula. Mantenha os banheiros organizados, limpos e com cheiro de limpeza. Os colchonetes também precisam de atenção especial, lave sempre que possível. São esses pequenos detalhes que fazem a diferença.

As pessoas também procuram estabelecimentos onde são bem atendidas. É muito importante ser cordial, educado e, principalmente, atencioso. Escute seu cliente, ás vezes ele precisa conversar.

Tornar o ambiente da sua clínica ou estúdio um lugar agradável vai fazer com que ele tenha vontade de estar lá depois de um dia estressante, ou mesmo querer começar todas as manhãs de maneira mais alegre, tornando essa a maneira mais fácil de fidelizar seu cliente.

Eu sei que o dia a dia de um professor é muito agitado e cansativo. São muitas horas de trabalho, são muitas pessoas querendo atenção, são horários muito cedo pela manhã e muito tarde à noite mas nada disso pode atrapalhar um bom atendimento.

Coloque um sorriso no rosto e receba bem seu aluno. Ele precisa gostar de você para poder gostar também do seu trabalho.

Concluindo…

Concluindo-fidelizar-seu-cliente

Existem inúmeras estratégias para fidelizar seu cliente e fazer com que seu estúdio prospere. É claro que eventualidades acontecem.

Às vezes um cliente antigo precisa interromper a prática por inúmeros motivos. O importante é ele retornar as atividades com você, sem necessidade de procurar outro lugar.

Essas foram apenas três estratégias para fidelizar seu cliente. Muitas outras atitudes podem ser tomadas, basta olhar ao redor e descobrir.

A prática de Pilates evoluiu muito nos últimos anos, muitos estabelecimentos surgiram, e o que é mais importante, muitas pessoas conhecerem o método e aderiram à prática.

Por isso, é importante fazer pequenos ajustes para conseguir manter seu negócio solidificado. Afinal, se o método evoluiu precisamos também evoluir com ele.

Written by Fabiana Matos

Fabiana Matos

Educadora Física, com pós-graduação no Método Pilates. Especializada em Pilates Suspensus, Airmat e Formação MIT. Atualmente proprietária, coordenadora e professora no Studio Fabiana Matos em Mogi Guaçu e colunista semanal na revista on-line o polo: www.opolo.com.br/colunadafabi

5 posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *