Posted in:

Entrevista Exclusiva com Kathy Corey – A Mestre dos Mestres

Confira em uma entrevista exclusiva, tudo o que a Mestre dos Mestres tem a dizer sobre o Método Pilates.

Entrevista Exclusiva com Kathy Corey – A Mestre dos Mestres
Gostou? Avalie!

Kathy Corey é considerada a Mestre dos Mestres pois além de ter mais de 40 anos de experiência no universo do Pilates, ela foi a única até hoje a ser treinada por 4 Elders – discípulos diretos de Joseph.

Ela é uma dos mais proeminentes nomes da chama Segunda Geração do Pilates.

Para entender um pouco melhor sobre a vida dessa profissional excelente, que estará no Brasil para o evento Pilates Legend nos dias 16, 17 e 18 de Junho, nós conseguimos uma entrevista exclusiva com ela!

Na entrevista, perguntamos sobre os Elders, sobre o Pilates e até sobre o que ela achava do ramo no Brasil.

E ai, preparado? Vem ver!

1) Como você descreveria sua experiência no Universo do Pilates?

Kathy-Corey---QuoteMinha jornada no Pilates tem sido muito gratificante no decorrer desses 40 anos.

Quando eu comecei a ensinar em 1979, ninguém sabia o que era o Método Pilates. Eu comecei a dar aula de Pilates pois eu vim do Universo da Dança, onde eu já dava aulas.

Quando eu descobri o Pilates, eu sabia que era o que eu queria fazer para o resto da minha vida.

Eu estudei com os Elders que aprenderam diretamente de Joe e Clara Pilates, e eu aprendi tanto com eles!

Eles foram tão generosos em compartilhar seus trabalhos, e agora eu estou honrada de poder compartilhar essa experiência com os meus alunos.

2) Qual foi o seu primeiro contato com o Método Pilates?

 

Eu comecei no mundo dos exercícios no começo dos anos 70. Nessa época, não existia muita informação disponível sobre os exercícios. Em 1979, uma colega me convidou para um Workshop de 5 dias ministrado por Ron Fletcher e imediatamente eu me apaixonei pelo Método.

Aqueles 5 dias de Pilates não só mudaram o meu corpo, mas também alterou minha atitude em relação ao universo fitness. Eu podia sentir – é isso! Esse é o futuro dos exercícios de condicionamento físico.

As qualidades mentais e corporais do trabalho e a consciência corporal dos movimentos realmente me atraíram.

3) Qual o sentimento de ter sido a única treinada por 4 Elders? E nos diga algo que você aprendeu com cada um deles que mais te inspirou.Kathy Corey (2)

Eu sou tão afortunada de ter tido a experiência de conhecer todos os Elders. Enquanto eles tinham personalidades bem diferentes, todos compartilhavam a paixão pelo trabalho com o Pilates.

Ron Fletcher foi o meu primeiro professor e nós trabalhamos juntos por 20 anos. Ele me ensinou a fluidez dos movimentos e o trabalho com a respiração. O trabalho dele era muito criativo, com atenção a cada detalhe, especialmente o Footwork.

Eu conheci Eve Gentry mais de 30 anos atrás e ela me ensinou a como instruir conceitos e não apenas exercícios. Ela me ensinou a importância de escutar e entender o conceito de todos os exercícios antes de ensiná-los.

Carola Trier ensinava com paixão e precisão. Ela recebeu a benção de Joe para abrir seu próprio Studio em Nova York e Joe Pilates enviava seus alunos para ela. Ela trabalhava especificamente com reabilitação.

Bruce King disse “Consciência é o caminho para o controle muscular. Quando você se torna consciente que os ossos se movem, que os músculos movem os ossos, e que a mente controle alguns dos músculos, você está no caminho para o controle.”

Kathy-Corey---Quote-2

Ele me ensinou como me mover desde os ossos. Ele trouxe uma arte suave e pureza aos seus ensinamentos. Ele se empenhou para atingir a excelência em sua vida e em seu trabalho.

Romana Kryzanowska era uma professora dinâmica. Ela ajudou com a minha escoliose ao me ensinar como “re-padronizar” minha musculatura através de exercícios assimétricos. Ela tinha um grande entendimento sobre o Método e era uma professora muito talentosa.

Kathy Grant era uma incrível professora, mentora e amiga. Ela me ensinou com grande paixão e conhecimento sobre o trabalho. Ela me ensinou a essência dos exercícios e como ensiná-los de forma bem sucedida aos alunos. Ela me ensinou como ir mais afundo na técnica com uma mente aberta.

Embora cada um desses professores fossem únicos e me ensinassem diferentes abordagens do Método, todos eles compartilhavam a mesma visão de ser sempre um aprendiz do Método e sempre continuar estudando e aprendendo.

Todos eles me ensinaram os princípios do Pilates. E, todos eles concordavam que esses conceitos eram a coisa mais importante que você poderia aprender sobre o Método.

4) O que é necessário em um profissional para ser um bom instrutor de Pilates?Kathy-Corey-10

Nunca parar de estudar! Você não pode ser um bom instrutor sem ser um bom aluno. Sempre existe algo a mais para aprender sobre o corpo e sobre Pilates.

Qualquer instrutor que diga que está cansado de estudar sobre o Pilates deveria parar de ensiná-lo. Pois se você realmente vai a fundo com cada exercício, você SABE que tem mais a ser aprendido e cada camada de exercícios é mais fascinante do que a anterior.

5) Profissionalmente, quando foi sua primeira visita ao Brasil? Como você acha que o segmento do Pilates evoluiu?

 

Kathy-Corey---Quote-3

Eu tenho ensinado em Conferências no Brasil faz mais ou menos 5 anos. Eu tenho visto o crescimento na qualidade do atendimento no Pilates.

Os brasileiros parecem ser abertos a aprender e aplicar novos conhecimentos em seus trabalhos de uma forma que integra o trabalho em sua base.

O futuro do Pilates está naqueles instrutores que atendem esses workshops, porque eles se tornarão os futuros Mestres do Pilates.

6) Qual a sensação em saber que as pessoas seguem os seus ensinamentos?

 

Eu sinto uma tremenda responsabilidade com Joe, Clara e todos os outros Elders que compartilharam seu trabalho tão abertamente.

Se eu conseguir ajudar instrutores a entender a profundidade do poder do Método Pilates, não somente através dos exercícios, mas através dos princípios de Pilates, eu sinto que estou fazendo a minha contribuição para honrar nossa herança e nos linkar ao futuro do Método.

O futuro está nas mãos dos alunos das minhas aulas. Se eu conseguir ajuda-los em sua jornada, eu terei realizado meus objetivos como instrutora.

7) Como você se sente em ser a essência de um evento como o Pilates Legend?Kathy-Corey-5

Eu estou honrada! Eu adoro ensinar em conferências mas minha especialidade é compartilhar meu conhecimento e histórias do meu background com os Elders.

Três dias me proporciona o tempo ideal para ensinar e explorar os trabalhos em uma profundidade maior.

Eu espero trazer uma experiência profunda do Método Pilates para esses workshops, e inspirar instrutores a explorar seus trabalhos em um nível pessoal e profissional.

8) Quais são suas expectativas em relação a esses 3 dias de ensinamentos?

Kathy-Corey---Quote-4

Quando eu ministro workshops nas conferências, eu apresento apenas um pouco do meu trabalho.

Ter 3 dias, me dá a oportunidade de ir mais além nos exercícios.

E como aplicá-los em diferentes tipos de corpo, e quão diferente é a abordagem do Método Pilates para os exercícios de condicionamento físico e os de reabilitação e como fazer cada exercício funcionar em cada corpo diferente.

Eu espero conhecer meus alunos em um nível mais pessoal e espero que eles também compartilhem suas experiências comigo.

1 Comentário

Deixe um Comentário
  1. Adorei conhecer um pouco mais da vida dessa profissional.
    Gostaria de saber o valor desse workshop?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *