Posted in:

Fluidez: um caminho para a conexão

história-do-pilates
Fluidez: um caminho para a conexão
Gostou? Avalie!

A fluidez é um dos princípios do método desenvolvido por Joseph Pilates.

Em uma de suas frases inspirações o criador já ressaltava como o homem buscava um progresso do corpo mas não se preocupava com a sua própria fluidez.

Percebemos que o homem está correndo atrás do progresso material e da perfeição, negligenciando inteiramente a mais complexa e maravilhosa de todas as criações – o próprio homem?!- Joseph Pilates.

Zygmunt Bauman, um dos mais originais e perspicazes sociólogos em atividade, com sua usual percepção fina e apurada, busca esclarecer, registrar e apreender em seu livro “Amor Líquido” de que forma o homem sem vínculos — figura central dos tempos modernos — se conecta.

Fazendo uma analogia ao livro, registro aqui que na modernidade líquida em que vivemos, nada é feito para durar e temos apenas 1 hora para buscar a conexão de nossos alunos, sendo o desconectar-se extremamente mais fácil que o contrário, assim como na vida.

Então, você sabe como utilizar a fluidez e conecta sua aula?

Mas o que é Fluidez?fluidez

Refere-se ao tipo de movimento, que deve ser de forma controlada e contínua, deve exibir qualidade de fluidez e leveza, que absorvam os impactos do corpo com o solo e que usam da inércia, contribuindo para a manutenção da saúde do corpo.

Ao contrário movimentos truncados, pesados, que criam choques no solo, levam ao desperdício de energia, além de tornar os tecidos propensos ao desgaste prematuro. Pilates diz:

 Fluindo num movimento a Contrologia foi concebida para lhe dar flexibilidade, graça natural e a habilidade que será inequivocamente refletida em tudo que você faz.

Fluência, naturalidade, espontaneidade, clareza, destreza e habilidade.

Palavras distintas, mas que no Pilates, tem que estar extremamente alinhadas, até porque, uma de certa forma uma depende da outra. 

Um dos tópicos que utilizei no meu texto passado para auxiliar na busca pela conexão corpo – mente que tanto almejamos.

Modernidade Líquida – Pilates Líquido – Fluidez

Entramos num voo um pouco mais profundo agora. Por que essas três palavras acima?

Pois bem, pensando que a mesma pessoa que vive nessa modernidade líquida é aquela que vai entrar na minha sala de aula para cumprir sua tarefa semanal, seu Pilates Líquido.

Estou generalizando, não são todos os alunos que vivem assim, tampouco são todas as pessoas do mundo que vivem amores líquidos, mas estou tratando de uma maioria, que acredito ser essa.

Use a fluidez a seu favor

Busque fazer com que seu aluno entenda que os movimentos devem ser harmônicos como uma dança.

Ofereça para o seu aluno uma sequência em que ele sinta que essa fluidez existe. Os responsáveis por eles buscarem essa conexão e esquecerem a liquidez do mundo que somos nós.

Exercícios em espirais ou que mobilizem a coluna do seu alunofluidez-05

As espirais existem em todo nosso corpo, desde os pés até o topo da cabeça, basta pensar na anatomia dos nossos músculos.

Insista no apoio dos pés, seja em decúbito dorsal ou em pé – uma boa base é o que sustenta nosso corpo – para depois podermos pensar em crescer axialmente. E em espiral, não esqueça: nosso corpo precisa de movimentos contínuos para que a energia circulante nunca se cesse.

 

Transitar entre os exercícios pensando no que os liga é um fator essencial. Não deixe seu aluno desabar no equipamento após finalizar uma série, insira uma continuidade, uma liga, uma ponte.

É um desafio para você que ainda não pensa assim, e é um desafio para seu aluno que irá executar uma hora de exercícios sequenciais, conectivos, harmônicos. Sem necessidade de chegar a exaustão. Pilates não é isso, lembram?

Uma aula com fluidezfluidez-03

Sabemos que a fluidez é um dos princípios da Contrologia, e que, quando os seis princípios são alcançados, encontraremos essa conexão tão desejada.

Quando conseguimos inserir a fluidez em uma aula, sem quebras, sem buracos, fazendo com que o corpo siga um caminho que faz sentido,  que ele precise de concentração para a realização.

É com o controle que conseguimos associar tudo isso aos benefícios da respiração.

E quando o aluno se sentir satisfeito pois  conseguiu, ou chegou perto, ou está no caminho, ele alcançou a fluidez.

Mas insisto: é fácil? Não, nem um pouco.

A respiração

Para realizar os exercícios, é importante observar atentamente a respiração e utilizar técnicas que permitem relaxar o corpo da tensão e ao mesmo tempo trabalhar os músculos abdominais de forma correta.

A respiração profunda é essencial para ativar o centro de força do Pilates, estabilizar a coluna, oxigenar os músculos e contribuir para a postura correta. A respiração profunda também reduz a ansiedade, diminui a dor muscular e melhora o rendimento durante a atividade.

Ao substituir a respiração superficial por uma respiração profunda e consciente, os benefícios para o organismo são muitos, afinal, o oxigênio é essencial para a vida.

Além disso, o controle sobre as emoções melhora: a mente fica mais alerta e a melhora na saúde e na qualidade de vida é visível. A aplicação das técnicas durante as atividades físicas e no dia a dia pode fazer toda a diferença na vitalidade e no cotidiano.

Concluindo…fluidez-02

O que falta nas pessoas hoje em dia, no que diz respeito a relacionamentos, ideias, conexões, profissionalismo, é a tal da confiança. Entregue-se e experimente como as relações podem passar, aos poucos, para um estado um pouco mais sólido.

Aplique a fluidez durante toda a sua aula, para que seu aluno sinta como o principio faz toda a diferença.

Hoje o voo foi intenso. E espero que você não deixe que esse texto se liquefaça. É para se pensar.

 Até a nossa próxima conexão!

Written by Adriana Coldebella

Adriana Coldebella

Instrutora certificada internacionalmente por Lolita San Miguel em seu Programa de Mentoria nos EUA e apta a ministrar o Lolita´s Legacy.
Bacharel e Licenciada em Dança pela Unicamp e pós graduada em Massagem e Técnicas corporais, ministra workshops e aulas especiais e é modelo fotográfica de exercícios de Pilates.

13 posts

1 Comentário

Deixe um Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *