Posted in:

História do Reformer: o Pilates e o movimento completo

HISTÓRIA-DO-REFORMER

Quando pequeno, Joseph Pilates foi diagnosticado com raquitismo e asma, por isso começou a fazer exercícios e o resultado foi um corpo forte – além, é claro, do fim das crises.

 ‏

Utilizou sua experiência em atividades físicas para criar seu Método, tendo como missão construir corpos equilibrados e saudáveis, mantendo-os mais resistentes às enfermidades. Durante a vida, estudou os movimentos do corpo e chegou à conclusão de que o homem não pode parar de se mexer, e deve fazê-lo de forma correta – do contrário, perde essa capacidade progressivamente. Assim, planejou seus equipamentos com a intenção de garantir que as pessoas pudessem se exercitar e, ao mesmo tempo, manter a postura.

 ‏

O primeiro de seus equipamentos foi o Universal Reformer (nome original do Reformer). O aparelho assim foi chamado porque “reforma” o corpo como um todo. Permite exercícios em todos os planos de movimento, e faz com que as pessoas se mexam de forma completa.

HISTÓRIA-DO-REFORMER-1

Seu sucesso veio porque, mesmo sendo pequeno e de fácil construção, é extremamente versátil. Em princípio foi construído utilizando uma cama e molas de colchões para reabilitar soldados feridos na Primeira Guerra Mundial.

Segundo Pilates, começar a exercitar-se em decúbito dorsal aliviaria as cargas nas articulações, além de permitir o alinhamento correto do corpo com mais facilidade. Foi então que, usando os mesmos princípios da série de Mat, criou mais de 100 exercícios no aparelho, divididos em três níveis: básico, intermediário e avançado. Todos os exercícios evoluem de forma gradual e precisa, como não poderia deixar de ser já que Joseph era alemão.

O Reformer permite múltiplas possibilidades de movimentos que trabalham força, flexibilidade, coordenação motora, postura, estabilização e mobilização articular, por isso é um aparelho completo e o queridinho entre os alunos.


Espaço Fluir
www.espacofluir.com
Instagram @espacofluir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *