Posted in:

Importância do Alinhamento Postural no Pilates

alinhamento-postural

Segundo Sinzato et al. (2013), o Método Pilates é constituído por exercícios com ênfase na estabilidade estática, e dinâmica do corpo, que envolvem contrações concêntricas, excêntricas e principalmente isométricas, especialmente a musculatura de power house, composta pelos músculos abdominais, transverso abdominal, oblíquos, multífidos e assoalho pélvico.

Os conceitos atualizados do Pilates mostram que o Método exerce uma grande influência no alinhamento postural do corpo.

Nesse sentido, os preceitos de concentração, controle motor e precisão dos exercícios parecem estimular a percepção e alinhamento corporal, tendo como base respostas proprioceptivas.

Nesse texto vamos ler um pouco mais sobre a importância de trazer para seu aluno o alinhamento postural durante as aulas de Pilates.

O que é um alinhamento postural?

alinhamento-postural-7

Uma boa postura é aquela em que as articulações que suportam o peso corporal estão em alinhamento e o mínimo de ação muscular é necessário para manter a postura ereta.

O controle postural é tão complexo quanto o controle do movimento. Nosso corpo está a todo o momento recebendo e transmitindo informações sobre o posicionamento de todos os segmentos corporais num determinado momento e espaço.

A manutenção de uma determinada orientação corporal é obtida a partir da complexa interação entre informação sensorial e atividade muscular.

O controle postural está presente em cada movimento realizado, onde contrações musculares apropriadas ocorrem baseadas em informações sensoriais provenientes dos sistemas visuais, vestibulares, auditivos e somatossensoriais.

E auxiliam o SNC (Sistema Nervoso Central) na realização de ajustes posturais garantindo a posição corporal desejada e considerada correta pelo organismo.

Dessa forma, um bom equilíbrio que gere uma postura correta depende de informações advindas desses três sistemas: sistema visual, proprioceptivo (músculos, tendões e articulações) e do sistema vestibular (labirinto).

E os desequilíbrios posturais?

alinhamento-postural-6

A informação provinda de determinado setor que não se enquadra nesse molde de coerência, no entanto, faz com que o sistema nervoso seja obrigado a reagir no sentido de retomar a coerência perdida.

É neste momento que se instala os desequilíbrios posturais, que acarreta alterações e participação de mecanismos compensatórios do sistema proprioceptivo, levando à adoção sistemática de posturas incorretas, que acaba por perturbar a noção inata de esquema corporal.

Em qualquer exame clínico o estudo das alterações posturais requer a definição de uma postura de referência. Na postura ereta e estática a referência é definida pela relação entre a linha de gravidade e os segmentos do corpo.

A definição de alinhamento postural proposta por Kendall (1995) é a referência utilizada internacionalmente como padrão de postura normal, e considera-se como alteração da postura qualquer assimetria entre os segmentos corporais. A avaliação é sistematicamente feita de modo qualitativo.

Mesmo pessoas que não referem nenhuma dor no sistema musculoesquelético são passíveis de apresentar alterações na postura.

A importância do alinhamento no Método Pilates

alinhamento-postural-9Na abordagem dos problemas posturais, musculares e articulares, o corpo é tratado de forma global com o Método Pilates, independentemente do que levou o aluno a procurar o método.

Joseph considerava que o trabalho da postura era essencial na busca do equilíbrio e reorganização neuromuscular.

Portanto, os exercícios devem ser realizados com o máximo de correção postural e de posicionamento.

Criando assim um feedback contínuo entre córtex cerebral e sistema osteomioarticular, fazendo com o que corpo não dependa somente de ações reflexas responsáveis pela postura.

Como exemplo, se temos um aluno que pratica Pilates para tratar dores lombar, é essencial que os exercícios envolvam o trabalho necessário para atingir o objetivo, e isso deve envolver todo os segmentos do corpo, e não somente a região a ser tratada, iniciando-se pelo trabalho da postura correta.

Pode parecer redundante, mas tenho visto muitos instrutores negligenciarem alguns cuidados com a postura durante a execução dos exercícios no Pilates, principalmente com os segmentos distais, como os pés e posicionamento das mãos, por exemplo.

Para se entender a importância da correção postural considere a ação integrada dos músculos que constituem as chamadas cadeias musculares como responsável pela manutenção do alinhamento postural.

alinhamento postural nova 12
Representação das principais cadeias musculares Fonte: Souchard, 1989, p.82

 

O princípio comum entre as cadeias musculares é a de “solidariedade” muscular fundamentada na fisiologia do tecido muscular, o qual deve ser entendido como uma entidade funcional constituída de um conjunto indissociável: o tecido conjuntivo fibroso e o tecido contrátil.

Dessa forma, não há a contração de músculos isoladamente, mas uma cadência de movimentos que se expande pelo corpo, recorrendo-se ao corpo inteiro quando há necessidade de correção de uma região específica.E isso leva ao surgimento de compensações e instalação de alterações posturais.

O excesso de tensão numa cadeia muscular pode conduzir à deformidade, e a forma incorreta é o sinal da desorganização.

Quando uma cadeia muscular domina dada região, essa é marcada com um sinal que lhe é próprio e que a caracteriza em relação às outras.

O desalinhamento postural durante a prática

Para que haja eficiência dos exercícios propostos pelo Método Pilates deve-se buscar incessantemente o completo alinhamento e arranjo postural tanto estático quanto dinâmico.

Uma boa avaliação postural é o elemento primordial neste processo, o qual leva à elaboração de protocolos corretos de intervenção e consequentemente melhores resultados.

A seguir, mostrarei os erros mais comuns durante a realização de exercícios no Pilates que contribuem para a falta de um alinhamento completo e suas repercussões favorecem o surgimento de incômodos e fadiga por sobrecarga muscular.

Exemplos de desalinhamentos durante a realização dos exercícios:

Hamstring Stretch

alinhamento-postural-2

Os erros mais comuns são o desalinhamento dos pés em relação ao joelho e ao quadril, onde naturalmente a maioria das pessoas tendem a ter os pés rodados para fora, favorecendo a ativação de musculatura posterior do quadril em desequilíbrio.

Esta posição só se torna necessária no caso de tratamento de Geno valgo, e ainda assim, com exercícios específicos para isso, como por exemplo, o Foot Work no Reformer com rotação externa de quadril.

A posição dos pés unidos também contribui para desestabilizar a base de apoio e o tronco, alterando a disposição do centro de gravidade durante a realização do exercício, por isso o melhor posicionamento é o alinhamento dos pés apontando para frente, em consonância com joelhos e quadris.

Ballet Stretches front

alinhamento-postural-1

O desalinhamento mais comum inicia-se a partir dos pés, que costumam ficar levemente rodados para fora. Esta posição quando realizada frequentemente pode gerar uma postura compensatória no quadril, que roda externamente e favorece ativação de glúteo máximo.Este por sua vez contribui para a retroversão de pelve, inibindo a ação de iliopsoas na estabilização da pelve.

Mas ao se observar o membro contrateral, que encontra-se em flexão de quadril, o iliopsoas oposto também está em atividade, o que pode gerar uma resposta compensatória na musculatura de tronco, como o psoas maior, que ativa quadrado lombar em ação compensatória, o que contribui para a flexão de tronco e até mesmo a formação de uma concavidade escoliótica lombar. Complexo, não?

Analisando a postura dos membros inferiores, observa-se também que as vezes o exercício é realizado sem a necessária correta dos tornozelos, onde o alongamento será mais eficaz se o mesmo estiver em dorsiflexão, em vez de flexão plantar.

Em relação aos membros superiores, não há uma regra, mas em minhas condutas, observei que se os mesmos estiverem com as mãos voltadas para o corpo, e em rotação interna de ombro, há uma maior probabilidade de retração da cadeia anterior de tórax, levando a um trabalho ineficiente de musculatura posterior de tronco.

Portanto a melhor opção é trabalhar este exercício com as mãos voltadas para fora e em rotação externa de ombro, favorecendo um melhor alinhamento dos ombros, abertura de tórax, aumento do comprimento muscular de peitorais menor e ativação de romboides.

Ballet Stretches side

alinhamento-postural-nova-10

A regra aqui é para os membros inferiores, que neste exercício costumam se posicionar em rotação interna de quadril, o que favorece desequilíbrios musculares como fraqueza de glúteo médio e considerando a flexão de quadril e ativação de iliopsoas ocorrendo no mesmo membro, há uma atividade mais propícia para o surgimento de desvios posturais na lombar.

Portanto a postura correta é com o membro alinhando, pés em dorsiflexão, e quadril em posição neutra, sem rotações.

A posição dos membros superiores não é uma regra, mas observa-se que quando o membro contralateral encontra-se apoiado no espaldar há um maior alongamento de cadeia lateral, que fica “impedida” de flexionar mais, aumentando o grau de estiramento exigido para isso.

Leg Series

alinhamento-postural-4

A observação aqui é para a região lombar durante a realização da extensão dos membros inferiores. Uma extensão em todo o arco do movimento e com o máximo de amplitude (primeira imagem) favorece o surgimento de hiperlordose lombar compensatória, que é o aumento da curvatura lombar sobre o carrinho do Reformer.

Isso acontece porque naturalmente as pessoas tendem a ter encurtamento de iliopsoas e a extensão completa acaba por estirar essa musculatura e a mesma reage puxando o sacro em anteversão.

Portanto o ideal é limitar a extensão como na imagem correta (45º ou até a hiperlordose funcional surgir) para evitar respostas compensatórias e ir evoluindo o grau de amplitude gradativamente até o aluno desenvolver plena consciência corporal.

Sit Up

alinhamento-postural-5

A preocupação do posicionamento da coluna vertebral ao iniciar e ao terminar o movimento no Sit Up muitas vezes faz o instrutor a não se preocupar com o alinhamento dos membros inferiores durante este processo.

Os pés devem permanecer em posição neutra, tornozelos alinhados com os joelhos, e estes alinhados com os quadris, para evitar o surgimento de joelho valgo e rotação interna de quadril.

O posicionamento dos ombros também devem ser separados da orelha e sem a ativação de musculatura acessória como escalenos, trapézio superior e melhor posicionamento da angulação escapular.

Concluindo…  

alinhamento-postural-8

Assim como uma boa postura pauta-se no conceito de alinhamento postural e uma posição que não gere estresse e sobrecarga osteomioarticular, também deve ser a abordagem do aluno dentro do Método Pilates.

É dentro do método que a correção postural e o desenvolvimento do alinhamento correto corporal contribui para o alcance de melhores resultados.

Lembre-se: ‘’Uma boa postura pode ser adquirida com sucesso somente quando todo o mecanismo do corpo está sob um controle perfeito. O caminho segue como uma coisa natural’’ [Joseph Pilates].

 

Referências bibliográficas
FERREIRA, E. A. G. Postura e controle postural: desenvolvimento e aplicação de método quantitativo de avaliação postural [tese]. São Paulo: Faculdade de Medicina, Universidade de São Paulo; 2005.p.114.
SINZATO, C. R., et al. (2013). Efeitos de 20 sessões do método Pilates no alinhamento postural e flexibilidade de mulheres jovens: estudo piloto. Fisioterapia e Pesquisa, 20(2), 143-150. Disponível em: https://dx.doi.org/10.1590/S1809-29502013000200008.
KENDALL, F. P; MCCREARY, K. E, PROVENCE, P.G. Músculos: provas e funções. São Paulo: Manole; 1995.

 

 

Written by Ana Paula Sousa

Ana Paula Sousa

Fisioterapeuta, Pós-graduada em Disfunções Biomecânicas e Posturais da Coluna. Possui formação em RPG, Quiropraxia, Osteopatia, Terapia Manual, Estabilização Segmentar Vertebral. É professora/treinadora do Grupo Voll Pilates e atua na área de Reabilitação da Coluna há 4 anos em Teresina-PI.

6 posts

3 Comentários

Deixe um Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *