Posted in:

Joseph Pilates: um pesquisador nato

JOSEPH-PILATES

A pesquisa empírica realizada por Joseph Pilates tinha uma metodologia muito bem projetada e adequada ao público que investigava.

Suas aulas eram elaboradas a partir da necessidade de seus alunos, muitas vezes utilizando recursos para adaptações aos exercícios. A incorporação dos fundamentos e princípios do método enriquecia seu trabalho e os resultados geralmente eram satisfatórios.

Foram anos de dedicação intensa de Joseph Pilates em criar um método com um padrão filosófico próprio com base em seus estudos.

Joseph Pilates iniciou muito cedo seus experimentos

joseph-pilates-4

Na adolescência desenvolveu um plano de treinamento físico que lhe permitiu alcançar o condicionamento físico ideal para sua idade. Na idade adulta, no cenário de uma guerra (1914) marcada por epidemias, iniciou experimentos com exercícios de reabilitação para soldados restritos ao leito, utilizando-se de materiais como molas de colchões e cordas.

Foi com a utilização desses materiais improvisados que Pilates desenvolveu projetos para o popular Reformer e, mais tarde, o Cadillac.

Terminada a guerra, e munido de resultados convincentes de seus experimentos, Joseph Pilates que estava refugiado na Ilha de Man (Inglaterra),retorna à Alemanha (Hamburgo) para aprimorar seus equipamentos e método com a ajuda de seu irmão Fred.

No período em que esteve em Hamburgo, Pilates conheceu o bailarino e coreógrafo Rudolph Von Laban Varalja, o qual lhe propôs um projeto de trabalho com o objetivo de buscar recursos para o aperfeiçoamento dos movimentos da dança clássica e de reabilitação para bailarinos.

A partir de então, Joseph Pilates viajou para Nova Iorque (EUA) para iniciar seu trabalho e estudos com bailarinos e artistas de todos os ramos. Diversos elementos da dança clássica e moderna contribuíram para a formatação do que viria a ser o método Pilates.

Mas, Joseph Pilates buscava muito mais do que aperfeiçoar a técnica da dança clássica e moderna: através de observações dos movimentos e estudos da anatomia do corpo humano, ele tinha uma noção clara das cadeias cinéticas e dos aspectos biomecânicos da organização psicomotora do ser humano.

Sua experiência de instrutor de boxe e defesa pessoal, além do conhecimento da técnica e filosofia das artes marciais, também foram fundamentais para o desenvolvimento de sua metodologia de trabalho. Como um bom alemão, Pilates tinha o costume de registrar tudo que descobria através de fotos e desenhos técnicos.

O cenário de uma cidade moderna como Nova Iorque, com avenidas ocupadas por automóveis e pessoas apressadas com suas tarefas profissionais, despertou a atenção de Pilates. Ele observou que o homem e o seu corpo estavam perdendo cada vez mais suas funções para o conforto ofertado pela tecnologia.

joseph pilates 2

Em seu segundo livro, Return to Life Through Contrology, Joseph Pilates descreve o perfil do homem moderno:

“Devemos escolher com sabedoria o nosso padrão de vida na era moderna, que inclui constantes lutas selvagens, como empurrões, aglomerações e pressa para tudo. Esse ritmo acelerado é claramente refletido em nossas funções diárias, como a maneira de se posicionar, ficar em pé, andar, sentar, comer e até mesmo falar, que resulta em uma situação crônica no limite da manhã à noite. Muitas vezes acabamos nos privando de nosso sono tão necessário”.

‏Nesta época, Pilates já observava que a vida urbana agitada era responsável pelo desequilíbrio do corpo e da mente, e que futuramente iríamos sofrer as consequências desta escolha. Joseph Pilates estava à frente de seu tempo.

Ao longo de sua vida, realizava muitos estudos e observações sobre as civilizações antigas. A filosofia adotada pelos antigos gregos foi mais uma referência que contribuiu para a criação de seus fundamentos e princípios. Os gregos sabiam que o desenvolvimento simultâneo de sua capacidade voluntária para controlar o corpo e a mente era uma lei fundamental da natureza.

Assim como o desenvolvimento desigual, quer do corpo ou da mente, ou a negligência de um ou ambos, iria resultar no fracasso completo para realizar a primeira lei da civilização, a preservação da vida.

Contrologia” – popularmente chamado Método Pilates

Joseph Pilates desenvolveu esse método com o objetivo de resgatar a integração do corpo e da mente. Assim com base nessas observações, surgiu a Contrologia.

‏Ele destacava que os exercícios de Contrologia conduziam o sangue puro e fresco para cada fibra muscular do nosso corpo, principalmente para importantes capilares desenvolvidos através do estímulo dos exercícios. E com a eficiência da troca de gases nos pulmões, ocorreria diminuição da fadiga, beneficiando, além do coração, todo o organismo.

Essas observações o levaram a aplicar métodos de mensuração, como a mensuração das funções respiratórias.

No início dos anos 50, a cantora lírica Roberta Peters procurou Joseph Pilates para que ele desenvolvesse um trabalho que lhe proporcionasse um aumento de sua resistência pulmonar, resistência física e agilidade nos palcos. Com um manovacuômetro (equipamento que mede a pressão inspiratória e expiratória máxima), Pilates fazia regularmente avaliação dessas funções, seguindo um protocolo com exercícios periodizados conforme as turnês da artista.

 

JOSEPH PILATES
Avaliação da Pressão Expiratória : 1951 -Roberta Peters (cantora lírica) e Joseph Pilates.

 

Foram vários experimentos desenvolvidos por Pilates, mas infelizmente estes registros não foram oficializados.

Hoje, Joseph Pilates nos deixa um legado de mais de 80 anos. Com dedicação e competência, ele ultrapassou a barreira de seu tempo.

Apesar de ter vivido em uma época de pouco avanço em estudos científicos sobre a prevenção e tratamento não farmacológico para diversas doenças, como as ortopédicas e as doenças crônicas não transmissíveis*, seu trabalho era reconhecido na sociedade artística como um trabalho eficiente, que promovia maior performance em suas atividades profissionais, além da saúde e o bem estar.

Atualmente, o método Pilates além de ser uma ferramenta importante para o desenvolvimento do condicionamento físico e tratamento de dores agudas e crônicas, segundo comprovam os estudos, também  apresenta muitos benefícios para doenças psiquiátricas e cardiovasculares.

A disponibilização de uma metodologia com base em estudos científicos proporciona aos profissionais da área da saúde, como Educadores Físicos e Fisioterapeutas, a confiança e segurança de fazer um bom trabalho.

Até este momento, existem poucas publicações científicas sobre o método Pilates – um número aproximado de 220 publicações em revistas científicas brasileiras e internacionais. Porém, são necessárias mais investigações sobre este método para que se comprove a eficiência dos exercícios criados por Joseph Pilates, em diferentes populações.

 *Segundo o Minitério da Saúde,as doenças crônicas não transmissíveis (DCNT) são doenças multifatoriais que se desenvolvem no decorrer da vida e são de longa duração. Atualmente, elas são consideradas um sério problema de saúde pública, e já são responsáveis por 63% das mortes no mundo, segundo estimativas da Organização Mundial de Saúde.

 

 

Referências:
  • Latey P. Pilates method history and philosophy. J Body Mov ther, 2001 sept;5(4)275-82.
  • Pilates JH, Miller WJ. Pilates’ Return to Life Through Contrology.Updated with a New Introduction by Judd Robbins and Lin Van Heuit-Robbins Copyright 1998 , Presentation Dynamics First Published in 1945 by J.J. Augustin.
  • Junges, Silvana. Método Pilates: paixão & ciência – Porto Alegre: AGE/Critério, 2014
  • Life Magazine, “Diva with Muscle”, 1951

Written by Silvana Junges

Silvana Junges

2012 - 2016 Doutora no programa de Pós Graduação em Gerontologia Biomédica
2008 - 2010 Mestre pelo programa de pós Graduação em Medicina e Ciência da Saúde da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.
2001 - 2003 Especialização em Musculação e treinamento de Força pela Universidade Gama Filho RJ
1982 - 1987 Graduação em Educação Física pela Faculdade de Ciências da Saúde do Instituto Porto Alegre da Igreja Metodista.

6 posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *