Posted in:

O método Pilates focado em atletas

O método Pilates focado em atletas
Gostou? Avalie!

O primeiro boom do método Pilates foi do meio ao fim dos anos 1990 quando celebridades como Madonna estavam falando sobre os benefícios do Pilates. Parece que atualmente, estamos atingindo o segundo boom, dessa vez por atletas profissionais estarem falando sobre o método.

Ultimamente em quase todas as revistas esportivas você consegue achar uma matéria sobre como o método Pilates tem ajudado a melhorar a performance dos atletas.Atletas como Jake Arrieta, Antonio Brown, Jimmy Butler e Kobe Bryant só para nomear alguns.

Como sabemos o Pilates tem muitos benefícios como prevenção de lesões, reabilitação, fortalecimento do Core, coordenação, força, alongamento e controle, mas conseguimos fazer com que o método Pilates seja ainda melhor para atletas?

Infelizmente muitos atletas profissionais descobrem o Pilates após uma lesão ou pela necessidade de alívio de dor.  Essa será a prioridade do instrutor, mas ao mesmo tempo pode ter certeza que o atleta vai compreender todos os benefícios que o método tem a oferecer.

Benefícios do método Pilates

metodo-pilates-para-atletas-2

Um dos maiores benefícios do método Pilates é a melhora dos mecanismos do corpo. Isso permite que o corpo se mova mais efetivamente e consequentemente irá melhorar diretamente a performance no esporte.

Originalmente, o Método Pilates foi criado, por Joseph Pilates, como uma forma de condicionamento em geral.

Como o Pilates alonga e estica o corpo uniformemente, ele é especialmente beneficial para atletas. A maioria dos atletas passa a maior parte do treino em técnicas mais específicas como força, mobilidade e um treinamento equilibrado. Esse treino é específico para a modalidade esportiva e para a posição do jogador.

Muita frequência de um treino específico pode acarretar em um corpo muito desequilibrado porque eles só treinam os músculos que precisam para a modalidade.

A partir do momento que os atletas se especializam, menos tempo é gastado em condicionamento e isso tem gerado várias lesões pois partes do seu corpo ficam extremamente desenvolvidas enquanto outras partes permanecem não desenvolvidas.

Especialmente para atletas profissionais, o condicionamento físico é por conta própria, pois durante o treino eles apenas praticam movimentos específicos da modalidade.

Com o Pilates em seus treinos condicionais pode melhorar sua saúde e performances esportivas.

O treinamento para atletas

metodo-pilates-para-atletas-6

Por experiência própria, trabalhar com atletas é extremamente satisfatório pois eles são muito motivados a melhorar. Assim, quanto mais voltada para o treino esportivo a sua aula for, mais eles irão experimentar o Pilates e entender todos os seus benefícios citados acima.

Uma das concepções equivocadas que os atletas têm assim que começam a praticar é de que eles acreditam que a baixa resistência e o número baixo de repetições não irão ajuda-los a melhorar a força e a velocidade.

Isso não é verdade. Para melhorar a funcionalidade da força ou a velocidade você precisa de uma biomecânica e um alinhamento perfeito. Se o atleta não conseguir criar um alinhamento perfeito durante uma sequência de baixa resistência com exercícios controlados, como eles conseguirão quando a velocidade e a resistência aumentarem?

Se você não consegue fazer devagar, você não consegue fazer rápido!

Dicas para treinar um atleta

metodo-pilates-para-atletas-7

Como mencionado anteriormente, quanto mais esportivo for o treino, mais benefícios os atletas irão ter. Isso não significa que você deva conhecer todos os esportes e todas as posições no campo.

 A biomecânica geral do corpo permanece a mesma, independente da modalidade e da posição.

Se você não está acostumado com o esporte especificamente, você pode gravar o atleta e analisar o padrão de movimento que requer, para um melhor entendimento das necessidades do atleta.

Enquanto você fizer isso irá perceber que existem padrões de movimento do método Pilates que estão nos padrões de movimentos do esporte. Você irá notar que os mecanismos do corpo são os mesmos.

A técnica no esporte é apenas uma maneira muito específica de juntar os padrões de movimento ou uma versão mais exagerada de um movimento corporal.

Diferencial do método Pilates

método pilates para atletas 8

Apesar do Pilates ser extremamente benéfico para atletas, existe uma grande diferença entre a maioria dos esportes e o método Pilates.

No Pilates, a maioria dos movimentos são simétricos enquanto a maioria dos movimentos dos esportes são assimétricos.

Como por exemplo o Footwork, Frog, e Rowing no Reformer são movimentos onde os braços e as pernas trabalham o mesmo movimento, na mesma direção, na mesma velocidade, ao mesmo tempo.

Em contrapartida, a maioria dos esportes são assimétricos e tem um fator de rotação que realiza um movimento contrário no corpo. Como por exemplo correr (perna direita e braço esquerdo) ou qualquer arremesso ou chute, como no tênis ou no futebol.

Executar em sua aula movimentos de Pilates mais assimétricos, é uma pequena mudança que pode deixar suas sessões mais eficientes. Por exemplo o Going Up Front ou Front Lunge na Wunda Chair.

Geralmente nós ensinamos esses exercícios com a pélvis e o tórax completamente parados. Você pode facilmente adaptar o padrão de movimento ao incluir a pélvis e o tórax na rotação do movimento quando eles movem para cima e para baixo.

Muitos esportes dependem em algum tipo de rotação. A parte crucial da rotação é o alongamento e estiramento. Se a espinha não está estirada, a rotação pode ser perigosa e ineficiente, mas no nosso próximo artigo iremos falar mais sobre isso. Para o atleta isso é muito importante.

Por exemplo, quando o quarterback no jogo de futebol americano quer arremessar a bola, se ele for destro irá girar a parte interna da perna direita e criar um espiral por todo o corpo que irá permitir que ele arremesse a bola tão longe o quanto necessário.

Porém, se sua espinha não estiver estirada por causa de um alinhamento ruim da pélvis, ou uma junção torácica/lombar, a força rotacional não irá mover até a parte torácica da espinha, no ombro e no braço.

Para conseguir arremessar a bola o mais longe necessário, o atleta terá que colocar mais pressão no ombro para compensar a falta de força rotacional, e isso conforme o tempo pode levar a uma lesão das costas e do ombro.

Especialmente para esportes com um componente rotacional, o método Pilates pode ser extremamente benéfico por causa da ênfase no alongamento da espinha.

Concluindo…

metodo-pilates-para-atletas-3

 A beleza do Método Pilates é que pode ser adaptado para todos. Ele é universal e único. Com o Pilates crescendo e mais pesquisas sobre os seus benefícios são publicados, mais marcas do mercado irão se abrir para nós.

Atletas estão começando a entender os benefícios do Pilates e o que os instrutores do método podem fazer por eles. Nós podemos fazer muito pelo atleta, a única limitação é o conhecimento e criatividade do instrutor.

E você dá aula para algum atleta? Conta para gente sua experiência

Written by Michael Fritzke e Ton Voogt

Michael Fritzke e Ton Voogt

Michael e Ton são Mestres Professores de Pilates internacionalmente reconhecidos; apresentadores, educadores, consultores e inovadores. Juntos, eles desenvolveram e criaram o revolucionário TRIADBALL ™ (a primeira bola de seu tamanho criado especificamente para o método Pilates). Para mais informações sobre Michael e Ton e próximos eventos visite www.zenirgy.com

8 posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *