Posted in:

6 dicas para trabalhar outras modalidades de Pilates dentro do seu Studio

modalidades-de-Pilates

O Método Pilates evoluiu muito desde que foi criado por Joseph Pilates. Os equipamentos ainda são os mesmos, mas vários acessórios surgiram para complementar as aulas.

Junto com eles surgiram outros métodos de trabalho baseados no Pilates clássico. Na verdade, o clássico nunca sai de moda e continua evidente até hoje. Embora algumas pequenas alterações tenham sido feitas para se adequar a conceitos básico de saúde e segurança para o exercício.

Mas trabalhar outras modalidades de Pilates no seu Studio, vindas do Pilates ou não, é o ideal para atrair novos clientes e continuar motivando os que já são fixos.

Com a crescente competição no mercado atual, inovar seu espaço é uma maneira de ficar sempre em evidência. Seu aluno irá gostar de experimentar novas atividades e futuros clientes poderão surgir atraídos pelo novo.

A demanda nessa área é tão grande, não só para quem quer praticar Pilates, mas também, para quem quer empreender nessa área. Com tantos cursos e novas possibilidades, às vezes fica difícil escolher um método para seguir.

 Escolhendo um novo método de trabalho

A melhor forma de escolher uma nova modalidade de Pilates para seu espaço é pesquisando.

Como a maioria das pessoas está ligada nas redes sociais quase o dia todo, pesquisar virou uma tarefa fácil e prazerosa. Mas para escolher um novo método sem ficar com muitas dúvidas, eu sugiro alguns passos.

 Passo 1: Pesquise com os seus clientesmodalidades-de-Pilates-2

O melhor feedback que temos é o nosso cliente. Afinal, é para ele que trabalhamos e é ele quem queremos agradar. Então, sugiro que você converse com o seu cliente e veja quais as necessidades dele.

Seu cliente irá te nortear em que direção seguir.

Pois às vezes você está pensando em buscar algo relacionado a circo ou ballet, por exemplo, e descobrirá que seu cliente está mais interessado em complementar o Pilates com atividades aeróbicas. Ou vice versa. Por isso, é tão importante saber o que as pessoas necessitam.

Após descobrir o que a maioria dos alunos/pacientes querem, chegou o momento de pesquisar. Para isso, vamos para o segundo passo.

 Passo 2: Pesquisando nas redes sociaismodalidades-de-Pilates-3

As redes sociais estão aí para nos ajudar e facilitar nossa vida. Instagram, Facebook e Youtube servem para nos aproximar das pessoas. Por isso, recomendo começar por aí a sua pesquisa.

Descobrindo o interesse maior do seu público, procure nas redes sociais alguns métodos que oferecem o que eles procuram.

Por exemplo, você descobriu que as pessoas estão mais interessadas em emagrecer, manter a forma e definir. Por isso, oferecer uma atividade aeróbica para complementar seria o ideal.

Então, procure por treinamento funcional aliado ao Pilates, grupos de corrida ou um Studio que tenha aparelhos aeróbicos como esteiras e bicicletas.

Por isso que repito que as redes sociais são importantes, pois após descobrir lugares que oferecem essas modalidades você pode acessar vídeos e fotos através das mídias sociais para ver se a nova modalidade de Pilates te agrada. E esse é o seu próximo passo.

 Passo 3: Se encantar pela modalidademodalidades-de-Pilates-4

Não adianta nada você achar uma nova modalidade de Pilates que satisfaça as necessidades dos seus alunos/pacientes e não acreditar nele.

Primeiramente, você precisa acreditar no método. Eu, por exemplo, busco sempre métodos que usam o Pilates como base. Para você pode ser diferente, não importa. O importante é você confiar no método que escolheu.

Para que isso aconteça, sugiro que você entre em contato com os professores que trabalham com esse novo método. Perguntar dos benefícios, se os alunos estão satisfeitos e se ele ficou feliz com a escolha. Se possível, faça algumas aulas para ver se gosta. Ás vezes você pode se decepcionar ou se encantar ainda mais.

Depois de conhecer um pouco mais sobre a nova modalidade, chegou a hora de procurar um curso para fazer. E aí você estará dando seu quarto passo.

 Passo 4: Pesquisar e fazer o curso

Antes de se matricular em um curso qualquer é preciso pesquisar para saber se está indo ao lugar certo. Tente achar algumas pessoas que já fizeram o curso e avalie se realmente é um bom investimento.

Se você ficar com dúvidas, procure saber se existe um workshop do método. Normalmente, o workshop serve para você conhecer melhor o método antes de investir nele.

Se o método que você pretende se formar exige a compra de novos equipamentos, fique atento. É melhor você se informar sobre os valores dos mesmos e avaliar se eles se encaixam no seu orçamento e também dentro do seu espaço físico.

Nada adianta você gastar tempo e dinheiro em um método novo se não puder investir nos equipamentos.

Quando tudo estiver certo, faça o curso e avise seus alunos. E esse é seu próximo passo.

 Passo 5: Propagandamodalidades-de-Pilates-5

De que adianta inovar se o seu público não ficar sabendo de nada?

Depois de ter certeza que irá investir em um novo empreendimento, você precisa contar para seus alunos. Comente com eles que baseado nas necessidades deles você está procurando novas maneiras de atendêlos e, por isso, vai fazer um curso.

Fale que o seu estúdio terá novidades. Isso irá motivar os seus clientes.

Na volta do curso comente como foi. Passe seu entusiasmo para eles. Se for possível, ensine alguns exercícios que aprendeu. Fale sobre os novos aparelhos, se houver. Gerar expectativa nas pessoas pode ser muito bom.

Mas lembrese, você só poderá gerar essa expectativa se tiver certeza que irá agradá-los depois, do contrário, isso é um marketing negativo para você.

Assim que tiver os aparelhos no seu espaço, tire fotos, filme alguns exercícios e use as redes sociais para divulgá-los.

Antes mesmo dos equipamentos chegarem você já pode ir anunciando que terá novidades. Mas de prioridade para seus alunos conhecerem o novo método primeiro.

Faça uma semana demonstrativa para quem já é aluno, pois agora, você precisa despertar o interesse deles para o método.

Dessa maneira você irá fazer com que eles queiram participar da aula e melhor, comentar sobre o assunto com outras pessoas.

Agora, você precisa decidir como irá trabalhar o método no seu espaço. Para isso, vamos para o próximo passo.

Passo 6: Como agregar outras modalidades de Pilatesmodalidades-de-Pilates-7

É preciso ter consciência que não serão todos os alunos/pacientes que irão gostar da novidade que você apresentou. Por isso, fique atento se vale a pena impor o novo método para todos.

Inicialmente, é preciso apresentar a aula nova para todos que já frequentam, por isso, fiz a sugestão de fazer uma semana de aula inaugural.

Depois é preciso ver quem está interessado em praticar. Não vale a pena você mudar totalmente sua aula em função de uma nova modalidade.

Esse novo método precisa entrar no seu estabelecimento para complementar o trabalho que já está sendo feito e não para mudá-lo totalmente.

Para que isso aconteça você precisa ter estabelecido um valor para essa nova modalidade.

Avalie quanto investiu entre cursos e aparelhos, quantas pessoas você consegue atender ao mesmo tempo, se irá precisar contratar um professor extra para continuar as aulas que você já oferecia e se esse novo método irá ser mais caro ou mais barato do que o valor que seu aluno já pagava.

Feito isso você pode fazer pacotes de aula.

Por exemplo: você trabalhava com o método clássico de Pilates e agora investiu em Pilates em Suspensão.

Para fazer duas aulas na semana de Pilates Clássico você cobra ‘2X’ e para fazer duas aulas na semana de Pilates em Suspensão você cobra ‘2Y’.

Para quem quiser fazer um dia de aula de Pilates Clássico e outro dia de Pilates em Suspensão você cobrará ‘1X + 1Y – 10%’. Assim você incentiva seu aluno a adicionar aulas no seu pacote e não migrar de uma modalidade para outra.

É importante continuar incentivando as pessoas a conhecerem todos os tipos de aula que o espaço oferece.

Por isso, sugiro que uma vez por mês ou a cada dois meses você convide todos para uma aula nos novos equipamentos. É uma maneira de agradar e também de contribuir para que eles conheçam e se interessem pelo novo.

Concluindo…modalidades-de-Pilates-7

Em um mercado tão competitivo como o atual é preciso crescer e inovar para fidelizar seus clientes e atrair novos.

Sabemos que quando você trabalha duas ou mais técnicas diferentes os resultados são mais satisfatórios.

Por isso, é importante não ficar focado em uma única modalidade de Pilates.

É claro que não dá para agradar a todos o tempo todo. E também fica inviável trabalhar com várias modalidades no mesmo espaço.

Mas se você conseguir estudar o que o mercado está te oferecendo, se conseguir conciliar isso com o tipo de trabalho que você já oferece e junto com tudo isso conseguir manter os princípios de trabalho que você acredita, tenha certeza que os resultados serão satisfatórios. Para você e para seu cliente.

Gostou do texto? Deixe seu comentário!

 

 

 

Written by Fabiana Matos

Fabiana Matos

Educadora Física, com pós-graduação no Método Pilates. Especializada em Pilates Suspensus, Airmat e Formação MIT. Atualmente proprietária, coordenadora e professora no Studio Fabiana Matos em Mogi Guaçu e colunista semanal na revista on-line o polo: www.opolo.com.br/colunadafabi

4 posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *