Posted in:

Divulgar meu Negócio na Crise: 8 erros que você não pode cometer!

Divulgar meu Negócio na Crise: 8 erros que você não pode cometer!
Gostou? Avalie!

Se você é dono(a) de um Studio de Pilates ou quer abrir um Studio, antes de continuar o texto eu queria te convidar para participar de um Grande Lançamento que acontecerá dia 30/01 às 22h pela internet. É online, ao vivo e gratuito.

Será o lançamento da Rede MetaLife Studios, uma parceria MetaLife e VOLL Pilates.

Se você deseja aumentar faturamento, fidelizar clientes, ganhar tempo, controlar as finanças, se capacitar e, principalmente DESTACAR SEU STUDIO no meio da multidão, eu te convido a conhecer o projeto.

Neste dia você terá a oportunidade de saber de todos os detalhes e mais que isso, de fazer parte dele. A Rede MetaLife será a Maior Rede de Studios do Brasil e você terá o apoio e supervisão direta das duas maiores empresas de Pilates do Brasil: MetaLife e VOLL Pilates.

Clique aqui para participar: http://bit.ly/conhecer-MetaLife-Studios

Bom, depois de se inscrever, vamos voltar ao texto…

 

 

 

Muitas pessoas consideram incoerente divulgar um negócio na crise, no entanto, o cerne de um empreendedor reage de forma contrária. Afinal, as pessoas não param completamente de comprar, apenas se tornam mais seletivas.

O fato de não divulgar uma empresa/negócio na crise ou fazer isso da maneira inadequada causa danos muito piores do que a crise propriamente dita, pois a sua marca fica esquecida.

Como diz a máxima popular: quem não é visto, não é lembrado.

Sabendo disso, listamos os 8 principais erros que muitas pessoas cometem na gestão de marketing e publicidade do seu negócio na crise porque hesitam diante de uma dificuldade.

Acompanhe cada um com muita atenção e fuja deles!

1) Desconhecer o Público-AlvoPublico-Alvo-Negócio-na-Crise

O passo mais importante de qualquer estratégia de marketing é conhecer o seu público-alvo.

Não basta saber apenas dados como a faixa etária ou sexo. É preciso levar em consideração que, quanto mais você souber sobre o seu cliente, maiores as chances de fidelizá-lo.

Por esse motivo, estude o seu público e tenha um cadastro de clientes completo e atualizado. Organize a sua lista por afinidades, preferências.

Descubra quais as expectativas das pessoas que compram o seu produto ou serviço: o que ela sabe sobre você? Quais as dúvidas em relação ao que você faz?

2) Não ter uma Presença DigitalPresença-Digital-no-Negócio-na-Crise

Você já parou para pensar que, atualmente, o consumidor recorre ao Google sempre que tem alguma dúvida?

Até mesmo a causa de uma dor muscular é motivo para pesquisa no buscador mais popular do mundo. Não ter uma presença digital significa estar invisível para o seu público, o que é péssimo para seu negócio na crise.

Manter um blog atualizado é essencial para atrair clientes. É um investimento com um custo-benefício excelente.

Para que a sua empresa fique bem posicionada no Google, é preciso publicar conteúdos de qualidade com frequência e utilizar algumas técnicas, como é o caso do SEO – otimização de sites para motores de busca por meio do uso de palavras-chave.

3) Publicar Conteúdo AleatórioConteúdo-Aleatório-Negócio-na-Crise

De nada adianta ter uma presença digital se for para publicar conteúdo aleatório, sem foco e sem planejamento.

Depois de conhecer as características do público-alvo, identificar quais os principais problemas deles e de que forma o seu negócio na crise poderá ajudar, é hora de trabalhar nas pautas do conteúdo.

Com base no que o seu potencial cliente quer saber, escreva artigos, publique vídeos, crie posts informativos. Em poucos meses, a sua empresa será encontrada quando alguém pesquisar, por exemplo, como se livrar de uma dor muscular.

4) Redes Sociais para divulgar seu Negócio na CriseRede-social-Negócio-na-Crise

Quaisquer que sejam as características do seu público-alvo, é muito provável que ele passe boa parte do tempo conectado ao computador, tablet ou celular/smartphone – principalmente no último.

Hoje, o celular é praticamente a extensão do nosso braço: estamos sempre checando e-mails, verificando redes sociais ou conversando com alguém por mensagem de texto.

Diante desse cenário, é extremamente importante envolver o seu público nas redes sociais.

Além dos artigos publicados no blog, apresente dicas rápidas e ilustrativas sobre as principais dúvidas das pessoas sobre o seu negócio. Seja criativo e busque interagir com elas de alguma forma: perguntas, enquetes, entre outros.

5) Publicar Muito Conteúdo sem FrequênciaConteúdo-negócio-na-crise

São dois extremos: publicar muito conteúdo ao mesmo tempo nas redes sociais (no mesmo dia, na mesma hora) é um comportamento invasivo e chato para o usuário.

Não publicar com frequência vai fazer com que a sua audiência fique cada vez mais baixa.

É possível automatizar a publicação dos posts e dessa forma organizar a frequência das postagens, assim como alternar o horário e republicar os melhores em dias posteriores.

Não existe uma regra sobre quantas postagens uma empresa deve fazer para interagir, no entanto, esteja presente.

6) Atividade de Marketing para quem não entendeMarketing-no-Negócio-na-Crise

A internet é um campo tão acessível que, muitas vezes, causa a falsa impressão de que é fácil fazer marketing. Jamais delegue essa tarefa para alguém apenas porque é um parente seu ou porque a pessoa sabe editar uma imagem, por exemplo.

Para fortalecer a sua marca, é necessário investir em profissionais competentes, que saibam exatamente o que estão fazendo.

O maior benefício é a segurança de ter uma equipe que vai te apresentar relatórios, apontar fortalezas, deficiências e as melhores soluções para melhorar.

7) Não investir em Anúncios pagos na InternetAnuncio-Negócio-na-Crise

Se você tem um cadastro de clientes organizado, uma dica é segmentar o público para criar campanhas personalizadas.

Segmentar um público significa poder selecionar apenas os clientes que a sua campanha deseja atingir, como: mulheres, homens, idosos, aniversariantes do mês, clientes que fizeram a primeira compra, entre outros.

Em seguida, com algumas configurações na página de anúncios pagos do Facebook, é possível fazer com que um anúncio apareça exatamente no feed de notícias dessas pessoas.

A vantagem desse tipo de anúncio é que você define o quanto deseja investir e tem total controle sobre os resultados.

8) Esquecer de Monitorar os ResultadosResultados-Negócio-na-Crise

Não perceber a importância de monitorar os resultados de uma estratégia de marketing é um erro imperdoável, pois a maior vantagem de utilizar o marketing digital é poder mensurar.

A tecnologia oferece diversos recursos que permitem verificar estatísticas e relatórios e hoje, é possível saber quantas pessoas leram um e-mail, quantas não abriram a mensagem, o número de acessos de um artigo, post, vídeo etc.

Acompanhar essas métricas é a chance de saber exatamente quais pontos a empresa está acertando, o que deve ser melhorado e por qual motivo.

Tudo isso em tempo hábil de fazer alterações necessárias para o bom desempenho das campanhas, além de poder prevenir que pequenas falhas se transformem em problemas.

Concluindo…Concluindo-Negócio-na-Crise

Percebeu como é importante divulgar um negócio na crise?

Lembre-se de que, independentemente de qualquer coisa, situação ou época, é preciso sempre trabalhar no sentido de fortalecer a sua marca, o seu nome. Assim, a tendência de você aumentar o engajamento com o público e sua visibilidade crescem.

Você já cometeu alguns desses erros na divulgação do seu negócio? O que você fez (ou pretende fazer) para consertar?

Deixe um comentário!

2 Comentários

Deixe um Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *