Posted in:

Novidade Pilates Suspenso: destaque suas aulas com o Airmat

novidade-pilates-suspenso-airmat

AirMat é o novo equipamento exclusivo da marca Suspensus, a mais recente novidade Pilates Suspenso ou Pilates em Suspensão.

Sabemos que o Pilates é um método em ascensão no Brasil e no mundo. Só em nosso país, temos anualmente cerca de 35 mil estúdios em crescimento.

Muita gente, cada vez mais, está procurando mais sobre o Pilates e querendo praticar o método. Mas fica a pergunta: com tantos estúdios e opções de lugares para praticar, como fazer com que seu aluno saiba que você é o melhor em qualidade para essas aulas?

Já expliquei aqui, anteriormente, sobre uma metodologia que pode ser um grande diferencial para trabalhar exercícios de Pilates em seu Studio de forma inovadora e desafiadora: o Pilates Suspenso, ou Pilates em Suspensão. Você já aprendeu em nossa série sobre Suspensus o que é o Pilates em Suspensão, entendeu como – mesmo se tratando de uma metodologia nova – os exercícios foram desenvolvidos pensando e seguindo, estritamente, todos os princípios criados por Joseph Pilates e até como utilizar o Suspensus em grupos especiais como gestantes ou pacientes com lesões na coluna.

Então, se aplicar exercícios de Pilates com fidelidade à seus princípios, mas criatividade e desafio, é de seu interesse como instrutor – ou se apenas está interessado em destacar seu Studio sem apelações e mantendo o máximo de eficiência e qualidade, vem comigo que tenho uma novidade para você, que já entende um pouco mais sobre o Pilates Suspenso: o equipamento Airmat.

Vamos entender melhor?

Novidade Pilates Suspenso: o que é Airmat?

novidade-pilates-suspenso-airmat-2
Afinal, o que é o AirMat e quais seus benefícios?

AirMat é o novo equipamento exclusivo da marca Suspensus – Pilates em Suspensão.

Como tenho falado sempre e gosto de deixar isso muito claro em nossa metodologia, nós acreditamos muito nas bases e nos princípios originais do Método Pilates e sabemos que uma boa evolução com os nossos alunos só e possível se temos uma boa base. A evolução para movimentos suspensos parte depois de termos o controle e consciência necessários dos exercícios “primários” de Pilates.

Os exercícios originais são de extrema importância para o método Pilates, pois são a essência do que praticamos e todo o restante da nossa metodologia parte disso.

Não acreditamos no movimento “feito por fazer”, “feito para ser bonito”, “feito porque é legal”. Nós acreditamos no movimento com propósito. Se ele for plasticamente bonito, melhor ainda, mas não é isso o que procuramos.

Quando começamos a desenvolver o Suspensus, tínhamos o intuito de aprimorar os exercícios de Pilates em Suspensão, que a primeiro momento eram realizadas com um único equipamento: o Columpio. Acrescentamos três novos aparelhos – a Lira Circense, o Powe Balance e o Powe Cord – e, agora, o AirMat.

O AirMat Suspensus tem 4 possibilidades de uso e eu falo sobre isso mais abaixo, mas já adiantando, uma das formas de trabalho é realizando os 34 movimentos originais da forma como o conhecemos (diferentemente da Suspensus, que realizamos de forma adaptada nos 4 equipamentos do método Suspensus) e sem perder a nossa essência que é o treinamento de Pilates em suspensão. Ou seja, a mesma série de exercícios que você realiza em Mat Pilates ou Pilates Solo, por exemplo, sendo realizada no AirMat – logo, trabalhando exercícios do Pilates Original, em Suspensão.

Queremos mostrar que é possível realizar coisas diferentes (Pilates Original e Pilates Suspenso) sem perder em qualidade e sem desmerecer, afastar ou ofender o método tradicional – tomando SEMPRE por referência o movimento com QUALIDADE.

Trabalhando com Airmat em Pilates Suspenso: as diversas formas de trabalho

novidade-pilates-suspenso-airmat-3
Como trabalhar o Pilates Solo de uma forma inovadora e eficaz com AirMat

Um de nossos maiores elogios em relação ao AirMat é sobre sua versatilidade: o AirMat é um aparelho extremamente versátil, que nos possibilita diversas formas de trabalho. A primeira, e também a que deu origem ao nome do equipamento, é – como explicamos no tópico anterior – o trabalho de Mat Pilates praticado em Pilates Suspenso. A ideia é recriar os movimentos originais de Mat Pilates ou Pilates Solo, em uma plataforma suspensa.

Por que suspender os exercícios de Pilates Solo? Simples: isso nos possibilita um trabalho de instabilidade maior, e nos permite trabalhar, além da musculatura estabilizadora, o equilíbrio, a coordenação, concentração, controle e consciência corporal em percepções diferentes.

É realmente fantástico e desafiador! Novidade Pilates Suspenso

Meu colega de profissão Sandro Alves, colaborador do Blog Pilates, testou o aparelho e gravou as impressões dele. Tomo a liberdade de trazer hoje, acho que pode te ajudar a visualizar melhor o aparelho e seus benefícios:

O AirMat tem duas possibilidades de plataforma:

Plataforma Quadrada – plataforma fitness que possibilita a execução de movimentos funcionais livres ou com molas (forca e resistência) treinando os padrões de movimento. A gama de exercícios é praticamente ilimitada.

Plataforma Retangular – plataforma Pilates que possibilita a execução da série dos 34 exercícios originais de Mat. Pilates e suas variações contemporâneas e também a associação com molas .

Ainda acompanha 2 acessórios complementares:

Mini Columpio – um columpio feito especialmente para ser adaptado ao AirMat e que nos possibilita o trabalho de algumas posturas já utilizados no columpio convencional mais a junção com o trabalho de molas, trabalhando dessa forma mais força e resistência.

Cadeirinha – Onde o aluno permanece totalmente suspenso com o auxilio da mesma, podendo realizar posturas invertidas com segurança e também um forte trabalho de isometria de estabilizadores muito interessante.

Os grandes diferenciais do AirMat:

novidade-pilates-suspenso-airmat-5
Trabalhando exercícios do Pilates original em suspensão
  • Instabilidade: graduada em diferentes níveis. Desta forma, até exercícios mais simples como o “The Hundred” ou um “Agachamento” podem se tornar altamente desafiadores de serem executados corretamente.
  • Molas: com 8 opções diferentes de encaixe de molas, você tem uma centena de vetores diferentes para trabalhar com a intensidade que preferir, facilitando ou dificultando o movimento.
  • Diferentes Opções de Uso: através das Plataformas, do MiniColumpio e da Cadeirinha você consegue atingir praticamente qualquer público para usar o AirMat e associá-lo a diferentes técnicas, por exemplo o Pilates, Treinamento Funcional, Movimentos Acrobáticos, Reabilitação Neurológica, etc.

Usando com criatividade e responsabilidade, você tem uma infinidade de variações de exercícios que podem ser utilizados por diversos níveis de alunos – lembra que comentei aqui sobre utilizar o Pilates Suspenso em diversos grupos, do aluno iniciante ao aluno avançado, da gestante ao aluno com patologias graves na coluna? Isso também é possível com o AirMat. Isso sempre é o que mais me fascina! Poder atender diferentes públicos em diferentes estágios em um mesmo equipamento! É a novidade Pilates Suspenso

Acredito que a grande vantagem do AirMat, como nós já explicamos, é poder inserir movimentos básicos do Pilates – adequados para cada tipo de aluno – de forma completamente inovadora, desafiadora que desperta o interesse do aluno, o estimula. Da mesma forma, é possível criar exercícios próprios do Pilates Suspenso – ainda utilizando um único aparelho.

Concluindo: usando o AirMat como seu diferencial

novidade-pilates-suspenso-airmat-4
Por que, afinal, o AirMat pode ser o diferencial de seu Studio de Pilates?

Eu sempre converso muito com vocês a respeito dos receios que alguns instrutores de Pilates em relação ao Método Supensus no geral – e não é diferente com o AirMat.

Muitos profissionais ainda tem medo das acrobacias aéreas e de que as aulas se transformem em um ambiente circense e percam o proposito inicial. Esta preocupação é real e esta também é minha inquietação, ainda que exista um leque de exercícios que vão, sim, do acrobático avançado, ao mais simples e básico – tudo depende do tipo de aluno que estamos lidando e o que queremos trabalhar com determinado exercício.

Tenho certeza que o curso de AirMat vem para mostrar que é possível, sim, trabalhar em suspensão com responsabilidade e eficiência, sem perder a essência que o Método Pilates traz, e proporcionando excelentes resultados aos nossos alunos – com a possibilidade de realizar os mesmos exercícios do Pilates Solo em um aparelho de Pilates Suspenso, o AirMat pode, ainda, ser um ótimo aparelho para “introduzir” o Suspensus em suas aulas de forma inovadora e completamente responsável.

E aí, ficou alguma dúvida? Eu adoro conversar sobre qualquer coisa relacionada ao Pilates Suspenso, e vou adorar responder quaisquer dúvidas que você possa ter. Escreva nos comentários! Vejo você no próximo post, ok?

Se preferir, você pode sempre acessar o site do AirMat  (www.airmat.com.br) e conhecer mais sobre o aparelho e o Método Suspensus. E conhecer melhor a novidade pilates suspenso

Vanessa Alves
Mentora do método Suspensus. Graduada em Fisioterapia, pós graduada em fisiologia do exercício e prescrição do exercício. Certificação de mat Pilates e pilates clínico, certificação internacional em pilates aéreo, ballet clássico pela Royal Academy of Dance London, método integrado Mormaii, método Five Konzept, core, total barre. Desde 2006 trabalha com artes circenses, mas especificamente com acrobacias duo e em grupos. Em 2008 iniciou no aéreo com foco principal em lira e tecido acrobático. Novidade Pilates Suspenso
instagram: @vanoalves
e-mail: vanessa.alves@suspensus.com.br
Facebook: www.facebook.com/van.suspensus

Written by Vanessa Alves

Vanessa Alves

Mentora do método Suspensus. Graduada em Fisioterapia,pós graduada em fisiologia do exercício e prescrição do exercício. certificação mat.Pilates e pilates clínico, certificação internacional em pilates aéreo, ballet clássico pela royal academy of dance london, método integrado mormaii, método five konzept, core, total barre. Desde 2006 trabalha com artes circenses, mas especificamente com acrobacias duo e em grupos. Em 2008 iniciou no aéreo com foco principal em lira e tecido acrobático.

12 posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *