Posted in:

Obesidade – Como tratar a partir do Método Pilates?

Obesidade – Como tratar a partir do Método Pilates?
5 (100%) 1 vote

Primeiramente vamos começar a falar o que é obesidade.

A obesidade é caracterizada pelo acúmulo excessivo de gordura corporal, causado quase sempre por um consumo excessivo de calorias na alimentação, superior ao valor usado pelo organismo para sua manutenção e realização das atividades diárias.

Ela ocorre quando a ingestão alimentar é maior que o gasto energético de uma pessoa, para detectar se você está acima do peso é feito o cálculo de índice de massa corporal (IMC), se no calculo estiver acimar de 30 é considerado obesidade.

A obesidade pode ocasionar uma série de doenças, com maior propensão de desenvolver:

  • Doenças Cardiovasculares
  • Diabetes
  • Hipertensão
  • Artrite
  • Apneia
  • Derrame
  • Entre Outras

Esse excesso de peso pode estar ligado à maus hábitos alimentares.

Quando você ingere mais calorias do que você gasta, você ganha peso, e também o que você come e o que faz ao longo do dia pode influenciar, assim como genética (se seus familiares são obesos) e disfunções endócrinas.

Mas sempre lembrando que quando tentar emagrecer ou fizer qualquer tipo de tentativa de melhoras, é sempre bom procurar um especialista, pois cada pessoa apresenta um caso especifico, assim necessitando de tratamento que vai ser mais bem avaliado para seu bem estar.

Tratamento da Obesidade

Como podemos tratar a obesidade?

Como acabamos de ver, a obesidade é provocada por uma ingestão de energia que supera o gasto do organismo, e o jeito mais simples de tratamento é melhorar o estilo de vida, com menor ingestão de calorias e aumento das atividades físicas.

Isso não vai somente ajudar na redução de peso e reverter a obesidade, como melhorar a vida saudável.

Cuidados!

Não precisamos tratar a obesidade somente com medicamentos e cirurgia, pois as melhorias dependem principalmente das mudanças nos hábitos de vida, assim como redução de alimentos e atividades físicas.

Muitas pessoas tentam apenas tratar com medicamentos, mas com o tempo pode ocorrer a perda do efeito, lembrando que muitos medicamentos são irregulares, e não são autorizados pelo ministério da saúde.

Eles podem até fazer mal! Então não arrisque achando que terá efeito de emagrecimento rápido, pois é sempre bom lembrar que existe várias maneiras mais saudáveis que podem ajudar no emagrecimento.

Mas por que o Pilates é indicado para Obesos?

Muitas vezes vemos pessoas obesas falando sobre suas dores, que são acometidas principalmente nos joelhos, coluna e alterações posturais. Porém, para uma pessoa com esse problema é difícil realizar exercícios porque grande parte do corpo encontra-se cansado e qualquer esforço por menor que seja deixa a pessoa desgastada.

Mas os exercícios no Pilates podem ser feitos de uma forma mais lenta, com uma grande variedade de exercícios. Assim não ocorre muito impacto nas articulações e facilita a realização dos exercícios com uma qualidade positiva para quem está realizando.

Os seus benefícios podem ser notados nas primeiras semanas, as técnicas aplicadas como a respiração, alongamentos e fortalecimentos, melhoram as dores e a circulação, e a pessoa obesa que nunca praticou exercícios começa a ter maior vontade.

Isso porque, com a prática começa a ntar a melhora em seu próprio corpo, ajudando também na ansiedade, aumento da autoestima, até o praticamente ter mais vontade de cuidar de si mesmo.

E segundo um estudo publicado na revista cientifica ENAF, em um aluno iniciante a pessoa tem um gasto médio de 200 calorias e em uma aula mais avançada pode gastar até 500 calorias.

Mas ao estudar o assunto observamos que a obesidade não deve ser tratada como estética, pois vai muito além disso. A pessoa obesa como já citado, pode acarretar várias doenças crônicas e se não cuidada pode ser complicada.

Aulas de Pilates na Obesidade

Sobre a aula, o instrutor deve perceber nas primeiras aulas as dificuldades e limitações que o aluno apresenta, assim também estudando melhor se ele relata alguma dor, quais as dificuldades, o que pode ser feito para melhorar o objetivo que o aluno procura, e também realizar exercícios que o próprio aluno note diferença a cada aula realizada.

É importante também trabalhar bastante a consciência corporal que ajudará o aluno a ter uma melhor postura, e exercícios que ajudem a melhoria da funcionalidade do dia a dia, ajudando a agilidade para funções básicas do seu cotidiano.

Assim que aplicados esses métodos de forma correta, o aluno notará a diferença em seu próprio corpo, conseguirá fazer coisas que já não conseguia e assim vamos conseguir melhores resultados cada vez mais, tentando ajudar de uma forma global em sua saúde.

Esses exercícios podem ser realizados de diversas maneiras, variações de posições, deitadas, sentadas e em pé, diminuindo as sobrecargas articulares, e assim a pessoa não chegará à exaustão.

O Pilates aplicado para obesos vai ajudar o aluno a ter uma melhor qualidade de vida, diminuição das dores e assim ajudar até no emagrecimento.

Além de tudo, ao praticar Pilates na obesidade, pode obter-se vários ganhos, como:

  1. Aumento do Gasto Energético
  2. Ajuda na Melhora das Alterações Posturais Consequentes do Excesso de Peso
  3. Diminuição de Excesso de Gordura
  4. Motivação ao Praticar Exercícios
  5. Obtenção de Hábitos Saudáveis
  6. Aumento da Autoestima

Assim como já citado, o Método Pilates para obesos possui diversos benefícios, auxiliando uma melhora de qualidade de vida, ajudando na recuperação de forma física, assim como na melhoria de dor.

Esses exercícios também ajudam a fortalecer os músculos e o aumento de flexibilidade do corpo.

Para um melhor rendimento e aproveitamento das aulas é aconselhado realizar os exercícios corretamente, para o melhor resultado de tonicidade, força muscular e equilíbrio.

Importante também que o aluno se concentre na respiração, realizando de forma correta, soltando o ar enquanto realiza o exercício, mantendo o fluxo de entrada e saída do ar e respeitando os limites de cada pessoa.

Os exercícios podem ser recomendados tanto em aparelho, quanto realizados no solo, com auxílio de equipamentos como bolas e elásticos.

As aulas de Pilates podem ser realizadas de 2 a 3 vezes na semana, sendo feitas sozinho ou em grupo, mas sempre com orientação de um profissional.

Benefícios do Pilates na Obesidade

É natural que pessoas obesas tenham dúvidas se realmente conseguem fazer Pilates ou até mesmo alguma atividade física. Isso, porque muitas vezes essas atividades são divulgadas com foto de pessoas magras, o que faz com que os obesos pensem que não podem realizar esse tipo de exercício.

Mas não é por ai! Pessoas obesas conseguem e devem fazer Pilates, a única diferença é que às vezes o profissional que dará a aula deve adaptar algum exercício para que o aluno consiga realizar da melhor forma. No entanto, isso não interfere na qualidade da aula e até mesmo do exercício.

Por experiência própria observo em meus alunos que são acima do peso, autoestima e melhora notável nas dores no corpo. Vejo que muitas vezes eles mesmos se surpreendem por fazer alguma atividade física e sair da aula gostando do que fez e notar a diferença a cada aula realizada.

Mas é importante lembrar que quando engordamos e ficamos acima do peso nossa postura e nosso centro de gravidade muda, além do peso forçar as articulações do tornozelo, joelho, quadril e coluna. Às vezes até fazendo com que a pessoa sinta fortes dores e incômodos, nessas regiões aonde são mais acometidas, e assim o instrutor deve trabalhar e até dar prioridade em fortalecer e proteger as articulações.

Uma dúvida frequente que as pessoas têm, é saber se o Pilates emagrece… Eu acredito que ele ajuda a emagrecer, no entanto, o resultado não aparecerá sozinho, assim como qualquer atividade física, tem que ter comprometimento com o exercício, alimentação e tudo que possa ajudar para emagrecer.

Depois de algum tempo de aula, o aluno começar a relatar melhorias e podemos variar os exercícios.

No começo normalmente trabalhamos bastante os alongamentos, nada muito pesado para que a pessoa não sinta mais dores, mas logo que se acostumar a sentir melhor, podemos mudar, transformando em uma aula mais dinâmica.

Devemos sempre lembrar de manter a respiração de forma correta, assim como a concentração, podendo até realizar circuitos entre os aparelhos.

Além de realizar alguns exercícios mais avançados sabendo respeitar a limitação de cada um, e ir alterando conforme perceber que o aluno sente segurança, assim como podem trabalhar muitos exercícios no solo, no qual também dá pra variar bastante e utilizar muitos equipamentos.

Concluindo…

As aulas para obesos são realizadas igualmente para todos, sempre lembrando que temos que tomar cuidado com qualquer pessoa a realizar o movimento.

É importante ver se ela se sente confortável em realizar o movimento, se não sente nenhuma dor, e sempre de início ir com calma, conhecendo bem o aluno em algumas aulas e depois avaliar tudo que se pode ser feito: avaliar se tem patologias e indicações médicas.

Por isso a necessidade da avaliação de cada pessoa, conversar para saber sobre o objetivo, pois  normalmente as pessoas procuram o Pilates para melhores hábitos saudáveis, assim como uma melhor condição de vida diária.

Mas o mais importante é cada profissional ajudar da melhor forma que puder e assim obter ótimos resultados e clientes satisfeitos.

Written by Mariana Rodrigues Carolino

Mariana Rodrigues Carolino

Fisioterapeuta com atendimentos na área de Reabilitação, Pediatria, Ortopedia, Neurofuncional, Pneumocardio, Hidroterapia, Hidroginastica e Pilates.
Curso de Formação em Pilates Completo pela Espaço Vida Pilates - Solo, Bola e Aparelhos.

1 posts

1 Comentário

Deixe um Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *