Posted in:

O Pilates e a Saúde dos Pés – Entenda a Importância!

Quem aqui se lembra de massagear os pés ao chegar em casa depois de um dia árduo de trabalho, de uso de salto alto, de andanças para cima e para baixo? Quem?

Confesso que às vezes até eu, profissional do movimento, me esqueço de pensar na saúde dos pés, coitados, que me aguentam o dia todo. Geralmente só lembramos de alguma parte do nosso corpo quando ela dói. E isso é péssimo!

Assim como as nossas mãos, que estão em constante movimento, – seja gesticulando, digitando, lecionando, instruindo – nossos pés estão ali, podem até estar parados, sem movimento aparente, mas estão nos sustentando o dia todo.

Sustentando uma estrutura que, diga-se de passagem, não é nada leve. Dessa forma, podemos e devemos começar a pensar mais na saúde dos pés, a base que organiza e equilibra todo o resto do nosso corpo.

Joseph Pilates, como bem sabemos, considerava de extrema importância o uso adequado da saúde dos pés, tanto que, para isso criou aparelhos específicos, como o Foot Corrector e o Toe Stretcher.

Trabalhando com a Saúde dos Pés no PilatesPILATES-SAUDE-DOS-PES-1

Eis aqui uma dica valiosa para carregar em suas aulas de Pilates daqui por diante: ao corrigir seu aluno durante as aulas de Pilates, ou qualquer outra modalidade inicie pelos pés, sempre! É da base que se organiza a pele e se estrutura a coluna – e não o contrário.

Dica bônus – utilizando as imagens: a questão imagética se faz presente. Instrua seu aluno a pensar que o pé é um carrinho e que, debaixo dele, ficam os pneus. São quatro pneus distribuídos em dois eixos, dianteiro e traseiro.

O peso deve ser distribuído de forma homogênea entre esses pneus e, a partir dessa distribuição, pensa-se em estruturar a coluna.

Uma vez que os pés encontram-se supinados, ou pronados, a estrutura de modifica e tanto a pelve quanto a coluna se desalinham.

Exercícios específicos para os pés e sensibilização dos mesmos devem ser realizados durante a aula para que ative a circulação e estimule a propriocepção, a fim de melhorar distribuição de peso do corpo na região.

Anatomia do PéPILATES-SAUDE-DOS-PES-3

Sua estrutura pode revelar debilidade física ou emocional, mas também vigor.

Os pés suportam o peso de nosso corpo e, se os músculos do corpo estiverem fracos, os tecidos dos músculos dos pés também serão afetados, por isso a importância da saúde dos pés.

Em média o pé contém 26 ossos, 100 ligamentos e 20 músculos, além de uma intricada rede de nervos e vasos sanguíneos. Tecido conectivo, veias e nervos unem os ossos, cobertos por camadas de pele.

Além da função de sustentação, dita anteriormente, o pé também se responsabiliza pela propulsão, e ambos requerem um alto grau de estabilidade.

Portanto, exercícios em superfícies instáveis são bem vindos para estimular a musculatura estabilizadora.

PILATES-SAUDE-DOS-PES-4

Exercícios de Pilates para a Saúde dos PésPILATES-SAUDE-DOS-PES-5

Para auxiliar no tratamento da manutenção ou reabilitação da saúde dos pés , aqui vai uma mini lista de exercícios que irão ajudar você, leitor, ou instrutor, ou quem seja a prestar atenção e cuidar melhor da saúde dos pés, estrutura tão importante e tantas vezes esquecido.

Sensibilização: utilize um bastão, uma bolinha de tênis, ou até mesmo aquelas compradas em Pet Shop para seu animal de estimação podem auxiliar nessa atividade.

Coloque o objeto escolhido sob os pés e massageie-os rolando do calcanhar até os dedos, insistindo nas regiões de maior tensão. Fique o tempo que achar necessário e troque de pé.

É importante que esteja seguro/a de seu equilíbrio, portanto sugiro estar próximo de uma parede ou algo que possa se apoiar, ou ainda, se estiver em Studio, segure nas barras do Cadillac

Massagem: a saúde do pé é medida pela circulação de sangue e energia. Sendo assim, tenha carinho pelos seus pés. Além de sensibilizá-los com a bola ou bastão, massageie com as mãos.

Nossos pés merecem todo cuidado do mundo, e um carinho bem feito vai relaxá-lo e deixá-lo prontinho para receber os exercícios da aula.

Andar: nossa pisada é o tema do texto em questão, e ter consciência de como se pisa é um fator mais do que essencial nas nossas vidas.

Vamos então desconstruir a pisada para construí-la corretamente. Que tal?

Trace uma linha imaginária de um lado do espaço em que se encontra até o outro e siga por ela andando com 4 apoios diferentes: vá com o apoio nos metatarsos e dedos, e volte com o apoio nos calcanhares.

Em seguida, vá usando o apoio das bordas laterais dos pés, e volte pelas mediais (esse é o mais difícil, pois os joelhos ficam numa posição mais instável, tenha cuidado!).

E depois você pode brincar alternando os 4 apoios e assim sensibilizará ainda mais seu pé ao mesmo tempo que fortalece as musculaturas exigidas.

Depois dessa desconstrução, experimente andar normalmente, prestando atenção na sua pisada, desde o momento em que o calcanhar entra no chão até o momento em que ele sai.

Equilíbrio: chegou o queridinho da vez! Para ter uma musculatura estabilizadora e forte nada melhor que desafiá-lo com exercícios instáveis! Parece contraditório, mas na verdade é desafiador.

De pé, transfira o peso para uma das pernas, pensando em pressionar o pé de base no chão. Flexione o joelho oposto e brinque com seu equilíbrio (ou a falta dele). Seja criativo, mas com responsabilidade. Pode variar, estendendo a perna, passando para trás fazendo uma extensão de quadril, repita igualmente com o outro lado.

Ficou fácil? Aumente o desafio fechando os olhos. O senso de direção diminui e a instabilidade aumenta, dessa forma você garante um melhor aproveitamento do exercício.

Logicamente existem uma gama de exercícios específicos para a saúde dos pés que vão agregar essa mini lista, mas tenha em mente que o importante é:

  • Sensibilizar
  • Alongar/Massagear
  • Mobilizar
  • Fortalecer

 Não precisa ser necessariamente nessa ordem, mas lembre sempre dessa dica!

Concluindo…saude-dos-pés-1-

Para concluir não podemos nunca nos esquecer de cuidar da saúde dos pés, são eles que nos suportam o dia todo entre sapatos desconfortáveis e exaustivas horas andando.

Nos, instrutores de Pilates, somos os responsáveis para dar atenção a eles, durante os exercícios, que são simples e fáceis e podem ser aplicados em várias modalidades do Pilates.

A saúde dos pés reflete no equilíbrio do corpo todo.

Então, o que achou dessa matéria? Tem alguma dúvida ou sugestão? Me conte nos comentários!

Written by Adriana Coldebella

Adriana Coldebella

Instrutora certificada internacionalmente por Lolita San Miguel em seu Programa de Mentoria nos EUA e apta a ministrar o Lolita´s Legacy.
Bacharel e Licenciada em Dança pela Unicamp e pós graduada em Massagem e Técnicas corporais, ministra workshops e aulas especiais e é modelo fotográfica de exercícios de Pilates.

13 posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *