Posted in:

3 exercícios corretivos do Pilates para cifose

pilates-e-cifose

O método Pilates para Cifose é uma excelente forma de tratamento do desvio da coluna vertebral.

As doenças da coluna constituem um problema grave de saúde e com maior prevalência em populações ocidentais.

Atualmente considera-se que cerca de 80% da população em geral sofrerá pelo menos um episódio de dor na coluna em algum momento da vida.

Precisamos ter um diagnóstico estrutural ou funcional muito bem feito para que possamos definir qual patologia se encontra diante de nós, instrutores de Pilates.

Atualmente os efeitos do sedentarismo e das posturas estáticas em geral, são um dos principais motivos dos efeitos de esforços excessivos de trabalho físico em que os músculos são submetidos e que pode se referir como papel desencadeante de patologias da coluna.

Pilates para Cifosepilates-para-cifose

A coluna vertebral é uma estrutura complexa e frágil que precisa de suporte muscular.

O tempo todo ela está suscetível a danos consequentes das cargas impostas pelas nossas atividades de vida diárias.

O método Pilates para Cifose se concentra em obter níveis ótimos de função e equilíbrio muscular com o objetivo de reduzir as cargas sobre a nossa coluna.

Devemos treinar a musculatura do nosso paciente de dentro para fora, enfatizando a estabilização para posteriormente inciarmos a mobilização com exercícios seguros e precisos, dirigidos a desenvolver a musculatura que apresente uma maior predisposição a ser fraca ou deficiente.

Tão importante quanto treinar a musculatura dos nossos clientes é instruí-los com informações importantes para que possam usufruir nas suas rotinas fora do Studio, como: hábitos posturais saudáveis e adequados, noções de anatomia, ações musculares e precauções que possam ser tomadas mediante movimentos potencialmente perigosos.

Uma atitude cifóticapilates-para-cifose-02

A cifose é uma curvatura fisiológica convexa da coluna, encontrada nas regiões torácica e sacral, que  quando aumentada, leva ao que chamamos de Hipercifose.

A Hipercifose é um desvio anormal ou deformação da coluna vertebral,  ou seja, uma acentuação da curvatura, normalmente das vertebras torácicas, criando o que chamamos de “Giba”, e que pode, muitas vezes ser confundida apenas com uma má postura.

A Sociedade de Investigação das Escolioses (Scoliosis Research Society) define a hipercifose torácica uma curvatura maior ou superior a 45 graus. Normalmente, a coluna deve possuir de 20 a 45 graus na parte superior.

O aspecto morfológico e a localização da Hipercifose podem depender do tipo genético do indivíduo e do seu modo de equilíbrio muscular em geral.

O Pilates para Cifose deve ser flexível, permitindo que não haja uma sobrecarga nas demais estruturas da coluna.

A origem dessa desordem fisiológica postural, pode ser, de ordem psicomotora, por causas ocupacionais, pelo mau hábito postural, por atitudes escolares e profissionais ou por predisposições morfogênicas.

Como usar o Pilates em uma postura Cifótica?pilates-para-cifose-03

Para que possamos ter uma aula extremamente comprometida com o nosso paciente.

Criamos uma sequência de 12 estilos de exercícios que podem ser seguidos pela ordem, para que nossa aula de Pilates seja efetiva em pacientes hipercifóticos ou com atitudes hipercifóticas:

  • Exercícios de mobilização da cintura escapular e braços;
  • Exercícios de mobilização da caixa torácica e da coluna vertebral em geral;
  • Exercícios de respiração com mobilização associada da coluna vertebral;
  • Exercícios de extensão passiva assistida, dando ênfase a correta execução;
  • Exercícios de extensão ativa da coluna por ação dos músculos estabilizadores locais e globais;
  • Exercícios de extensão ativa e passiva da torácica e depois peitoral;
  • Exercícios de estabilização ativa da cintura escapular;
  • Exercícios de sensibilização de coluna cervical;
  • Exercícios de ativação do esternocleidomastoide e dos escalenos;
  • Exercícios de extensão ativa da coluna cervical durante o movimento, cuidando sinais de dor ou dormência;
  • Exercícios de coordenação de respiração e movimentos de membros inferiores;
  • Exercícios em posição em pé ativa desde a cabeça, integrando as ações dinâmicas a postura.

Uma vez seguida essa sequência, podemos procurar dentro do método Pilates movimentos que se enquadram perfeitamente nos 12 passos.

Exercícios para a Cifosepilates-para-cifose-04

Além da série de 12 exercícios, separamos para vocês alguns movimentos que auxiliam na reabilitação da coluna, especialmente para casos com Cifose.

Swan com Alças

Pilates para Cifose

Em decúbito ventral com a coluna neutra, ombros flexionados e abduzidos a aproximadamente 160 graus segurando as alças de mãos em pronação, realizar a extensão de ombros mantendo a coluna neutra. Pode evoluir para a extensão de quadris com joelhos em extensão.

Swan Dive

Pilates para cifose 01

Posição inicial: Em decúbito ventral, pelve e coluna neutras. Pernas estendidas e em rotação lateral. Braços flexionados ao lado do tronco.

A execução: Para o exercício intermediário (balance e pegue): Inspire para alongar os braços e elevar o tronco. Na expiração, mantenha o formato do corpo e balance para frente (Foto 3).

Na inspiração, balance de volta para cima, segurando-se com as palmas das mãos de volta ao colchonete.

Swimming

Pilates para Cifose 03

Esse exercício traz benefícios como a melhora da movimentação do quadril, fortalecimento da coluna vertebral e melhora da mecânica de movimentos como andar ou correr.

A posição inicial: Deitado em decúbito ventral, com as pernas em paralelo e os braços ao longo do corpo. A ponta do nariz deve ficar voltada para o colchonete. Tome cuidado para não arquear a coluna lombar.

E para executar: Inspire e eleve a perna direita e o braço esquerdo lentamente. Expire e retorne à posição inicial. Inspire e, dessa vez, repita o movimento com a perna e o braço contrário. Expire e retorne à posição inicial.

São indicadas 5 a 10 repetições de cada lado.

Concluindo…pilates-para-cifose-05

O Pilates para Cifose foca na reabilitação, ou seja, no alinhamento da coluna, para que o aluno não sinta mais dor e consiga ter uma vida mais saudável.

Existem profissões que são propicias para as lesões na coluna, é importante destacar para seu cliente que o Pilates trata as lesões e fortalece a musculatura. Antes das aulas é imprescindível realizar uma avaliação postural para passar uma série de exercícios adequada.

Para isso, ter conhecimento e domínio do método é fundamental a fim de adquirir sucesso no tratamento dos pacientes que possuam essa desordem músculo esquelética.

Bom trabalho a todos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *