Posted in:

Como alcançar o Condicionamento Físico com o Pilates Clássico

Há muitas discussões a respeito deste tema, e posso dizer que se você praticar uma sessão rigorosa do Método Pilates, verá que pode alcançar um bom condicionamento físico com a prática frequente, aumentado cada vez mais a sua capacidade respiratória, sua resistência e otimizando a frequência cardíaca.

Entretanto, se o Método for aplicado de forma dissociada, excessivamente explicativa e lenta, em forma de circuito, etc… como vem sendo aplicado por alguns profissionais, ai podemos dizer que estará realmente comprometido o condicionamento físico com esse tipo de prática, que, devemos reconhecer, não é Pilates.

Método Pilates Clássico e sua modificação ao longo do tempoCondicionamento-Físico---Romana

A técnica original criada por Joseph Pilates sofreu muitas modificações durante os anos. Muitos dos seus alunos considerados a “primeira geração” de instrutores começaram a abrir seus próprios estúdios na década de 60.

Alguns mantiveram-se fiéis aos ensinamentos de Joseph Pilates, como Romana Kryzanowska, enquanto outros modificaram os exercícios originais acrescentando outras técnicas como Feldenkrais, RPG, e modificando o objetivo de alguns dos exercícios.

Essa primeira geração combinou os princípios que receberam do mestre Pilates com seus próprios conhecimentos, e entre eles temos: Carolla Trier; Ron Fletcher; Kathy Stanford-Grant; Eve Gentry, Bruce King entre outros.

Romana Kryzanowska, segundo seus próprios depoimentos – fornecidos durante os cursos de certificação – afirma que dedicou sua vida ao ensinamento do Método Pilates da forma mais original possível honrando a integridade da técnica desenvolvida pelo criador Joseph Pilates.

No Método Clássico, os princípios de Centralização, Respiração, Fluidez, Precisão, Controle e Concentração são de essencial importância e aplicados na rotina de exercício. A denominação “Clássico” tem sido utilizada atualmente para diferenciar instrutores que aplicam o Método na sua forma mais autêntica possível preservando os exercícios como foram criados.

O princípio da Fluência é o maior diferencial de quem pratica o Método Pilates Clássico.

Joseph Pilates, segundo Kryzanowska, reforçou a importância das transições ininterruptas dos movimentos e da sessão iniciar e seguir um fluxo sem parada de um exercício para outro com ritmo constante e precisão até o final da aula. Ou seja, Pilates é movimento contínuo, e desta forma é possível trabalhar sim o condicionamento físico!

Para atingir o princípio da Fluidez com maior eficiência é necessário que o aluno esteja concentrado no exercício à medida que evolui na prática, assim será possível memorizar os exercícios e desta forma aumentar a sua eficiência e rapidez de execução no mesmo intervalo de tempo, estimulando muito mais o sistema cardiovascular.

Ainda o Método Pilates Clássico é pouco estudado de forma científica e acadêmica, necessitando ser publicadas pesquisas que comprovam a eficiência da técnica para otimizar o condicionamento físico, entretanto é possível sentir o trabalho cardiovascular durante uma sessão fluida ininterrupta.

A importância da Fluência para o Condicionamento FísicoCondicionamento-Físico-2

Introduzido no Brasil na última década, gradativamente este Método passou a ser desenvolvido e conhecido pelos brasileiros.

Porém como ocorre com todo novo método terapêutico ou de prevenção para a saúde, o desenvolvimento indiscriminado do Método Pilates ocorreu tanto nas mãos de profissionais sérios e competentes, como por profissionais que não passaram por um rigoroso treinamento nem por um prolongado curso de formação em centros especializados.

Assim a técnica tem perdido o importante “princípio da fluência, tornando-se um método de exercícios executados com exagerada lentidão e precisão, similar a métodos fisioterapêuticos mais tradicionais e muito distantes do que vem a ser Pilates realmente.

A fluência ininterrupta de movimentos pode ser observada claramente em uma série do Reformer super avançado na sua forma mais original, ou seja uma sessão de uma hora neste equipamento com os exercícios clássicos desenvolvidos por Joseph Pilates.

Atualmente alguns centros de estudo e ensino do Método Pilates Clássico no mundo, procuram preservar e divulgar a integridade do método na sua forma mais  original com respeito ao criador da Técnica. Entretanto comenta-se que uma metodologia criada há muitos anos precisa ser atualizada, modernizada ou modificada.

Porém para quem estuda o Método original, a técnica é tão perfeita, que a ordem de execução dos exercícios prova que um grupo muscular é estimulado em um movimento e no próximo é feita a compensação deste grupo de músculos de forma tão harmônica que podemos inferir que o Método Pilates Clássico não necessita de muitos retoques!

Minha dissertação de mestrado foi feita baseada na técnica original dos exercícios de solo e estudamos exaustivamente cada movimento e o porque a série ter sido elaborada desta maneira. Os movimentos tem objetivos claros definidos e uma ordem biomecânica perfeitamente distribuída, por este motivo é muito infundado encontrar modificações na ordem dos exercícios.

Como também muitas vezes, por falta de conhecer todo o repertório e equipamentos criados por Joseph Pilates começam a ser feitas muitas criações sobre o Método original que são desnecessárias, inclusive muitas criações e adaptações dos equipamentos originais, e desprezando o conhecimentos dos acessórios e equipamentos criados por Joseph.

Concluindo…Condicionamento-Físico

Nossa realidade é que vem surgindo um crescente número de profissionais de Pilates desqualificados no mercado. Os instrutores mais “tradicionais” e que aplicam a técnica clássica passaram por um rigoroso treinamento.

Esse processo é importante para que se possa aprender a interiorizar a filosofia por trás do Método. É preciso meses de treinamento para conseguir estar praticando o Método em nível avançado e o instrutor precisa aprender com seu corpo, executando. Há uma grande diferença entre “ensinar” Pilates e “dar” Pilates.

O instrutor precisa ser a fonte de inspiração do seu cliente, e só desta forma será possível obter todos os benefícios incluindo um bom condicionamento físico desta técnica maravilhosa denominada “Contrologia”.

Written by Cecilia Panelli

Cecilia Panelli

Mestre em Educação Física, Bacharel e Licenciada em Dança. Certificada pelo The Pilates Studio® com Romana Kryzanowska (1999) e Power Pilates® Inc. (2003) em Nova York. Teacher Trainer da Power Pilates® Inc. (2008- 05/2016). Pré-treinadora de GYROTONIC® e certificada em GYROKINESIS®. Autora do Livro: “Método Pilates de Condicionamento do Corpo: um programa para toda vida” (Phorte, 2016, terceira edição). Tradutora da: Obra Completa de Joseph Pilates – Phorte , 2010. Autora de artigos científicos e palestrante sobre o Método Pilates Clássico e GYROTONIC® Expansion System. Pesquisadora do Grupo de Pesquisa em Filosofia e Estética do Movimento UNICAMP (GPFEM).

6 posts

2 Comentários

Deixe um Comentário
  1. Sensacional texto Cecília
    orgulho de ter sido tua aluna…graças aos teus conhecimentos tive a inspiração de buscar o verdadeiro Pilates!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *