Posted in:

Pilates no tratamento da Asma: tudo o que você precisa saber!

Asma---Capa

Como é conhecido, o sistema de treinamento Pilates foi fundamentado em 6 princípios pelo seu criador Joseph H. Pilates, entre os quais se encontram inclusos a respiração como um deles.

A respiração é o primeiro ato que realizamos ao nascer e o último quando  morreremos.

É um ato biológico fundamental, necessário para levar oxigênio aos músculos e órgãos de nossos corpos, com o objetivo de realizarem suas funções de forma eficaz.

Em si, o oxigênio que conseguimos do exterior é uma espécie de combustível para poder viver e realizar nossas funções diárias e dar vida ao nosso organismo.

A Importância da Respiração no PilatesRespiração-na-Asma

A respiração no Pilates é uma das chaves principais na execução de cada exercício, sendo sempre coordenada com o movimento que se executa, tentando assim dirigir a energia à zona que se está mobilizando.

Uma boa respiração ajuda a controlar os movimentos e facilita a estabilização da coluna vertebral, para o trabalho global das extremidades.

Cada movimento deve coordenar-se com uma respiração específica, segundo cada tipo de exercício.

No Pilates se inspira pelo nariz e se expira pela boca, o qual permite uma ativação da musculatura profunda abdominal, muito superior quando comparada com a situação de se expirar pelo nariz e isto nos interessa levar em conta.

Existem vários tipos de respiração, mas fundamentalmente é o diafragma o encarregado dela. O uso do diafragma incrementa o espaço vertical do tórax, forçando a inspiração devido a redução de pressão interna.

É necessário destacar que hoje em dia existem diversas condições e doenças que atacam o sistema respiratório do ser humano, e uma delas é a asma.

A asma é uma condição crônica dos pulmões que inflama e estreita as vias respiratórias, e causam períodos repetidos de pieira (chiados ao respirar), pressão no peito, dificuldade para respirar e tosse, afetando pessoas de todas as idades..

O Método Pilates ajuda porque acalma a mente e baixa o nível dos hormônios de estresse, aumenta a propriocepção e a consciência cenestésica do indivíduo que pratica o método.

Além disso, melhora a força muscular, a postura, o equilíbrio, a respiração e a confiança em si mesmo.

É primordial que o Método Pilates se ajuste ao nível de cada aluno já que a rotina deve ser individualizada e focada em suas necessidades e requisitos.

Por isso, o treinamento não deve ser intenso demais, inicialmente, para as pessoas que possuem asma e o Pilates ajudará a encontrar a calma necessária para controlar a respiração.

Com a prática regular dos exercícios do método, a pessoa obterá um conhecimento mais profundo de seu padrão respiratório e de como pode potencializar sua caixa torácica.

Como o Pilates pode auxiliar no controle da AsmaExercício-para-Asma

O Pilates é um bom programa de atividade física e é adequadamente adaptado para quem sofre de asma pois tem como fundamento a reeducação respiratória, a postura e o condicionamento físico.

É necessário compreender que um fator limitante para a realização de atividades físicas em pessoas com asma é a rigidez torácica e por isso se recomenda exercícios de desbloqueio desta zona, com o objetivo de aumentar a mobilidade, ativar e reeducar os músculos intercostais responsáveis pela expansão da mesma.

Este desbloqueio é sempre anterior ao trabalho dos exercícios respiratórios que foram propostos no início da aula, para ajudar o aluno a ativar os músculos do centro e de como realizar a respiração torácica lateral, própria do método.

Os exercícios do tipo respiratório têm como objetivo melhorar as funções de ventilação para evitar o aumento de volume residual que pode existir nos pulmões ou canais respiratórios, sendo estes exercícios um suporte psicológico importante que ajuda a diminuir a ansiedade que são experimentadas por pessoas que sofrem de asma.

Para chegar a este objetivo, o Método Pilates utiliza técnicas para a alcançar essa meta e que praticamente toma consciência dos seus movimentos musculares durante a respiração.

É válido destacar que durante a execução dos movimentos, estes deverão ser acompanhados de uma respiração correta, com o objetivo de ativar os músculos centrais e é por eles que falaremos de uma respiração programada, a qual se efetuará ao realizar esforço.

Ou seja, deve-se expirar com a intenção de contrair o transverso do abdômen em um dado momento do exercício, dando contenção e sustento às vértebras da zona lombar da coluna.

E outra respiração de desafio, em qual deve-se expirar no momento de maior esforço durante a execução do exercício, colocando em prova o trabalho do powerhouse do praticante.

Por outro lado, é de vital importância fazer menção que a prática do método Pilates ajudará, sem dúvida, a melhorar a postura do indivíduo, que muitas vezes interfere ou modifica a mecânica respiratória.

Isso pode ser alcançado através de exercícios especiais, tentando recuperar as curvaturas naturais da coluna vertebral, evitando assim uma pressão inadequada na cavidade torácica.

Benefícios do Pilates para a AsmaBenefícios-da-Asma

Nos parágrafos anteriores fiz menção de que a respiração no Pilates deve ser realizado inspirando o ar pelo nariz e expirando pela boca, pois em pacientes com asma, o padrão de respiração encontrado costuma ser o contrário.

Comece trabalhando com métodos de respiração nasal e lento, com o objetivo de regular a entrada de ar e purificação do mesmo, pelas condutas do sistema respiratório.

Já falado sobre a asma e a respiração, a seguir enumero alguns benefícios obtidos pelas pessoas que praticam o Método Pilates, ao realizar a respiração adequada.

  • Liberação residual dos canais respiratórios
  • Transportes de nutrientes essenciais aos diferentes tecidos do organismo
  • Ele oferece energia à órgãos e músculos do corpo, já que o oxigênio é vital para tal
  • Permite a execução dos exercícios de uma maneira mais eficiente, alcançando assim a correta ativação dos músculos do powerhouse
  • Estabilidade da coluna vertebral
  • Controle muscular
  • Claridade mental

Concluindo…Concluindo-Asma

O Método Pilates contém todas as ferramentas necessárias para auxiliar os pacientes com asma já que se trata de uma técnica de reeducação dos movimentos, formado por exercícios profundamente vinculados com  a melhora da postura e são capazes de restabelecer e aumentar a flexibilidade e a força muscular, melhorando a respiração.

Considerado como um exercício claramente anaeróbico (lento ou moderado) tendo em vista uma reeducação da mecânica funcional respiratória do paciente, os exercícios de Pilates devem ser sempre acompanhados por um instrutor capacitado, buscando de forma progressiva obter benefícios em seus alunos.

Written by Carlos Zorrilla

Carlos Zorrilla

Licenciado em Educação Física e tem uma trajetória de mais de 13 anos no âmbito do Pilates. Em 2005 fundou o Pilates Training Center C.A., um centro dedicado à prática exclusiva de Pilates em suas diversas modalidades, na cidade de Puerto Ordaz na Venezuela. Se formou com professores prestigiosos tais como Michael King, Veronica Ponieman, Laura Pelinski, Rebeckah Rotstein, Federico Randazo, Madeline Black, Paula Pantano, Humberto Gracias, entre outros. Em 2015 foi professor/tutor de MK Pilates, formando e certificando mais de 100 instrutores no nome dessa escola em seu país natal, Venezuela.
Carlos foi o criador da técnica Mat Sequence e Reformerme on the ball. Técnicas inovadoras que conquistaram clientes e instrutores de Pilates. Ele também conta com seis publicações, destacando as seguintes: Matwork Pilates; Mat Sequence Módulo I e II; Pilates on a Roll; entre outros. Atualmente reside no Equador e inicia seus workshops nos próximos meses.

6 posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *