Posted in:

ESPECIAL – 6 áreas de atuação para se trabalhar: Pilates no Hospital

Pilates-no-hospital-1

IMPORTANTE: Este conteúdo é exclusivo para profissionais e estudantes de fisioterapia e educação física que ainda não tem curso/formação no Método Pilates. Se você já possui, este texto não é para você. Agora, se você quer conhecer mais sobre Pilates ou pensa em fazer um curso, é para você!

Como já falamos na semana anterior, este é um guia completo com todos os detalhes, que você precisa saber sobre os 6 campos de atuação para trabalhar com Pilates.

No quarto texto dessa série, iremos falar sobre como trabalhar com o Pilates no hospital. Confira.

 O Pilates no HospitalPilates-no-hospital-3

Talvez você não saiba, mas desde 2010 alguns hospitais já se utilizam do Método Pilates para atender aos pacientes nos mais diversos setores.

Sendo alguns deles: pacientes internados, pós-parto, pós-cirúrgicos, provenientes do centro de infusão, pacientes portadores de lesão crônica, doenças cardio-respiratórias, vasculares, reumáticas, ortopédicas, neurológicas, terceira idade e encaminhados de outros serviços.

Os hospitais mais modernos e com equipe multidisciplinar souberam explorar todos os benefícios que o Pilates oferece. Por isso, o fisioterapeuta, o profissional de educação física, o fisiatra e o cardiologista atuam com o método do pré-operatório ao retorno das AVD’s.

Pode até parecer um espanto neste primeiro momento você saber disso, mas Joseph Pilates, o criador da técnica, atuou com a Contrologia (Contrologia era a forma como Pilates era chamado antigamente) em hospitais. Inclusive, o equipamento Cadillac teve certa influência de camas de hospitais.

Como trabalhar com Pilates no HospitalPilates-no-hospital-2

Com relação ao Studio você já vai pegá-lo montado, portanto, todo o investimento é do hospital e você será contratado para dar aulas de Pilates no hospital no regime CLT – carteira assinada, com salário fixo.

Isso pode ser bom ou ruim, depende do seu perfil.

Um salário fixo indica que independentemente do seu esforço ou dedicação, ele nunca irá mudar. Ao contrário de ter seu próprio Studio, na qual você pode atrair mais clientes e aumentar seu faturamento.

O Pilates no hospital vai te proporcionar mais estabilidade, ou seja, faça chuva ou faça sol o seu salário está garantido ao final do mês, diferentemente do Studio de Pilates.

O próprio hospital irá te fornecer uma gama de clientes diversificada e isso é muito bom. Te dará uma enorme experiência e crescimento profissional.

Provavelmente você chegará numa equipe multidisciplinar, então vai aprender muito com outros profissionais e fazer muitos contatos. Isso você nunca terá num Studio de Pilates convencional.

Os atendimentos são mais individualizados, portanto, raramente você dará aulas para 2 ou 3 clientes ao mesmo tempo.

Porque escolher o Pilates no Hospital?pilates-no-hospital-4

Se você se identifica com a ideia de instruir Pilates no hospital, sem dúvida é uma ótima escolha. Olhe algumas vantagens:

  • Salário fixo garantido;
  • Férias remuneradas;
  • 13o salário;
  • Não precisa fazer investimento R$;
  • Equipe multidisciplinar;
  • 6 horas de trabalho por dia;
  • Diversidade de clientes;
  • Não precisa investir em marketing;
  • Não precisa se preocupar com questões administrativas.

Importante: Os profissionais de educação física também atuam dentro de hospitais, principalmente na questão cardiorrespiratória e alunas gestantes.

O difícil hoje é conseguir uma oportunidade de trabalho com a mesma facilidade de conseguir trabalhar em um Studio de Pilates. Como a demanda de trabalho ainda não é grande, você vai precisar ser mais insistente caso queira trabalhar em um Hospital.

Sem dúvida nenhuma esta área irá crescer muito ao longo dos anos, isso porque os hospitais têm começado a se dar conta que montar um Studio de Pilates dentro de um hospital as vezes é mais barato do que uma maca.

Uma dica importante para quem quer entrar nesta área é fazer contato dentro do hospital e tentar o famoso QI (Quem Indica).

Outra dica é: Após fazer seu Curso de Pilates Completo, procure fazer uma especialização em Pilates nas Patologias da Coluna, pois certamente será um perfil de cliente que você atenderá muito no hospital.

CHECKLIST – Pilates no Hospital 

  • Remuneração média por mês: R$3.400,00
  • Mercado Aquecido: 3 estrelas
  • Preferência por: Fisioterapeutas
  • Principais horários de trabalho: Horário Comercial
  • Pontos + Positivos: Equipe multidisciplinar, estabilidade, diversidade de clientes.
  • Ponto de Atenção: Difícil de entrar.
  • Perspectiva de Futuro: Crescimento pouco acima da média. Ainda é pouco explorado.
  • Utiliza-se mais Mat ou Equipamentos: Predomínio de Equipamentos.
  • Quantidade de Alunos por horário: 1 ou 2.

Concluindo…

Espero que esse texto comece a clarear essas informações para você que tem muitas dúvidas sobre sua carreira e futuro com o Método e principalmente se tinha alguma dúvida em Pilates no Hospital.

Vale lembrar que esse é a segunda dica das 6 que vamos passar para você ao longo dos textos.

Não perca, todo sábado, uma dica nova para você se preparar para seu futuro e construir uma carreira com o Método Pilates.

Não viu alguma dica? Não se preocupe vou listas abaixo todos os textos do nosso especial

  1. Studio de Pilates
  2. Pilates em academias
  3. Personal Pilates
  4. Pilates no Hospital
  5. Pilates em clubes
  6. Pilates na Escola

Gostou? Tem alguma dúvida? Deixe nos comentários!

E não se esqueça de compartilhar para seus amigos que também pensam em seguir essa carreira!

 

2 Comentários

Deixe um Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *