Posted in:

Os Benefícios do Pilates para a Distensão Muscular

A distensão muscular é um rompimento das fibras do músculo que pode gerar dor e dificuldades com a movimentação. Esse problema aparece em situações de esforço físico intenso e repentino, ou na realização repetitiva de uma atividade física por um tempo muito longo, e está associado a muitos fatores, mas há formas de preveni-lo.

Uma delas é o Pilates. Além de promover muitos benefícios para a saúde, o método possibilita ganho de força e flexibilidade, além de melhoras em diversos quadros de doenças.

Ficou interessado em saber mais dos benefícios do Pilates para a distensão muscular? Continue lendo este post e saiba mais!

Por quê ocorre a Distensão Muscular?

distensão-muscular-2

Os músculos são formados por fibras, e todo esse tecido é irrigado por vasos sanguíneos. Eles nutrem as células e fornecem o que elas precisam para operar com os movimentos.

A distensão, portanto, ocorre quando algumas fibras musculares, os tendões ou os canais de irrigação de sangue se rompem. Isso forma um hematoma, e o local pode ficar arroxeado e inflamar.

Dependendo da atividade que desencadeou o problema, a distensão muscular pode ser aguda ou crônica.

A distensão muscular pode ocorrer em dois tipos de situações. A aguda ocorre com a realização de exercícios repentinos e intensos, sem muito preparo do corpo; a crônica ocorre com esforços muito repetitivos e prolongados.

Fazer uma corrida por horas sem pausa ou carregar uma caixa muito pesada em má postura, sem muito condicionamento físico, por exemplo, são ações que podem gerar o problema.

O importante é pensar que não é só na atividade física que uma distensão muscular pode ocorrer, mas também em situações de despreparo físico e esforço além do que o corpo dá conta.

Quais os sintomas?

Os sintomas da distensão muscular são, principalmente, inchaço e mancha roxa na região, e dificuldade de movimentar a parte afetada. Na distensão aguda, ocorre dor contínua; na crônica, a dor é menor e costuma ocorrer apenas quando se repetem os movimentos desencadeadores da distensão.

Quais as Principais Causas da Distensão Muscular?

distensão-muscular-4

Múltiplos eventos podem ser causa de distensão muscular, mas ela sempre está associada à ultrapassagem da capacidade do tecido muscular de esforço e flexibilidade. Confira abaixo alguns dos fatores que estão ligados à causa desse problema:

Falta de Aquecimento e Alongamento

Praticar a atividade física sem preparar o corpo para ela é muito prejudicial. Isso porque sobrecarrega o sistema muscular, que tem que trabalhar rapidamente para atender a demanda de se oxigenar mais, queimar energia e mediar os processos metabólicos das células. O músculo então fica pouco eficiente e pode não suportar a demanda repentina de esforço.

Sedentarismo

Associado a um baixo preparo físico, o sedentarismo leva os músculos a ficarem pouco flexíveis e mal adaptados a tolerar altas demandas de trabalho.

Envelhecimento

Com o avançar da idade, as fibras musculares podem se tornar menos flexíveis por causa da redução do colágeno. Isso pode ocasionar distensões com mais facilidade.

Sobrecarga Muscular

Realizar um esforço muito além do tolerável para o corpo também pode romper as fibras do músculo, que tentam dar conta da demanda de força até que não seja mais possível.

Como o Pilates pode ajudar quem sofre de Distensão Muscular?

distensão-muscular-5

Na fase inicial da distensão muscular, é recomendado o repouso. Mas, após esse período, o método é altamente recomendado para auxiliar na recuperação do problema.

O Pilates ajuda os músculos a ficarem mais flexíveis e com isso, evita que ocorram novas distensões. Ele fortalece a região abdominal ligada a locomoção, o que beneficia a movimentação do corpo.

Além disso, por ser uma atividade de baixo impacto, o Pilates evita lesões e inflamações. A modalidade de exercício trabalha também com articulações e musculaturas que são muito usadas, sustentam muito peso e estão mais sujeitas a problemas, tornando-as mais flexíveis e resistentes.

Além de prevenir as distensões musculares, o Pilates também promove diversos benefícios para a saúde. Veja alguns deles:

Prevenção de Doenças

Por ser uma atividade física, o Pilates ajuda no gasto calórico diário, evitando a obesidade e acúmulo de gordura no corpo. Além disso, estimula uma boa circulação, evitando problemas cardíacos, varizes, hipertensão, diabetes e retenção de líquidos. Ele também auxilia o organismo a eliminar toxinas e a amenizar dores crônicas.

Preparo Físico

O Pilates trabalha exercícios que promovem resistência, flexibilidade, força e equilíbrio, além de mobilizar articulações evitando seu desgaste. Com isso, o corpo fica mais preparado para outras tarefas físicas, se tornando menos suscetível a lesões no futuro.

Bem-estar e Autoestima

Atividades físicas são excelentes para reduzir o estresse, a ansiedade e a depressão. E o Pilates tem o diferencial do trabalho com a respiração, o que ajuda com a concentração e a calma.

O exercício possibilita aumentar a autoestima, pois, além de promover uma melhoria estética, proporciona a chance de a pessoa praticar e alcançar sucesso nas atividades. Isso a faz se sentir forte e capaz, e perceber o quanto se esforça. Além disso, está associado ainda à produção de serotonina, substância ligada ao bem-estar.

Prevenção de futuras lesões

Assim, o instrutor de Pilates deve estar muito bem capacitado, pois a atividade é bastante dinâmica e trabalha várias musculaturas. Executar os exercícios de forma errada pode gerar problemas no corpo da pessoa, inclusive podendo levar a lesões e à distensão muscular.

Muitas pessoas que sofreram com problemas ósseos, musculares ou em recuperação cirúrgica procuram o Pilates por indicação médica. Assim, o instrutor precisa estar bem preparado para oferecer um serviço de qualidade, pois quaisquer falhas podem desencadear um adoecimento ou a piora do quadro do paciente.

Concluindo…

distensão-muscular-6

Como vimos, o rompimento das fibras musculares, conhecido como distensão muscular, está associado à realização de esforços físicos que excedem a capacidade do músculo, pode estar ligado a diversos fatores. Mas, com o Pilates, é possível realizar um trabalho de prevenção e reabilitação.

O método traz um conjunto de exercícios que trabalham o corpo de forma holística, promovendo benefícios para a saúde, bem-estar e autoestima.

E a formação em Pilates pode promover excelentes resultados em sua carreira, e deve ser realizada com muita qualidade e em instituições certificadas. Afinal, a prática correta dos exercícios do Pilates potencializa a saúde e a qualidade de vida!

E então, gostou de saber mais sobre a distensão muscular e os benefícios do Pilates? Compartilhe sua opinião na sessão de comentários!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *