Posted in:

Pilates suspenso para adolescentes

pilates-suspenso

Você já trabalhou com o Pilates suspenso?

Nesse texto além de explicar para você o que é essa modalidade dentro do método Pilates, explicar como aprimorar e focar suas aulas para um grupo de alunos diferentes: os adolescentes.

Além disso, vamos se basear em um estudo cientifico feito com alguns alunos, para demonstrar o aumento da flexibilidade que esse método pode proporcionar a esse grupo de alunos.

O método Suspensus e a diferença para o Pilates clássico

pilates-suspenso-2

Suspensus é uma nova forma de praticar Pilates suspenso. Foi desenvolvido pela fisioterapeuta Vanessa Alves, utilizando os 6 princípios do Pilates de Joseph, juntamente com as técnicas do circo e do ballet – também estudadas pela mentora do método.

A única diferença são os aparelhos, pois a Suspensus utiliza 5 equipamentos diferentes: Columpio, Columpio Wall, Lira, Power Balance e Power Cord – os dois últimos exclusivos do método.

Os equipamentos são presos a uma barra fixada a pelo menos 2,75m de altura até o chão, e regulados por cordas para que possam ser adequados a todas as pessoas, desde crianças até idosos.

A metodologia utilizada para criar as aulas é a mesma que Joseph Pilates criou. A Suspensus utiliza os 6 princípios do método Pilates, que são concentração, respiração, fluidez, centro, controle e precisão associados aos exercícios em suspensão.

Pilates suspenso para trabalhar a flexibilidade dos adolescentes

pilates-suspenso-6

Com as mudanças nos hábitos de vida, é comum hoje, presenciarmos adolescentes permanecerem por horas em uma mesma posição em frente ao computador, televisão, videogame e até mesmo smartphones, sem realizar nenhuma atividade física. Isso pode acarretar em problemas posturais, dores nas articulações e redução da flexibilidade.

A palavra flexibilidade significa “curvar-se”, ela é indispensável para a realização das tarefas de vida diária como, por exemplo, abaixar para pegar algo no chão, amarrar os sapatos, pentear-se, banhar-se, entre outras.

Ela é definida pela capacidade de realizar um movimento através de uma imensa amplitude de movimentos disponível para determinada articulação ou grupo de articulações e depende de vários fatores como por exemplo, herança genética, sexo, idade, volume muscular e adiposo, além dos fatores externos como treinamento e temperatura ambiente.

Essa capacidade de alongar-se vai diminuindo com a idade, principalmente durante a adolescência e é acentuada no sexo masculino, acredita-se que até os 17 anos a flexibilidade possa ser recuperada e, melhorada por programas de treinamento adequados, após essa idade, tanto para meninos quanto para meninas, essa capacidade tende a reduzir progressivamente.

Existem vários programas de treinamento para melhora da flexibilidade, mas o que está em maior destaque nos dias de hoje é o método Pilates, que recebeu esse nome por fazer referência a seu criador, Joseph Pilates (1880-1967).

Com o aumento da procura e dos estudos baseados no método criado pelo alemão, nos últimos 5 anos várias outras metodologias foram sendo desenvolvidas com base em seus ensinamentos, como é o caso do Método Suspensus.

As aulas chamam a atenção do público adolescente por serem lúdicas, divertidas e desafiadoras, a cada dia um novo desafio e uma nova meta a ser cumprida.

O Pilates suspenso trabalha corpo e mente associados, e além de todos os benefícios físicos, como melhora da flexibilidade, da força e resistência muscular, do ganho de amplitude de movimentos ele também trabalha a concentração associada a todos os exercícios, como dizia Joseph, “é estar presente, concentrado e não distraído, é a mente esculpe o corpo”.

Essa concentração exigida durante as aulas auxilia o adolescente também fora do Studio de Pilates, durante os seus estudos por exemplo, conseguindo se manter mais focado e concentrado na atividade que está realizando.

Quais os benefícios do Pilates suspenso?

pilates-suspenso-3

Os maiores benefícios estudados até hoje são:

  • Melhora da flexibilidade, força e resistência muscular
  • Melhora da coordenação motora
  • Melhora do equilíbrio
  • Ganho de consciência corporal
  • Melhora da autoestima e autoconfiança
  • Melhora da concentração
  • Foco na atividade a ser realizada
  • Prevenção de dores
  • Prevenção de escoliose e desarranjos posturais

A maioria dos exercícios tem mais de um objetivo, trabalhando assim o corpo de forma global, sempre lembrando de associar a respiração, contração muscular e concentração.

Com a prática do Pilates suspenso o adolescente aprende a ser mais concentrado e focado na atividade que está realizando, para poder executá-la da melhor maneira possível, sem compensações.

Relato de um estudo científico

pilates-suspenso-4

Um estudo realizado por mim, com colaboração das fisioterapeutas Patrícia Tada e Jaqueline Machado, investigou os resultados do método Supensus na flexibilidade de 6 adolescentes do gênero masculino com idade entre 15 e 17 anos, foram realizadas 8 sessões de Pilates suspenso com duração de 1 hora.

Para avaliação de flexibilidade foi utilizado o teste de sentar e alcançar com o banco de Wells (equipamento que mensura a flexibilidade de posterior de tronco e membros inferiores).

O teste foi realizado sempre antes e depois de todas as 8 sessões. Os resultados foram comparados entre a primeira sessão pré e pós a aula, a última sessão pré e pós aula de Pilates suspenso e entre a primeira e oitava sessão.

Os resultados estão descritos nos gráficos a seguir.

Pilates suspenso (4)
Gráfico 1 – Comparativo do teste do sentar e alcançar entre pré e pós primeira sessão de Pilates suspenso

O primeiro gráfico compara os resultados obtidos pelo teste de sentar e alcançar pré e pós primeira sessão de Pilates suspenso e comprova que de 6 participantes apenas 1 não apresentou melhora da flexibilidade pós atendimento, e que o maior score foi do voluntário número 1 com pós a aula de 34,5cm.

Pilates suspenso (3)
Gráfico 2 – Comparativo do teste do sentar e alcançar entre pré e pós oitava sessão.

O gráfico 2 que compara pré e pós aula de Pilates suspenso na oitava (última) sessão comprova que todos os participantes obtiveram melhores resultados pós aula, que variaram entre 2 cm e 7 cm e que o maior score foi do voluntário número 5 com pós aula de 42 cm.

Pilates suspenso (2)
Gráfico 3 – Comparativo do teste do sentar e alcançar entre pré e pós primeira e oitava sessões.

O gráfico 3 compara os resultados do teste do sentar e alcançar pré e pós primeira e oitava sessão e comprova que para todos os participantes o pós-aula se sobressaiu ao pré em scores, obtendo resultados de até 20 cm entre a pré primeira sessão e pós oitava sessão

Nesse estudo fizemos também uma análise da porcentagem de adolescentes que atingiram mais de 10 cm como resultado final, comparando a primeira e a última sessão de Pilates suspenso.

Pilates suspenso (1)
Gráfico 4 – Porcentagem comparativa de desempenho do teste de sentar e alcançar com o banco de Wells, pré e pós aula, primeira e oitava sessão.

O gráfico 4 demonstra a porcentagem comparativa de desempenho do teste do sentar e alcançar entre a primeira e a oitava sessão e comprova que 67% dos participantes mantiveram os ganhos de flexibilidade com scores maiores que 10 cm.

Portanto a análise dos gráficos nos deixou claro que o presente estudo conseguiu atingir seu objetivo comprovando que o método Supensus é eficaz no ganho de flexibilidade de adolescentes do sexo masculino em faixa etária crítica para encurtamentos musculares.

Concluindo

pilates-suspenso-1

A adolescência é uma ótima fase para a prática do Pilates suspenso, pois além de prevenir desarranjos posturais, melhora a flexibilidade a qualidade de vida, a concentração e o foco.

Mas é importante ressaltar que sempre se deve procurar profissionais capacitados e habilitados para trabalhar com o Pilates suspenso, para que todos os exercícios sejam realizados com propósito e cuidado.

E você trabalha com essa modalidade? Tem alguma dica para dar? Conta para gente nos comentários!

Written by Alana Tamisa Leonel

Alana Tamisa Leonel

Graduada em Fisioterapia em 2011, pós Graduada em terapia manual e postural e em neurologia com ênfase em pediatria.
Proprietária da Equilibra Saúde desde 2013, atuando com Pilates, treinamento funcional, Suspensus e fisioterapia convencional.
Docente do curso de Fisioterapia da Faculdade Guairacá desde 2014.
Atuação com Pilates desde 2012.
Formada em Pilates pela Metacorpus e com vários outros cursos de formação na área, como Balance Pilates, Suspensus, acrobacias livres inseridas nas aulas de Pilates, Pilates solo e acessórios, Neopilates, Core 360º (treinamento funcional), MIT (movimento inteligente) entre outros.
Instrutora de cursos pelo Grupo Voll, ministrando cursos de formação em Suspensus.
Participação em vários Congressos e eventos voltados ao Pilates, como por exemplo Jornada Sul Americana de Pilates e Suspensus Experience.

4 posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *