Posted in:

Método Integrado Mormaii: Por quê trabalhar sistema locomotor nas aulas integradas

Método Integrado Mormaii: Por quê trabalhar sistema locomotor nas aulas integradas
Gostou? Avalie!

Você já parou para pensar como estimula o sistema locomotor em suas aulas? Qual a necessidade desse estimulo?

A exercício físico é muito importante para qualquer coisa e traz diversos benefícios ao corpo, mas quando o assunto é movimentos do corpo, o exercício pode ser muito mais importante do que se imagina. Como os músculos estão diretamente relacionados aos movimentos, a uma necessidade de estar sempre aumentando sua elasticidade e resistência, o que como consequência proporciona um desenvolvimento harmonioso do seu sistema locomotor, além de prevenir problemas relacionados com o sedentarismo.

O nosso sistema locomotor é o principal responsável pela maioria dos nossos movimentos, e principalmente pelo nosso equilíbrio, sendo assim necessário que seja trabalhado no exercício físico. Aqui vamos explicar como o Pilates pode auxiliar nesse estimulo e promover um favorecimento desse sistema.

Esse texto traz para você uma explicação do sistema locomotor, comprovando a necessidade de favorecer ele nos treinos e estimular cada vez mais. Além disso também contém dicas de exercícios e de como aliar o Método Integrado Mormaii a essas atividades.

O que é o Método Mormaii

SISTEMA-LOCOMOTOR-MORMAII-1

O método integrado Mormaii é um curso que desenvolve os profissionais da área (fisioterapeutas e educadores físicos), se baseando em uma metodologia exclusiva. O curso desenvolve esses profissionais, para trabalhar com estabilidade, mobilidade e condicionamento de alunos e pacientes. O método inclui Pilates, treinamento funcional dentre outros, em um só treino, essa formação é aplicada para academias, estúdios de Pilates e clínicas de fisioterapia.

Para o fisioterapeuta, o método Integrado Mormaii oferece um complemento de conhecimento em reabilitações e novos benefícios para serem trabalhados principalmente nas aulas de Pilates. Porém não para por aí, o método ainda proporciona vantagens para ajudar o profissional no planejamento de uma sessão de aula, no auxílio nos pós reabilitação, estabelecer padrões de movimento e também como incluir o treinamento funcional dentro das aulas de Pilates.

Já para o educador físico, o Método é recomendado para todas as áreas, seja personal trainer, professor de musculação ou estúdio de Pilates. Ele oferece um auxílio para o profissional aprender um treinamento de força com segurança, trabalhos corretivos como foco na prevenção de lesões e dores de desequilíbrios, além de exercícios e processos de avaliação, periodização e planejamento das aulas.

Anatomia do Sistema locomotor

SISTEMA-LOCOMOTOR-MORMAII-4

O sistema locomotor exerce uma função dinâmica em toda nossa estrutura articular e é formado pela combinação de dois sistemas, o muscular e o esquelético. Juntos eles garantem grande quantidade de movimentos que realizamos. Dentre esses dois sistemas citados, o muscular é constituído por vários tecidos, o estriado, esquelético, o estriado cardíaco e o não estriado.

O livro “Fascias e Pompages – Estudo e tratamento do esqueleto fibroso” de Marcel Bienfait fala que apesar da evolução bípede, permanecemos quadrupedes em todos nossos gestos. É o que demonstra os dois sistemas cruzados que equilibram um ao outro, o sistema de deambulação e o sistema de preensão.

O sistema de deambulação é composto pela cintura pélvica e os membros inferiores, onde o papel da cintura escapular é equilibrar a cintura pélvica para lançar o membro inferior no movimento de locomoção e o sistema de preensão é composto pela cintura escapular e membros superiores, onde o papel da cintura pélvica é servir de ponto de apoio ao movimento do tronco e da cintura escapular para dirigirem os membros superiores.

Desta forma, os dois sistemas funcionam de forma cruzada, e são uma prova de que nosso sistema locomotor está certo funcionando e somos quadrupedes endireitados.

Se pararmos para pensar os sistemas cruzados são a base para o nosso sistema locomotor: Gestos acompanhados de torções horizontais opostas das duas cinturas. Dentre esses sistemas cruzados, o anterior (composto de músculos como: romboide, serrátil anterior, oblíquo externo e oblíquo interno do lado oposto. Define a aproximação do ombro do quadril oposto) e o sistema cruzado posterior (composto de músculos como: glúteo, lombar e grande dorsal oposto. Define a distância do ombro do quadril oposto).

Nosso corpo é um empilhamento de segmentos uns sobre os outros, no qual cada peça é equilibrada sobre a de baixo, equilíbrio de um segmento será condicionado pelo equilíbrio do segmento inferior. Para que o corpo esteja nas melhores condições de equilíbrio, todo desequilíbrio, seja ele segmentar ou articular, deverá ser compensado no mesmo plano por um desequilíbrio igual, mas no sentido oposto.

Sendo assim, o equilíbrio é gerado pelo desequilíbrio.

Exercícios para o sistema locomotor

SISTEMA-LOCOMOTOR-MORMAII-3

A partir do conhecimento de que existe um sistema cruzado que é responsável pela maioria dos nossos gestos e uma anatomia que favorece o movimento quadrúpede no desenvolvimento do ser humano a posição bípede, precisamos ter foco em favorecer a organização dessas cadeias e sistemas cruzados.

Por isso desenvolver exercícios que favoreçam o sistema locomotor vão além dos exercícios como a: marcha, avanço, caminhadas com kettlebell e deslocamentos. Precisamos trabalhar em nossas aulas a mobilidade desse sistema cruzado através de exercícios de rotação da coluna torácica, e a estabilidade com exercícios de estabilidade rotacional favorecendo movimentos unilaterais, alternados ou recíprocos.

Os exercícios corretivos são importantes para fortalecer as unidades motoras mais profundas e organizar as informações com o sistema neural, mas precisamos também trabalhar com maiores intensidades com esse tipo de proposta para garantir que nosso aluno esteja preparado para colocar velocidade e ter uma resposta rápida e eficiente durante o seu dia a dia.

Finalizando

SISTEMA-LOCOMOTOR-MORMAII-2

Por fim, esses exercícios vão ajudar muito seus alunos em diversas finalidades, o estimulo do músculo irá favorecer e prevenir muitas dores e problemas futuros. A dica final é que vocês, instrutores tentem ao máximo inserir essas atividades em suas aulas, pois como já foi dito, quantas mais vezes você instigar seu aluno, mais rápido o resultado virá e assim a satisfação será de ambos os lados.

E você, descobriu como faz para trabalhar o sistema locomotor em aula? Conta para a gente aqui nos comentários.

Written by Renata e Alessandra Gailey

Renata e Alessandra Gailey

RENATA – Bacharel em Educação Física pela FMU; Formação Studio pela Physio Pilates; Administradora de 11 estúdios de Pilates em São Paulo – Pilates Studio Fit; Sócia proprietária da Academia Self – Treinamento Físico Integrado.
Atleta e praticante de paraquedismo, futebol, capoeira, yoga e corrida de aventura.

ALESSANDRA – Bacharel em Esportes pela Universidade de São Paulo (USP); Formação completa na STOTT Pilates; Sócia Proprietária da Academia Self – Treinamento Físico Integrado.
Técnica de futsal, atleta e praticante de corrida de aventura.

8 posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *