Posted in:

TYE4®: um acessório inteligente

TYE4-acessorios-para-pilates

O TYE4® foi criado em 2002, em Nova York, pelo Physicalmind Institute, inicialmente para dar suporte à execução de movimentos do Pilates praticados em ortostatismo – Standing Pilates. Sua eficiência nessa tarefa se deu pelo suporte sistêmico que oferece ao corpo, além da provisão de informações proprioceptivas constantes em posições de grande instabilidade.

Sua excelência no cumprimento desta função justificou a criação de protocolos de movimentos próprios para o acessório, bem como a sua disseminação e aplicação em outras áreas, tais como dança, esporte e diversos trabalhos corporais, e também como recurso fisioterapêutico na neurologia, ortopedia, gerontologia.

O TYE4® é um acessório que, acoplado ao tronco, oferece resistências elásticas que se estendem até os membros superiores e inferiores, onde são inseridos nos pés e nas mãos. Pode ser utilizado de diversas formas, de acordo com a inserção dos elásticos, que potencializam a sua funcionalidade e criam diferentes estímulos a cada tempo, treinando o cérebro para o desenvolvimento de novos padrões de reordenação neuromuscular.

Os diferentes meios de utilização do TYE4® criam conexões sensório-motoras em todo o sistema neuromusculoesquelético, integrando seu funcionamento e promovendo efeitos sistêmicos, tais como a reorganização corporal, realinhamento esquelético e reequilíbrio neuromuscular.

 

 

O acessório pode ser utilizado em todo o repertório de movimentos do método Pilates e em qualquer um dos seus equipamentos, estimulando melhora de fluxo, intensidade e volume dos movimentos e de suas possíveis combinações.

Tem sido utilizado como recurso fisioterapêutico em pacientes neurológicos, para orientação da marcha e do equilíbrio, na recuperação de patologias ortopédicas motoras, recuperação do equilíbrio em pacientes idosos e no controle e manuseio da osteoporose, devido ao recrutamento muscular equilibrado e simultâneo que conduz todo o sistema neuromusculoesquelético ao desenvolvimento de um equilíbrio muscular mais eficiente e mais integrado.

Ao promover o realinhamento das estruturas articulares, mantendo a constância da informação das suas relações entre si, oferece ao corpo todo níveis sucessivos de tensões e relaxamentos, que estimulam os sistemas musculares, responsáveis pela estabilização das estruturas centrais e pela especialização funcional as cinturas pélvica e escapular, gerando uma importante reorientação espacial para ganho de autonomia e melhora do desempenho motor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *