Junte-se a mais de 200.000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade!

Qual o seu melhor email?

A osteoartrose (OA) ou osteoartrite é a afecção mais comum da articulação do quadril, e sua incidência aumenta com a idade. A patologia é caracterizada pelo desgaste da cartilagem articular, seguida de esclerose do ósso subcondral, tornando o quadril mais instável e aumentando a compressão articular. Por isso é comum a utilização do Pilates na osteoartrose de quadril, pois ele trabalha a reabilitação.

Pacientes acometidos com a OA tem sintomas de dor articular e sinais de limitação de movimento, claudicação e perda da função, podendo evoluir para o procedimento cirúrgico de artroplastia (parcial ou total) de quadril.

O Pilates na osteoartrose de quadril é um ótimo recurso para o tratamento de alunos. Dentre os benefícios do método destacam-se a melhora da força, da flexibilidade e da propriocepção, aumentando assim a estabilidade da articulação femoro-acetabular.

Durante o tratamento, além do fortalecimento do Power House, deve ser dado ênfase nos músculos abdutores e rotadores laterais aumentam a estabilidade articular, diminuindo os sinais e sintomas do paciente.

São indicados os exercícios como Side Kicks no mat, Side splits e Leg series no Reformer, além do uso de acessórios como mini band e magic circle ao redor dos tornozelos para recrutar os músculos abdutores do quadril, pois melhoram a funcionalidade e qualidade de vida dos pacientes com disfunção do quadril.








CURSO DE PILATES PARA COLUNA


 Garanta agora  3 Cursos Completos + Bônus

Pilates para a reabilitação das principais patologias da Coluna

Contudo, o sucesso do tratamento utilizando o Pilates na osteoartrose de quadril depende da capacitação do instrutor, da boa avaliação, da manutenção dos seis princípios do Pilates, da colaboração e dedicação do paciente.

Texto escrito em parceria com Vinícius Gomez Machado.