Junte-se a mais de 200.000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade!

Qual o seu melhor email?

Lesões musculares são um problema comum e quase cotidiano na vida dos atletas e esportistas, e o Pilates é uma ferramenta extremamente eficaz para reabilitação e prevenção deste problema.

As lesões musculares, em geral, se produzem normalmente pelo acelerar ou desacelerar, já que são os momentos onde as estruturas sarcoméricas são submetidas a mais tensão.

Para evitar essas lesões, é preciso se atentar à vários fatores: flexibilidade muscular, resistência, controle de movimento e força excêntrica.‏

Durante o warm-up, ou preparação para o movimento, deve-se colocar ênfase na elasticidade e no controle do movimento – seja por controle verbal, demonstração ou auxílio do movimento do aluno.

Nas sessões complementares, além dessas duas variáveis, deve-se trabalhar a força excêntrica e flexibilidade plástica. Este último aumenta o comprimento do músculo (flexibilidade), ao contrário de elasticidade/resistência, que melhora o alongamento muscular.








CURSO DE PILATES PARA COLUNA


 Garanta agora  3 Cursos Completos + Bônus

Pilates para a reabilitação das principais patologias da Coluna

A força excêntrica também é essencial não só na prevenção, mas também na reabilitação de lesões. Durante esse tipo de ativação, se produzem duas forças na mesma direção, mas com sentido oposto – o que vai gerar alta tensão no tecido conjuntivo cicatricial, rearranjando suas fibras.

O Pilates para lesões musculares é essencial quando se trata de reabilitação.

Recomendamos ativações excêntricas com alta carga e baixa velocidade para reabilitação, e alta velocidade e baixa carga para prevenção.