Posted in:

Dor no Joelho – Como tratar a partir do Método Pilates?

Dor no Joelho – Como tratar a partir do Método Pilates?
Gostou? Avalie!

O Método Pilates é um sistema de treinamento que proporciona um trabalho integral de todos e cada um dos músculos do nosso corpo, por isso pode ser muito bem aplicado à dor no joelho.

O que muitos não sabem sobre o Pilates, é que ele é focado em fortalecer os músculos profundos, que são os menores e os responsáveis pela sustentação dos maiores.

Nosso corpo se move graças a contração dos músculos, que por sua vez se encontram sujeitos aos ossos por meio dos tendões que são inseridos nas partes mais distais, onde se originam as articulações.

Articulação dos JoelhosDor-no-Joelho---Articulação

Sobre as articulações, elas são responsáveis pela mobilidade do corpo junto com os músculos, e as temos de diversas formas: móveis, semimóveis e imóveis. Umas são maiores e outras menores, fortes e outras mais fracas.

Uma das maiores articulações de nosso corpo são as dos joelhos. No entanto, é uma das mais complexas e fracas. Isso porque, os joelhos suportam o grande peso do nosso corpo e, por ter músculos fracos que as rodeiam, são mais propensas a lesões.

É chamada de articulação do joelho, a articulação central dos membros posteriores ou inferiores vertebrados. O joelho é formado pela união de dois ossos importantes, o fêmur em sua porção distal, e a tíbia em sua porção proximal.

O joelho também tem um pequeno osso chamado patela, que se articula com a porção anterior e inferior do fêmur. Pode realizar principalmente movimentos de flexão e extensão.

Vale destacar que essa articulação está rodeada por uma cápsula articular e vários ligamentos que dão estabilidade. Em suas proximidades são inseridos músculos potentes que fazem o movimento do membro.

Se alguma vez você já lesionou o joelho, sabe que precisa ter joelhos saudáveis para praticar qualquer atividade física ou esporte e, lesioná-lo pode te deixar fora do jogo por algum tempo. Felizmente, existem muitas formas de prevenir essas lesões, e cessar a dor no joelho.

O joelho é formado por várias partes como ossos, cartilagem, músculos, ligamento e tendões, todos funcionando como se fossem um. Ou seja, quando falamos de uma lesão no joelho, pode ter danificado ou lesionado qualquer uma dessas partes.

Você sabia que a dor no joelho é um sintoma comum em todas as idades?

Os primeiros desconfortos não significam que você precisa ficar preocupado no mais alto nível, mas representam uma atenção para você tomar medidas eficazes para essa dor. Ignorar o problema não fará que ele desapareça.

Quais as principais causas da Dor no Joelho?Dor-no-Joelho---Concluindo

Uma vez diagnosticado e descartado pelo médico que a dor no joelho não provêm de rasgos musculares, rupturas de ligamento ou algum mal maior que requer intervenção cirúrgica, é que então podemos tomar medidas sobre o assunto, para tratar a lesão com propriedade e saber quais movimentos aplicar para ajudar a combatê-la.

Em grande parte, as principais causas ocorrem por descuido próprio:

  • Sobrepeso
  • Sobrecarga Física por Exercício de Alto Impacto
  • Calçado Inadequado
  • Desequilíbrio Postural
  • Lesões antigas que não foram devidamente tratadas
  • Sedentarismo
  • Maus Hábitos
  • Uso Excessivo do Calcanhar ou Saltos Altos

O contraste sedentarismo/esporte intenso é um dos piores inimigos para os joelhos, um mal que não se distingue por sexo, ou idade.

Método Pilates para Dor no JoelhoDor-no-Joelho---Pilates

O Método Pilates é um grande aliado nas articulações por sua variedade de exercícios de baixo impacto que não tencionam os ligamentos, por isso é um grande aliado na durante a dor no joelho.

Se você é um fã de corrida, natação e caminhadas suaves são boas alternativas para se manter ativo durante a recuperação.

O Pilates, ao potencializar a musculatura das extremidades inferiores, previne lesões e favorece um padrão de movimento mais eficiente. O método exercita o core, os glúteos e a coluna lombar, fundamental para o controle do equilíbrio.

Os exercícios fortalecem a musculatura que cercam o joelho como os quadríceps, adutores e isquiotibiais que protegem a articulação.

Quando você sente dor no joelho, tende a modificar a postura e a forma de caminhar como medida compensatória. Esta mudança produz desequilíbrios em outras partes do corpo que podem derivar dores no quadril, coluna e cervical.

Com a introdução dos exercícios adequados de Pilates, você conseguirá o alinhamento das pernas e evitará a desestabilização em uma parte diferente do corpo.

Concluindo…Dor-no-Joelho---Con

No Studio de Pilates você trabalhará com diferentes aparelhos como o Reformer e o Cadillac, porém também existem acessórios como as faixas elásticas de resistência que são um complemento ideal no trabalho de pés e pernas.

Os exercícios de foot work são uma boa medida para prevenir e superar lesões, já que proporcionam o fortalecimento dos quadríceps e dos isquiotibiais, músculos que estão inseridos na articulação e sustentam a mesma, junto com os ligamentos.

Com o Pilates você conseguirá controle corporal do movimento, corrigirá maus hábitos posturais e economizará energia para que a dor no joelho vire história.

Written by Carlos Zorrilla

Carlos Zorrilla

Licenciado em Educação Física e tem uma trajetória de mais de 13 anos no âmbito do Pilates. Em 2005 fundou o Pilates Training Center C.A., um centro dedicado à prática exclusiva de Pilates em suas diversas modalidades, na cidade de Puerto Ordaz na Venezuela. Se formou com professores prestigiosos tais como Michael King, Veronica Ponieman, Laura Pelinski, Rebeckah Rotstein, Federico Randazo, Madeline Black, Paula Pantano, Humberto Gracias, entre outros. Em 2015 foi professor/tutor de MK Pilates, formando e certificando mais de 100 instrutores no nome dessa escola em seu país natal, Venezuela.
Carlos foi o criador da técnica Mat Sequence e Reformerme on the ball. Técnicas inovadoras que conquistaram clientes e instrutores de Pilates. Ele também conta com seis publicações, destacando as seguintes: Matwork Pilates; Mat Sequence Módulo I e II; Pilates on a Roll; entre outros. Atualmente reside no Equador e inicia seus workshops nos próximos meses.

9 posts

1 Comentário

Deixe um Comentário
  1. Carlos, he leído con mucha atención e interés este artículo porque revela mi caso. Quiero y necesito estar bien. Soy una mujer muy activa y siento que 63 años no son muchos para estar en plenitud física. Gracias por tu orientación y no dudo que día a día lograré resultados positivos que significan bienestar. Amo hacer pilates y me sentí muy a gusto en la primera clase. Pondré todo de mí para captar y ejercitarme correctamente. Saludos y felicitaciones por tu don de gentes primero y por tu importante curriculum.
    Mercedes Erazo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *