Posted in:

Como tratei minha Escoliose com o Método Pilates

KATHY-COREY-ESCOLIOSE

Durante minha infância e juventude, nos anos 50, minha mãe, assim como todas as outras, sempre me falava para eu manter postura. Ela não me falava como manter a postura mas dizia “você está com os seus ombros tortos e sua costela está pendendo para um lado”.

Não foi até a casa dos meus 20 anos, grávida do meu primeiro filho, que eu fui diagnosticada com escoliose. Naquela época, exames médicos e triagem não eram procedimentos muito comuns.

Como minha filha, Amy se prepara para a aula, e sente a dor em um dos lados de sua coluna que a tem incomodado por vários meses. Ela levanta sua bolsa sobre seu ombro e percebe que um ombro está mais alto do que o outro e que sua omoplata se destaca mais do que a outra.

Mesmo assim, Amy sente que tem uma boa postura e a mantém. Amy, assim como 5 a cada 1000 crianças americanas, tem escoliose. E Amy herdou de mim não só meus olhos castanhos, mas também minha escoliose.

O que é Escoliose?Escoliose-2

Escoliose em termos gerais, se refere a qualquer curva lateral na coluna vertebral. Geralmente se desenvolve dos 9 aos 14 anos, e pode criar desalinhamentos na pelve, nas vértebras e na caixa torácica.

Esses desalinhamentos não são autocontidos em grupos musculares específicos, mas influenciam todos os movimentos desde se levantar até se deitar.

A forma como Amy anda, como ela mantém seu corpo, e até a forma como ela respira é afetada.

Como a forma mais comum de deformidade da coluna vertebral, a escoliose perturba o padrão normal de crescimento de uma criança saudável.

Aproximadamente 70% dos casos são meninas, e enquanto taxas mais altas são evidentes em jovens atletas, as maiores taxas se encontram entre dançarinas, ginastas e nadadoras.

Escoliose é um problema de assimetria. De forma simplificada, no corpo todo falta uma simetria proporcional. Para Amy, o alinhamento reto parece torto, e a coluna curvada parece reta.

Um componente do tratamento da escoliose inclui exercícios que fortaleçam os músculos fracos do core, e alonguem as estruturas apertadas do tronco. Enquanto ainda não foi provado que os exercícios sozinhos previnem ou corrigem a progressão da escoliose, os exercícios (especialmente no core) mostraram ser benéficos.

Pilates, com atenção ao alinhamento e rotação dos padrões de movimento, fornecem estabilidade ao core para ativamente diminuir a rotação muscular e fortalecer os músculos do tronco.

Tipos de Escoliose: Estrutural e FuncionalEscoliose-3

A escoliose pode ser estrutural ou funcional. A escoliose estrutural é a curvatura lateral da coluna com rotação fixa da vertebra e para 85% dos casos, não existe uma causa conhecida.

Escoliose não estrutural ou funcional é devido a uma carga muscular desequilibrada na coluna vertebral. É uma curvatura reversível que aparece em uma coluna vertebral estruturalmente normal.

Na maioria dos casos de escoliose estrutural, existe uma predominância de curvas em C ou S e em muitos casos, várias curvas secundárias ou compensatórias. A curva mais comum ocorre na parte superior da coluna vertebral, na coluna torácica.

As curvas compensatórias desenvolvem-se frequentemente na direção oposta acima ou abaixo da curva principal.

O corpo compensa esses desalinhamentos estruturais criando um lado côncavo do tronco e um lado convexo do tronco. A coluna vertebral não é apenas curvada, mas também rodada. Com a rotação lateral da coluna, a caixa torácica também é inclinada.

A Escoliose é dividida em:

  • Suave (abaixo de 20 graus)
  • Moderada (entre 20 e 40 graus)
  • Grave (acima de 40 graus)

A cirurgia pode ser recomendada para casos graves mas felizmente, apenas uma pequena porcentagem dos casos estão nessa categoria.

Escolioses funcionais ou não estruturais podem ser causadas por discrepância dos membros inferiores, postura ruim, e hábitos ruins. A curvatura desse tipo de escoliose geralmente desaparece ao deitar ou curvando para frente ou para trás.

Benefícios das Aulas de PilatesEscoliose-4

Movimentos repetitivos assimétricos e padrões habituais desequilibrados, tais como constantemente permanecer com um quadril arqueado para o lado.

Ou sempre carregar objetos pesados em um lado dominante, reforça a escoliose funcional e produz músculos do core desequilibrados.

Estudos de pacientes com escoliose tem mostrado que os músculos das costas não são necessariamente fracos. Fraqueza dos músculos geralmente ocorrem nos músculos do abdômen, pelve, quadril e perna.

Por causa dessas fraquezas, os corpos substituem outros grupos musculares que, por sua vez, produzem uma curvatura e rotação ainda maior.

Com a ênfase no alinhamento do core e estabilização e padrões de movimento assimétricos, um programa de Pilates projetado para a Escoliose equilibrará os músculos de Amy, melhorará sua consciência corporal e aumentará sua aptidão e função do core.

Written by Kathy Corey

Kathy Corey

Kathy Corey é uma Master Teacher que começou sua carreira no Pilates em 1979. Ela tem sido uma líder especialista no universo do Pilates por mais de 35 anos e é a Diretora do Kathy Corey Pilates. Seu programa de Certificação é ensinado ao redor dos Estados Unidos e seu programa de Capacitação Continuada estão em mais de 20 países.

5 posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *