Posted in:

Outubro Rosa – Tudo o que você precisa saber sobre a campanha!

Outubro Rosa – Tudo o que você precisa saber sobre a campanha!
3.6 (72.86%) 14 votes

Todo ano no mês de Outubro você já deve ter reparado que a maioria das marcas mudam o seu logo para rosa, e acrescentam um lacinho da mesma cor ao lado. Cada vez mais vem aumentando a adesão ao movimento mundial “Outubro Rosa”, cujo objetivo é chamar atenção para a realidade do câncer de mama e a importância do diagnóstico e tratamento precoce.

No mês 10 de todo ano monumentos e locais históricos são iluminados nos mais diversos tons de rosa, para que seja exposto ao mundo, a importância da luta contra o câncer de mama – responsável pelo maior número de mortes de mulheres em todo o mundo.

O certo seria que o ano todo fosse focado nessa causa, mas o fato de ter apenas um mês dando visibilidade ao assunto já o torna especial e necessário para a conscientização da população.

O que é o Outubro Rosa?Outubro-Rosa---todos-juntos

O outubro rosa é uma campanha de conscientização universal que tem como objetivo alertar principalmente as mulheres sobre a importância da prevenção do câncer de mama, através do diagnóstico precoce.

Neste mês, mulheres entre a faixa etária de 40 a 70 anos de idade são aconselhadas e estimuladas a fazer a mamografia – exame que pode detectar a presença de um nódulo cancerígeno. É uma prática muito simples e que pode salvar milhares de vidas.

Ele é um movimento internacional, que começou na década de 1990 no Estados Unidos para estimular a participação de todos no controle do câncer de mama. As campanhas geralmente são divididas em alguns eixos que podemos citar aqui:

  • Divulgar informações sobre o câncer de mama
  • Promover o conhecimento e estimular a atenção das mulheres
  • Investigação das alterações suspeitas no corpo da mulher
  • Recomendações nacionais sobre os benefícios e riscos da mamografia de rotina, para que a mulher possa decidir com mais segurança sobre a realização do exame

Atualmente e anualmente são realizadas várias atividades com o objetivo de promover a conscientização sobre a doença, compartilhar informações sobre o câncer de mama, e proporcionar maior acesso aos serviços de diagnóstico e de tratamento para assim contribuir para a redução dos riscos da doença, consequentemente diminuindo a mortalidade.

Essa campanha é muito importante pois as chances de cura da doença aumentam muito, uma vez que o câncer de mama é detectado precocemente, por isso o movimento é necessário para tirar dúvidas e informar sobre todos os exames de prevenção para a mulher.

Como surgiu o movimento?Outubro-Rosa---mundo

O movimento conhecido como outubro rosa que é comemorado em todo o mundo, nasceu no final do século 20 nos Estados Unidos quando a Fundação Susan G. Komen for the Cure (a maior entidade na luta contra o câncer de mama) realizou uma corrida de rua em Nova York com o objetivo de conscientizar a população sobre o câncer de mama.

Nesse evento foi lançado o laço cor-de-rosa e distribuído a todos os participantes da corrida, se tornando assim o símbolo oficial contra o câncer de mama. O nome outubro rosa se remete à cor do laço que simboliza, mundialmente, a luta contra o câncer de mama, principalmente entre as mulheres.

Como muitos Estados nos Estados Unidos tinham ações isolados referente à prevenção contra o câncer de mama e a importância da mamografia, com a aprovação do Congresso Americano, o mês de Outubro se tornou o mês nacional americano, de prevenção do câncer de mama, futuramente se tornando um mês universal.

No começo, em meados de 1997 a conscientização era as cidades se enfeitarem com os laços rosas, principalmente em locais públicos, ações como corridas para tornar tradicional a corrida realizada pela Fundação Susan G. Komen for the Cure (que até hoje é realizada atualmente na cidade de Nova York), e muitas outras com o intuito de concentrar o maior número de pessoas.

Com o movimento se tornando mais conhecido, ações como iluminação de monumentos, pontes, prédios públicos foram surgindo com a intenção de que o outubro rosa se expandisse cada vez mais e pudesse ser replicada em qualquer lugar do mundo, apenas adequando uma iluminação já existente.

A iluminação rosa é compreendida em qualquer lugar do mundo pois a popularidade do outubro rosa dominou o globo de forma bonita e nobre, motivando e unindo toda a população em prol de uma causa tão importante. A partir de uma corrida, o movimento se tornou universal, levando sua importância para os 4 cantos do mundo.

Outubro Rosa no BrasilOutubro-Rosa---Brasil

A primeira iniciativa brasileira em relação ao outubro rosa aconteceu em 2002 e foi a iluminação do monumento Obelisco do Ibirapuera, em São Paulo. O evento aconteceu em uma data importante pois no dia 2 de outubro se comemorava os 70 anos de Encerramento da Revolução, o que tornou o rosa ainda mais especial.

O crédito dessa ação é de um grupo de mulheres simpatizantes com o outubro rosa e a luta contra o câncer de mama, que com o apoio de uma empresa europeia de cosméticos iluminaram o monumento em alusão ao movimento.

Após esse feito, apenas 6 anos depois o movimento começou a tomar forma no país. Em 2008, diversas entidades iluminaram monumentos e prédios em determinadas cidades do Brasil, e ao pouco o país foi ficando rosa em São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Brasília, Salvador, Teresina, entre muitas outras cidades.

Esse foi uma parte importante da luta contra o câncer de mama pois o símbolo mais importante do Brasil, o Cristo Redentor foi totalmente iluminado de rosa, em apoio ao movimento.

Dai em diante, se multiplicaram as ações sobre o outubro rosa em todas as partes do Brasil, levando informação e conhecimento para todas as mulheres e conscientização da doença de norte a sul, expandindo os propósitos da campanha.

“Passar por um câncer de mama não é fácil”Eliana-Saldanha---Outubro-Rosa

Passar por um câncer de mama não é fácil”. É o que conta a fisioterapeuta Eliana Saldanha, de 45 anos, diagnosticada há mais de dois anos. Hoje, após vencer o câncer ela busca ajudar mulheres que estão passando pela mesma situação que ela passou.

Seja qualquer for o tipo de câncer ser diagnosticada traz um peso muito grande para sua vida, nas palavras de Eliana, “é um atestado de óbito”.

E apesar de hoje, a mulher diagnosticada conseguir levar sua vida normalmente, o câncer de mama é o segundo mais frequente no mundo, correspondendo a 22% dos casos novos a cada ano.

Mesmo assim, passar por essa situação e ser diagnosticada é difícil e tem muito impacto na vida de uma mulher. Eliana sentiu que foi uma experiência fortalecedora na sua trajetória, e é isso que busca fazer com que as outras mulheres sintam também. “Eu acredito que o que não te mata, te fortalece”.

Foi após terminar seu tratamento em 2014, que Eliane buscou Mariana Leoni, fundadora do Câncer com Alegria para doar sua peruca. Depois de conhecer os projetos, começou a se envolver de forma natura e sentiu uma necessidade de ajudar pessoas na mesma situação.

“Me envolvi assim bastante porque é uma coisa que acontece, você começa a olhar para o lado e ver que você passou por uma fase e tudo que você pode fazer pelos outros”.

Na opinião de Eliana, o outubro rosa é muito importante para a visibilidade de um assunto tão sério, além de ser uma época em que as pessoas se unem e se mobilizar pela causa. “É muito importante para lembrar principalmente sobre a prevenção, que é tudo em no tratamento de um câncer”.

Dicas de Prevenção – Fique atenta!Outubro-Rosa---prevenção

Muitos acham que a única forma de prevenção da doença é através do autoexame e da mamografia, e apesar de serem as formas mais importantes de diagnóstico, e que as mulheres sempre devem ficar atentas, existem alguns outros fatores que é importante prestarmos atenção a partir do momento que a idade avança. São eles:

Evite o ganho de peso

É muito importante a diminuição da gordura corporal principalmente após a menopausa, pois a obesidade aumenta o risco do câncer de mama.

Tenha uma alimentação saudável

Esse tópico parece clichê pois é tudo que escutamos nossa vida inteira, mas no caso do câncer de mama ele é mais importante pois uma dieta rica em vitamina A pode ajudar a prevenir a doença.

Dê preferência às frutas e vegetais e evite bebidas com açúcar, carboidratos refinados e alimentos gordurosos. Proteínas magras e cereais integrais também são muito importantes.

Pratique atividade física

Existem diversas pesquisas de que a atividade física é um bem essencial para nossa vida, em qualquer situação. Alguns desses estudos ainda sugerem que o exercício físico reduz o risco do câncer de mama de 30% para 10%, mesmo aqueles como uma caminhada de 30 minutos 5 vezes por semana.

Estima-se que por meio de todos esses itens como uma alimentação saudável e balanceada, e a prática de exercícios físicos é possível reduzir em quase 30% o risco da mulher desenvolver o câncer de mama.

Evite reposição hormonal

Esse é um dos maiores riscos de contrair a doença atualmente, pois a terapia de reposição hormonal aumenta o risco do câncer de mama. Se for necessário os hormônios, evite os que contém progesterona e não utilize por mais de 3 anos. Cremes hormonais e géis são tão perigosos quanto.

Amamentação

A amamentação é considerada um fator protetor e mulheres que amamentam seus filhos por pelo menos um ano tem risco reduzido de desenvolver um câncer de mama mais tarde na vida.

linha-outubro-rosa

Além de todas essas formas de prevenção existe um público feminino que deve ficar mais atento ainda ao desenvolvimento da doença. São elas:

  • Mulheres que tem uma história familiar de câncer de mama: mães, irmãs ou filhas
  • Mulheres com história familiar de câncer de mama masculino
  • Mulheres que nunca amamentaram
  • Mulheres que nunca tiveram filhos ou tiveram depois dos 30 anos de idade
  • Mulheres que tiveram a primeira menstruação antes dos 10 anos de idade

Mesmo após essas dicas, a orientação geral é que toda mulher após os 20 anos deva fazer o autoexame. Exames clínicos também devem ser realizados e repetidos de 3 em 3 anos, até atingir a idade dos 40, na qual o exame deve ser realizado anualmente. No caso da mamografia, aconselham que seja feita aos 35 e depois repetida aos 40, e a partir dai a cada 2 anos até os 50, onde deve ser realizada anualmente também.

Todas essas informações são importantes de ser veiculadas pois com todo o conhecimento oncológico atual, quando é feita a detecção precoce do câncer de mama, este pode ter um tratamento cirúrgico, simples, sem a necessidade de radioterapia ou quimioterapia, aumentando assim, as chances de cura.

E a dica da Eliana para se prevenir é fazer exames periodicamente, e o principalmente: conhecer o seu corpo, se tocar, fazer o autoexame.

“As vezes tem coisas que não aparecem nos exames, apesar da mamografia ser muito importante. Eu acho até que ela pela lei, começa muito tarde. Hoje em dia, tem cada vez mais casos de câncer em pacientes muito jovens, então assim, a dica seria se tocar, conhecer seu corpo, fazer autoexame”.

Como seguir a vida depois do diagnóstico…Outubro-Rosa-1

A fisioterapeuta, Eliana Saldanha, além de dividir sua trajetória deixou dicas para você passar para alguém que acabou de ser diagnosticado. Vale a pena ler.

Alguém que descobre um câncer, tem que saber que a escolha de olhar para vida ou para a morte, é sua, e de mais ninguém. Ela vai poder passar por isso de uma forma triste ou mais leve, e que acima de tudo é uma fase e vai passar. Passando essa fase mais difícil, ficam coisas boas. Nessa fase a gente não acredita muito que vai ter alguma coisa boa, mas acredite: as coisas ficam boas sim!

No meu caso, particularmente, eu aprendi a me respeitar mais, a trabalhar menos, visando mais qualidade do que quantidade, aprendi a me conectar mais comigo mesma, com Deus.

A gente se conecta, e com isso aprendi a valorizar mais as pequenas coisas da vida, a olhar mais para o próximo. Aprendi a ver que a gente pode ajudar muitas pessoas de diversas formas e que assim, essa ajuda ou a satisfação em ajudar o próximo, sempre irá reverter para você também, irá te deixar mais feliz. O ato de ajudar te traz essa satisfação, uma gratidão muito grande pela vida.

 Pratique Atividade FísicaOutubro Rosa (12)

Uma pesquisa realizada pela Universidade da Carolina do Norte, nos Estados Unidos, comprovou que mulheres que praticam alguma atividade física regularmente tem menos chances de desenvolver o câncer de mama.

A pesquisa analisou um grupo de voluntárias em idade reprodutiva ou que havia acabado de passar pela menopausa. O objetivo era avaliar a relação entre a prática de exercícios e o diagnóstico do câncer.

Foram analisadas mulheres entre 20 e 98 anos, dentre quais 1.504 com câncer de mama e outras 1.555 saudáveis. E foi comprovado que: Dentre as mulheres que praticavam alguma atividade física, entre 10 e 19 horas por semana, foram registradas 30% menos possibilidades de apresentar a doença.

Outo dado importante comprovado pela pesquisa, é que todos os benefícios gerados pela atividade física contra o câncer, podem desaparecer se houver ganho de peso significativo, principalmente após a menopausa. Ou seja, a obesidade elimina os benefícios da atividade física na prevenção do tumor.

E se for uma mulher já diagnosticada com câncer de mama, também há vantagens e benefícios de se movimentar regularmente. Porém, antes de começar os treinamentos é preciso tomar os cuidados certos que não prejudiquem sua recuperação, é necessário saber quais suas restrições.

Porém uma coisa é certa: Uma mulher diagnosticada pode fazer caminhadas para ajudar no tratamento, o exercício minimiza os efeitos colaterais do tratamento, além de melhorar o bem-estar e ajudar a pensar em outras coisas e se distrair do problema.

E os benefícios do Pilates?

Há diversos estudos atualmente que já comprovam que o Pilates e seus princípios ajudam na melhora de resistência muscular de pacientes de câncer. É comprovado que o Pilates é uma ótima opção na reabilitação de pacientes com disfunções nos membros superiores, como é o caso do câncer de mama.

Além disso do aumento de resistência muscular, o Pilates pode ajudar a melhorar a dor, a amplitude do movimento, aumentar a força muscular e ser uma ótima opção para pacientes que estão lutando contra um câncer de mama.

Câncer com Alegria – Saiba mais sobre a Instituição!Outubro-Rosa---câncer-com-alegria

A Câncer com Alegria existe há 3 anos, e é um apoio aos pacientes oncológicos. O objetivo da instituição é levar informação sobre prevenção e auxilio para os pacientes passarem por essa fase de uma forma mais leve, com aceitação, e de preferência com a auto estima alta.

A instituição promove o apoio de todas as formas, desde visita nas casas dos que estão mais deprimidos e mais debilitados. Envolve captação de recursos, assim com água de coco, suco, porque aqui tem os pacientes que fazem quimioterapia pelo Sistema Único de Saúde, e eles não tem assim ali nada para se alimentar, e é um tratamento de horas as vezes.

A instituição também criou um banco de lenços e de perucas em locais específicos de tratamento, como a Unimed, UNACON.

Nesses espaços funcionam oficinas de costura, de artesanato, tem fisioterapia e grupo de ioga para pacientes, para ajudar no tratamento, pois melhora a imunidade, a auto estima. Tem as técnicas de amarração de lenço, de maquiagem, de cílios para incentivar a vaidade da mulher.

Todas essas ações irão ajudar tanto no tratamento, como para a reinserção no trabalho e sociedade. E isso acontece, pois, a partir do momento em que criamos grupos, eles acabam se relacionando, fazendo atividades diferentes e benéfica para eles. Isso porque a maioria desses pacientes, acabam parando de trabalhar por um período muito grande por causa do tratamento.

Sendo assim toda ação e interação é muito benvinda, pois ter uma renda, com alguma técnica de artesanato, de costura, ajuda a passar o tempo também. O que é muito importante porque a cabeça com poluição mental, é pior para o tratamento.

“E a gente como objetivo a nossa própria experiência, sobre a opção que a nós fizemos em passar por isso com alegria. E eu digo isso, porque todas nós que estamos trabalhando lá, nós somos pacientes também, e é comum isso, a gente fez uma opção de passar por uma forma mais leve, com alegria e é isso que a gente passar para as outras pacientes também. ”

Quanto ao nome, a Eliana Saldanha explica: “Sobre o nome assim, Câncer com Alegria, tem muita gente que não entende. Porque muita gente não consegue nem pronunciar a palavra câncer, então como assim alegria né? Mas é que se trata da alegria aquela de viver né, alegria de ter a chance de lutar pela vida, de querer passar com leveza, de cabeça erguida pelo tratamento”.

No outubro Rosa, o Câncer com Alegria realizou um café beneficente para 180 pessoas, onde a renda foi revertida para projetos de apoio aos pacientes oncológicos e aos projetos da instituição. Foram organizadas também palestras gratuitas à comunidade, com o objetivo de levar informação para prevenção e também para passar de forma mais leve por essa fase tão difícil.

PARCERIA PILATEES 

Pensando em mobilizar e ajudar todas essas mulheres a combater o Câncer de Mama, a Pilatees, a mais nova parceira da VOLL Pilates, fez uma campanha muito especial que vale a pena ajudar!

Se liga: 10% de todas as vendas de outubro em nossa loja online serão doadas para o Instituto Câncer com Alegria. Escolha produtos bem lindos e ajude essa linda causa!

Acesse: http://www.pilateeswear.com

Entre você também nesta causa!

Outubro Rosa (5)

Por fim, espero que você leitor também se mobilize com a campanha e ajude as milhares de mulheres que sofrem atualmente com esse problema que afeta grande parte da população mundial. O outubro rosa é um mês destinado a visibilidade dessa campanha, mas é importante lembrar que durante todo o ano devemos ajudar sempre que puder a instituições como essa!

Gostou da matéria? Tem alguma dica ou depoimento? Conte para nós nos comentários!

 

2 Comentários

Deixe um Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *