Junte-se a mais de 200.000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade!

Qual o seu melhor email?

A hipercifose torácica é o aumento da curvatura na região das vértebras torácicas, pode ser patológica ou postural, neste texto iremos abordar a questão postural, influi diretamente no agravo da doença.

Costuma ser mais frequente em mulheres, mas na realidade não é definida como uma patologia da coluna e sim uma posição em que o indivíduo realiza em suas atividades do dia a dia é que pode ser a causa dessa curvatura.

Como podemos observar abaixo, um indivíduo com Hipercifose torácica apresenta também outras alterações posturais que devem ser levadas em consideração durante a prescrição dos exercícios.

A seguir, iremos observar como essa patologia ocorre no corpo e como corrigir esse problema de forma eficaz.

Apresentando a Hipercifose

Analisamos e definimos a patologia a partir de traços muito específico e visíveis no aluno, sua postura mostra claramente o problema, como na foto a seguir:

A projeção da cabeça para frente, ombros em rotação interna, hiperlordose lombar e pelve em retroversão estão entre as alterações mais comuns. Hipercifose no Pilates

A seguir algumas imagens com dicas de exercícios a serem trabalhados na hipercifose torácica.

Como tratar a Hipercifose

Nesta primeira imagem é necessário ressaltar a importância de trabalhar com a coluna neutra, ou seja, mantendo as curvaturas fisiológicas da coluna vertebral com fins de proporcionar consciência corporal, adequando tal posicionamento em todos os exercícios e consequentemente ao dia-a-dia. Hipercifose no Pilates 1

Exercícios que visam a estabilidade da coluna cervical e extensão da coluna torácica podem ser aplicados a indivíduos com Hipercifose torácica para fortalecer a musculatura estabilizadora da coluna cervical e ganhar mobilidade em extensão da coluna torácica.

Hipercifose no Pilates 2

Exercícios que combinam rotação e extensão da coluna torácica auxiliam no ganho de mobilidade da coluna torácica, além de realizar a rotação externa do ombro, realizando também o alongamento da cadeia anterior do tronco que se encontra encurtada devido a rotação interna  e protusão do ombro.

Hipercifose no Pilates 3Exercícios visando o fortalecimento do power house ou core, além de manter a coluna neutra trabalham também a consciência corporal. Hipercifose no Pilates 4Hipercifose no Pilates 5O trabalho de mobilidade integrada também se faz importante, neste caso podemos trabalhar mobilidade de ombro e cadeia lateral do tronco. Hipercifose no Pilates 6Exercícios para trabalho da musculatura estabilizadora da cintura escapular iram auxiliar na melhora da postura e fortalecimento de membros superiores. Hipercifose no Pilates 7Integrar força de membros superiores, flexibilidade e postura é tudo que um indivíduo com Hipercifose precisa.

A posição dos ombros em rotação interna, além das alterações na coluna vertebral, corroboram com menor força nos membros superiores, além de sensação de cansaço nos membros superiores.

Além disso, a manutenção da postura se torna extremamente exaustiva podendo levar a fadiga da musculatura estabilizadora rapidamente.

Uma dica que pode contribuir para diminuir esta fadiga é alternar os decúbitos, para então mais tarde prolongar o tempo de estimulo para manutenção da postura, com exercícios que visam a resistência muscular.

exercicios hipercifose no pilates 2

Outro exercício indispensável é a prancha lateral, neste exercício trabalhamos o fortalecimento de membros superiores, estabilidade de ombro, cintura escapular e coluna vertebral, além da manutenção da postura.

exercicios hipercifose no pilatesConcluindo…

Ao trabalhar com Hipercifose torácica devemos priorizar a coluna neutra evitando exercícios que reforçam ainda mais o padrão de flexão da coluna torácica.

Promover o equilíbrio entre mobilidade e estabilidade não só da coluna vertebral mas também de todas as articulações, desenvolver força e resistência muscular a fim de promover a manutenção da postura através também do fortalecimento do power house.

Gostou das dicas? Conta para a gente nos comentários!