Junte-se a mais de 150.000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade!

Qual o seu melhor email?

Que o Pilates é uma das melhores opções de exercício físico a gente já sabe, mas será que você consegue listar todos os benefícios do Pilates para a saúde do corpo e da mente? Fique tranquilo que separemos um conteúdo especial para você. Mas primeiro vamos começar do início.

O Método que surgiu no início do século passado tem como principal objetivo trazer qualidade de vida, bem-estar e saúde corporal. Foi a partir desse pensamento e de várias observações que seu idealizador, Joseph Pilates, criou a Contrologia. O Pilates não é um conjunto de exercícios prontos e generalizados. Ele consiste em observar o seu aluno e perceber quais são suas necessidades e assim adaptar os movimentos para alcançar os resultados necessários sempre beneficiando ao máximo o seu cliente.

Assim, todo instrutor tem por obrigação analisar os sinais que o corpo do aluno está dando e, a partir de então, planejar e desenvolver um conjunto de exercícios que propiciem a integração de mente, corpo e espírito. Essa integração é muito importante no Pilates, pois só assim o indivíduo é capaz de ter o controle completo do próprio corpo.

Como Joseph afirmava, a Contrologia tem por resultado o controle consciente de todos os movimentos musculares do corpo, aplicando os princípios do Método que tem bases em fundamentos anatômicos, fisiológicos e cinesiológicos, que são: concentração, controle, precisão, centramento, respiração e movimento fluido.

  1. Concentração – o objetivo desse princípio é a total concentração no movimento que está sendo realizado para garantir que seja desenvolvido com a maior eficácia possível;
  2. Controle – o controle do movimento visa um padrão suave e harmônica sempre se concentrando no exercício proposto, visando aprimorar a coordenação motora e evitando contrações musculares desnecessárias;
  3. Precisão – ele é fundamental para a qualidade do movimento e realinhamento postural, controlando o equilíbrio dos diferentes músculos que estão sendo trabalhados no movimento;
  4. Centro – mais conhecido como power house, é o foco de todos os exercícios do método, pois o fortalecimento dessa musculatura proporciona a estabilização do tronco e um alinhamento com menor gasto energético aos movimentos;
  5. Respiração – o método enfatiza a respiração e é o fator primordial no início do movimento, e tem sempre que estar sincronizada com a realização dos movimentos;
  6. Fluidez – o objetivo desse princípio é dar leveza ao exercício, com movimentos controlados para que não haja impacto pesado no começo nem no final de nenhum exercício.

Quando estamos falando dos benefícios do Pilates para a mente, nos referimos à origem do método que contou com teorias orientais que pregam a integração entre corpo e mente saudável para obter um organismo melhor. O controle da respiração e a concentração na hora do exercício, que são práticas fundamentais do método, tem origem na yoga e na medicina tradicional chinesa.

A prática também libera dopamina e serotonina, hormônios responsáveis pelo prazer e pelo bem estar, contribuindo para um melhor controle emocional de quem o pratica. Ficou curioso em entender os benefícios do Pilates para as diferentes faixas etárias e patologias? Continue lendo que vamos te explicar tudo!

__CONFIG_colors_palette __ {"active_palette": 0, "config": {"colors": {"62516": {"name": "Main Accent", "parent": - 1}}, "gradients": []}, " paletas ": [{" nome ":" Paleta padrão "," valor ": {" cores ": {" 62516 ": {" val ":" rgb (19, 114, 211) "," hsl ": {" h ": 210," s ": 0,83," l ": 0,45}}}," gradientes ": []}}]} __ CONFIG_colors_palette__
ENCONTRE UM STUDIO VOLL

1. Benefícios do Pilates

Após relembrarmos os princípios do Método, assim como sua origem e seus objetivos, vamos listar todos os benefícios do Pilates.

Os benefícios do Pilates para o corpo são inúmeros, como:

  • Aumento da resistência física e mental;
  • Aumento da flexibilidade;
  • Correção de problemas posturais;
  • Aumento da concentração;
  • Tonificação da musculatura;
  • Melhoria da coordenação motora;
  • Redução no atrito nas articulações;
  • Alívio de dores musculares;
  • Ajuda a melhorar a respiração e a flexibilidade;
  • Auxilia na prevenção contra a osteoporose;
  • Promove relaxamento, bem-estar e eleva a autoestima;
  • Elimina toxinas e facilita a drenagem linfática;
  • Melhora a postura e a resistência muscular
  • Expande a consciência corporal;
  • Ajuda no controle de peso;
  • Fortalece os músculos abdominais.

Além de trabalhar aspectos corporais, como tonificação muscular, postura e condicionamento físico, o Pilates também lida com a parte mental dos seus praticantes, com exercícios de respiração, alongamento e relaxamento, que aliviam a ansiedade e o estresse.

É importante lembrar que todos os exercícios têm por objetivo fortalecer a musculatura estabilizadora profunda do abdômen, promover mobilidade para as articulações e também reeducação do movimento. Assim como uma melhor consciência corporal, melhora da postura e músculos saudáveis (alongados e tonificados).

Os movimentos realizados durante o Pilates proporcionam um alongamento e fortalecimento que podem parecer simples, mas que agem no corpo de forma integrada e individualizada.

2. Benefícios do Pilates para Gestantes

Já é comprovado que praticar atividade física durante essa fase da vida da mulher oferece diversos benefícios e principalmente em relação com um parto saudável.

Dito isso, o método Pilates é uma excelente escolha para as futuras mamães, pois sua prática trabalha tanto o fortalecimento, como o alongamento, além de utilizar a respiração durante todos os exercícios, o que facilita a oxigenação do bebê e a conexão da mulher com as transformações do seu corpo.

Falando em respiração, as técnicas para respirar de maneira correta são essenciais para as gestantes, pois ensinam uma lenta inspiração e expiração, que ajuda a acalmar a mãe durante as contrações ajudando a aliviar as dores.

O Método não precisa de muitos ajustes para atender à gestante, você só precisa priorizar exercícios que trabalham o assoalho pélvico, região que merece atenção por suportar todo o peso do bebê e por ser o centro do parto.

Outra dica é investir em exercícios voltados para as costas e o quadril, que são focos comuns de dor ou incômodo durante o período gestacional.

É importante lembrar da importância de que os exercícios sejam adaptados para cada trimestre, condição física de cada mulher, e executados de forma lenta e controlada. Ou seja, respeitando a individualidade de cada uma, o que faz com que o Método se torne ainda mais seguro.

Vamos aos principais benefícios que a prática de Pilates durante a gestação pode oferecer:

  • Estabilização da coluna lombar, diminuindo as dores;
  • Fortalecimento de assoalho pélvico;
  • Ajuda a manter uma boa postura e consequentemente fortalece o cinturão abdominal, dando força aos músculos mais profundos como o transverso e o psoas;
  • Redução das dores gerais em todo o corpo;
  • Melhoria na qualidade do sono, o que consequentemente aumenta a energia diária;
  • Ao fortalecer os músculos pélvicos, o parto em si é facilitado, já que futura mamãe aprende a controlar a zona pélvica;
  • Aumento da resistência física, alcançando maior agilidade e controle do peso;
  • Aprende-se a respirar melhor, de maneira profunda e controlada;
  • A prática de qualquer exercício melhora a circulação sanguínea. No Pilates, cria-se uma ‘irrigação’ de sangue balanceado e equilibrado por todo o corpo ao praticar as diversas posições;
  • Bom-humor! Fazer exercícios de Pilates como os alongamentos e movimentos de relaxamento farão com que a mulher fique relaxada e aliviada, sem chegar a se exercitar exaustivamente;
  • A convivência com outras mulheres grávidas. Existem aulas grupais de Pilates para gestantes, o que torna o momento mais especial, já que elas podem se comparar com a vida de outras gestantes;
  • A prática de Pilates na gravidez com os fabulosos exercícios proporciona uma rápida recuperação pós-natal e, consequentemente, favorece na chegada no corpo antes da gravidez em menos tempo.

Mesmo com todas essas vantagens na escolha da modalidade, o profissional deve estar capacitado para lidar com o público, para aproveitar os benefícios do Método sem expor as gestantes ao risco.

Com a prática do Pilates durante a gestação, não se pode afirmar que uma mulher ativa terá o parto normal, mas há uma grande chance disso acontecer, em comparação com uma gestante sedentária.

Sendo assim, o Pilates para gestantes irá trazer saúde, equilíbrio e conforto para a mulher grávida, o que tem se tornado uma das modalidades preferidas das futuras mamães.

3. Benefícios do Pilates para Idosos

Ao envelhecer, o corpo vai perdendo força muscular e óssea, tornando a pessoa mais vulnerável a inúmeras doenças na coluna, outras articulações e também no coração. E as mudanças não são só físicas. É muito difícil manter o mesmo ritmo de vida quando você já não tem tanta disposição.

Uma das maiores vantagens e benefícios do Pilates é que ele pode ser praticado por pessoas de qualquer idade, gênero e grupo especial. E um dos grupos especiais que crescem cada dia mais dentro dos Studios de Pilates são os idosos.

Mas por que essa população se interessa tanto pelo método? A resposta é simples: são exercícios que além de serem considerados fáceis, promovem inúmeros benefícios para os idosos.

  1. Um grande número de idosos procura os Studios por saúde, como problemas ósseos e musculares (osteoartrose, por exemplo) e até dores crônicas. O método ajuda pois, os exercícios com poucas repetições e de baixo impacto são eficazes e fazem com que os músculos e articulações sofram menos desgastes;
  2. Outro problema muito comum na população idosa é o aumento de doenças cardíacas e respiratórias. O Método trabalha para que essas doenças sejam controladas;
  3. As quedas começam a ser mais frequentes, causadas por fraquezas ósseas e musculares, e o Pilates auxilia no fortalecimento dessa musculatura;
  4. A prática aumenta a autoestima e a sensação de serem capazes de realizar as atividades regulares do dia a dia, assim como os exercícios físicos;
  5. O Método melhora a saúde articular, pois os exercícios proporcionam uma maior flexibilidade, prevenindo a rigidez das articulações;
  6. Promove o realinhamento da coluna e fortalecimento da musculatura abdominal, deixando de forçar as costas ao realizar algum esforço físico.

Confira mais especificamente outros benefícios do Pilates para os praticantes idosos:

  • Alívio da dor;
  • Alívio do estresse;
  • Prevenção de lesões;
  • Melhora dos reflexos;
  • Melhora da mobilidade;
  • Melhora da flexibilidade;
  • Maior percepção dos movimentos;
  • Melhora do equilíbrio;
  • Melhora na velocidade de andar;
  • Melhora da autoestima
  • Diminuição da depressão;
  • Mantém o peso corporal;
  • Fortalece os músculos das pernas e costas;
  • Contribuição na manutenção e no aumento da densidade óssea;
  • Ajuda no controle da diabetes, artrite e doenças cardiovasculares;
  • Melhora as reações posturais.

Os benefícios do Método Pilates para idosos incluem aumento da densidade óssea, melhoria da flexibilidade nas articulações e postura, além do aumento da capacidade respiratória e cardiovascular, proporcionando satisfação total aos praticantes que desejam obter melhoria da qualidade de vida.

4. Benefícios do Pilates para Crianças

A geração de crianças dos dias atuais não são ativas como eram nossos pais e avós. A diversão delas são computadores, iPads e celulares, enquanto antigamente a diversão era subir na árvore, correr e brincar de esconde-esconde.

Hoje em dia as crianças são praticamente sedentárias, pois o máximo de exercício que fazem é andar de um local até o outro e não são distâncias longas o suficiente para serem consideradas como atividade física.

Um ponto muito importante para ensinar às crianças de hoje é uma boa postura e alinhamento da coluna. O tanto de horas que se passam na frente do computador, jogos eletrônicos, celular ou até mesmo sentados nas carteiras da escola descompensam na postura da criança.

Assim, exercícios de fortalecimento muscular e de flexibilidade podem ser feitos em ações simples, como carregar a mochila cheia de livros.

Isso pode ser melhorado com todos os benefícios do Pilates para crianças, deixando a coluna vertebral mais flexível. Os exercícios contemplam os princípios básicos do Pilates e a aula deve ser montada com muita diversão e criatividade para prender a atenção dos baixinhos.

Aqui podemos separar 15 benefícios do Pilates para crianças:

  1. O Pilates aprimora o alinhamento postural, criando uma consciência de postura;
  2. Melhora a concentração e adquire uma atenção maior para tarefas como a lição de casa ou as aulas na escola;
  3. Aumento dos níveis de atenção;
  4. Melhora do sono;
  5. Pilates é recomendado como atividade física, especialmente para melhorar o desempenho atlético;
  6. Previne desvios posturais, como a escoliose, além de fortalecer a musculatura das costas;
  7. Redução do estresse;
  8. Aumento da mobilidade;
  9. São feitos muitos exercícios de equilíbrios para que a criança tenha balanço e simetria corporal;
  10. Tem um aumento na flexibilidade, oferecendo amplitude de movimento e maior agilidade ao realizar outras atividades;
  11. Redução do sedentarismo e diminuição da obesidade infantil;
  12. Desenvolvimento da autoestima e autoconfiança;
  13. Evita lesões. Uma criança com maior flexibilidade e força é ótima para praticar esporte;
  14. Melhora a circulação sanguínea;
  15. Maior percepção do próprio corpo e do espaço ocupado.

Como podemos ver, os benefícios do Pilates para crianças são tantos que é uma ótima alternativa para atividades físicas a serem realizadas.

5. Benefícios do Pilates para Homens

Apesar do Método ser mais popular entre as mulheres, o público masculino vem crescendo cada vez mais dentro dos Studios de Pilates e isso tem um motivo.

Nossa, mas Pilates não é muito fraco para homens? Não é só alongamento a aula toda? Não é não! 

Pelo contrário, os exercícios do Pilates focados em determinadas musculaturas podem ser mais eficientes do que a própria musculação realizada na academia. Mas por quê?

No Pilates, os exercícios trabalham a musculatura do corpo inteiro, ao contrário da academia, que foca em um músculo de cada vez. Assim, os exercícios são mais completos proporcionando um melhor resultado final.

Dessa forma, podemos definir 5 principais benefícios do Pilates para homens:

1 – Fortalecimento da Musculatura

Os exercícios de Pilates conseguem trabalhar vários músculos do corpo ao mesmo tempo, desde aqueles que você está habituado a fortalecer até os quais não trabalha normalmente. O Pilates também fortalece a musculatura do Core, o famoso power house.

E sabe qual a vantagem para os homens? O famoso tanquinho!

Além de tonificar uma região que é essencial para a prática de esportes e atividades físicas, o praticante ainda sai do Studio com um abdômen sarado, pois a ativação desse músculo é necessária em todos os exercícios.

2 – Prevenção de Lesões

Exatamente por fortalecer a musculatura do corpo inteiro, o Pilates ajuda a prevenir lesões, além de potencializar a prática de outras atividades físicas, por ter um aumento de flexibilidade muscular, resistência física e equilíbrio. Um bom exemplo são os homens que praticam corrida.

Esse é um exercício que exige uma boa coordenação, além de estabilidade e preparação para uma sobrecarga que esses movimentos repetitivos proporcionam. Dessa forma, o Pilates promove controle respiratório, alinhamento postural e reequilíbrio muscular.

3 – Correção da Postura

A má postura é uma das principais causas de dores nas costas, seja em qualquer gênero ou idade. Além de um enorme desconforto, essa condição pode evoluir para patologias mais graves como a hipercifose e a hiperlordose. Esses casos podem ser tratados com o Pilates, já que o Método promove exercícios de reabilitação que atuam exatamente nessas áreas.

O fortalecimento do Core também é essencial e de extrema importância para manter a coluna ereta, evitando problemas de uma negligência com a postura.

4 – Combate ao Estresse

Como o Método é responsável pela harmonia do corpo e equilíbrio da mente, ele pode ajudar nos casos de estresse desenvolvido por pressão do trabalho, um dia agitado ou qualquer outro motivo. Como o Pilates necessita de concentração, é bom para o controle da ansiedade, ajudando o aluno a ter um dia mais calmo.

5 – Disposição e Desempenho Sexual

É importante lembrar que a prática do Pilates libera endorfina, assim como toda atividade física, responsável pelo bem-estar e prazer. E o método, trabalhando a região pélvica, contribui para a flexibilidade do corpo e ajuda a potencializar a disposição e o desempenho sexual.

Gostei de todos esses benefícios, mas como faço para atrair mais homens ao meu Studio?

Simples, seguindo esses passos:

  • Desafios – homens gostam de ser desafiados e fazer o que é proposto, então inclua pelo menos um exercício complexo para ser o foco do seu aluno;
  • Força – é provavelmente o ponto que os homens mais competem, quem é mais forte? Para isso capriche no uso das molas e dificulte o exercício em termos de força;
  • Exercícios – evite propor exercícios mais delicados, pois alguns podem não se sentir confortável com isso;
  • Suar – faça ele suar na aula. Assim o aluno vai perceber que o Pilates é um exercício físico completo e não só de alongamento;
  • Comparação – faça ele perceber que o Pilates pode ser tão satisfatório quanto a musculação, e que ele pode evoluir cada vez mais com exercícios complexos.

Pronto, agora você já sabe todos os benefícios do Pilates para homens, assim como algumas dicas para fidelizar esse público que cresce cada vez mais nos Studios de Pilates.

6. Benefícios do Pilates para Patologias na Coluna

Atualmente considera-se que 80% da população em geral sofrerá pelo menos um episódio de dor na coluna ao decorrer da vida.

As patologias na coluna são, sem dúvida, a maior reclamação dos alunos dentro dos Studios de Pilates. Seja hérnia de disco, escoliose ou qualquer outra patologia, o auxílio do Pilates no tratamento tem melhorado – e muito, a reabilitação. E o motivo é simples: o método vem carregado de benefícios que melhoram a saúde daqueles que carregam a patologia.

O Pilates é o tratamento mais utilizado para patologias da coluna, pois trabalha profundamente a musculatura do abdômen e promove maior articular para a coluna vertebral, de forma segura e sem sobrecarga, se tornando a melhor escolha por não lesionar a musculatura.

Antes de citar os benefícios, vamos elencar todas as patologias da coluna que são melhoradas a partir da prática do Pilates como tratamento:

  • Hérnia de Disco;
  • Escoliose;
  • Hipercifose;
  • Lombalgia;
  • Cervicalgia;
  • Ciática;
  • Cifose;
  • Hiperlordose;
  • E muitas outras.

Para todas essas patologias, os benefícios do Pilates são incontáveis, mas vamos citar aqui os mais importantes. Primeiramente, os exercícios são recomendados por serem de baixo impacto e realizados com poucas repetições, focando mais em qualidade do que em quantidade. A combinação gera resultados eficazes e não prejudicam nem sobrecarregam os músculos e articulações.

O Pilates ameniza as dores já que promove realinhamento da coluna vertebral e o fortalecimento da musculatura abdominal, fazendo com que as costas não sejam forçadas ao fazer algum tipo de esforço físico.

Exercícios de fortalecimento e alongamento para partes específicas do corpo contribuem para a reabilitação de diversas patologias. Uma delas é a correção da postura. O praticante passa a ter consciência corporal e, além disso, o fortalecimento da musculatura do tronco contribui para uma sustentação eficaz da coluna. É trabalhado também a estabilização e a mobilização da coluna, o que melhora a função nervosa e vascular do pescoço.

Esse trabalho de postura promove uma organização da cabeça e pescoço, diminuindo o risco de lesões e recidivas.

Nós sabemos que tratar qualquer uma das patologias é uma grande responsabilidade, pois se não conhecermos bem os problemas e as necessidades do paciente, dificilmente teremos resultados rápidos.

7. Benefícios do Pilates para Corredores

Aqui está um ponto que provavelmente você não sabia: os benefícios do Pilates para os corredores. O Método melhora o desempenho da corrida, isso é um fato. Mas por quê?

Pela corrida ser uma atividade que exige técnica, o corredor precisa estar preparado para ela. Caso a preparação seja feita incorretamente, pode ocasionar diversas lesões, e aqui é o ponto que entramos com o Pilates.

Para aqueles que já correm, ou os que já tentaram correr, a respiração é a parte mais importante da corrida, pois se realizada de forma errada, não há fôlego o suficiente e o corredor cansará nos primeiros minutos.

Como os princípios do método Pilates são a reeducação da respiração e concentração, os resultados para os praticantes podem ser muito melhores quando o Pilates está associado à corrida.

Além disso, a consciência corporal ajuda no equilíbrio do corredor e também em um melhor alinhamento do corpo. Com essa melhora da postura, o corredor tem um menor gasto energético, o que proporciona a ele uma melhora da performance na atividade e nos resultados.

O Método também melhora a flexibilidade do atleta. Os exercícios enfatizam o alongamento global do corpo, de forma a trabalhar todos os músculos e articulações, o que resulta em muitos benefícios na hora da corrida, pois o corpo está mais relaxado sem nenhuma compressão muscular.

Da mesma forma que ocorre com a flexibilidade, há uma melhora no fortalecimento muscular, já que o Pilates trabalha todos os músculos de uma forma global e não segmentar.

Durante a execução dos exercícios há uma ativação simultânea de diversos grupos musculares também integrando os músculos principais, secundários e posturais, além de todas as articulações a serem estimuladas.

A resistência muscular também é beneficiada com esses fortalecimentos e é muito importante que ela esteja em dia, principalmente em corridas mais longas, já a musculatura precisa ser forte e resistente para aguentar o impacto e superar os estímulos sem fadiga.

Além de todos esses aspectos musculares, um dos pontos mais importantes de um corredor é a postura. Ela deve ser com o tronco alinhado, a cabeça erguida e olhar para frente. Ainda os braços devem se movimentar do lado do corpo, as pernas alinhadas sem rotação dos joelhos e dos pés.

Para que isso ocorra é importante que a musculatura do core e a coluna estejam fortes para a sustentação. Por isso, fortalecer o Power House é essencial, pois promove essa sustentação, controlando a postura, a fluidez e a economia dos movimentos da corrida.

Os exercícios são trabalhados de forma bilateral e unilateral, detectando desequilíbrios para que o instrutor possa orientar quais atividades vão resultar nos benefícios do Pilates, que pode ser incluído no treino de corredores para prevenir lesões, potencializar o desempenho esportivo e ainda como reabilitação. O Método se torna muito eficaz no pós-treino, já que aumenta a capacidade respiratória, aliviando dores e a fadiga muscular.

8. Benefícios do Pilates para Atletas

Assim como as vantagens do Pilates para corredores, eles automaticamente se tornam benefícios para atletas profissionais, tendo em vista que muitos dos movimentos utilizam a mesma musculatura.

Como atleta, a chance de lesão pelo menos uma vez na vida é muito grande. Seja um preparo físico não tão completo, seja por eventuais falhas do corpo ou por qualquer outro motivo: quase todo atleta profissional já se lesionou.

E os benefícios do Pilates se encaixam principalmente nesse aspecto, exatamente por priorizar um fortalecimento e uma flexibilidade muscular juntamente com o movimento correto e consciente.

Assim, é aconselhado principalmente para os atletas já lesionados, pois o Método torna a recuperação mais rápida, promovendo um melhor desempenho e diminuindo os riscos de novas lesões.

Um dos maiores problemas dos atletas é o fortalecimento focado em apenas alguns músculos do corpo. Se ele for um jogador de basquete, o foco do treinamento vai ser provavelmente muito maior nos braços do que nas pernas.

Se for um jogador de futebol, as pernas serão muito mais trabalhadas em um treino do que os membros superiores. E é aí que o Pilates entra para melhorar a condição física do atleta.

Um corpo mais alinhado, forte, flexível e equilibrado tem um gasto energético menor e os resultados são melhores, tanto para atletas de alto nível como amadores.

Todos os exercícios de Pilates englobam a maioria dos músculos do corpo, trabalhando em apenas um exercício, musculaturas diferentes. Assim, o corpo se fortalece e flexiona da mesma forma em todos os membros, não ocasionando lesão por falta de fortalecimento.

A flexibilidade, que é melhorada com o Pilates, é um dos maiores fatores de benefícios para atletas. Ela permite que haja uma melhor movimentação em quadra ou em campo, possibilitando movimentos que antes não eram tão fáceis de serem realizados, além de ser responsável por um maior equilíbrio e percepção espacial dos objetos, o que mais uma vez tem vantagens positivas ao realizar uma partida.

Como dito anteriormente, o Pilates também melhora a capacidade respiratória, permitindo que o diafragma e o pulmão sejam usados de uma melhor maneira. Dessa forma, o atleta terá mais fôlego e menos fadiga, e seu rendimento durante o jogo será muitas vezes maior. Outra vantagem é que o Método fortalece a musculatura sem gerar aquela hipertrofia designada da musculação.

Outra dica interessante dos benefícios do Pilates para atletas é que o uso de acessórios como a bola, overball, faixas elásticas e o bosu ajudam no condicionamento, já que podem simular gestos esportivos realizados durante os jogos.

9. Benefícios do Pilates para Hipertensão

Atualmente cerca de 30% da população brasileira é diagnosticada com hipertensão (a famosa pressão alta). O mais chocante é que dentre esses 200 milhões de brasileiros, quase 50% nem imagina que está sofrendo desse mal.

O que eles também não sabem é que o Método Pilates, além de ser uma ferramenta importante para o condicionamento físico e tratamento de dores agudas e crônicas, também apresenta muitos benefícios para doenças psiquiátricas e cardiovasculares, tais como a hipertensão.

O Pilates fortalece ainda o sistema respiratório e a circulação, pois trabalha a respiração tridimensional, ou seja, a caixa torácica se movimenta em 3 direções. O diafragma e o pulmão são aproveitados da melhor maneira, com todas suas possibilidades.

Outro ponto que é benéfico para os hipertensos é que o Método melhora a circulação sanguínea, pois como os exercícios trabalham os membros inferiores e posteriores ao mesmo tempo, a circulação de sangue nessas áreas é ativada. O fluxo sanguíneo para o cérebro também sofre um aumento, assim como para os músculos.

Mas o benefício chave é que o Pilates combate o estresse. Um dos maiores responsáveis pela hipertensão é controlado e melhorado com a prática do Método.

A atividade física faz com que a mente e o corpo fiquem longe do trabalho e assim os sentimentos como nervosismo e ansiedade são automaticamente diminuídos.

10. Benefícios do Pilates para Portadores da Doença de Parkinson

Entre as patologias neurológicas mais comuns na terceira idade, a Doença de Parkinson entra nas estatísticas, atingindo 1% da população com mais de 65 anos.

A Doença de Parkinson é uma patologia crônica, de caráter progressivo, lento e degenerativo do sistema extrapiramidal, e caracterizada por produzir, principalmente, mas não exclusivamente, um conjunto de distúrbios motores.

Quando temos um aluno portador de Doença de Parkinson, é importante avalia-lo perante sua deficiência e seu desempenho funcional. E só depois disso conseguiremos traçar objetivos gerais para um treinamento que tenha uma intervenção.

O objetivo com esses alunos é reduzir as alterações motoras, facilitando a independência e consequentemente, as AVD’s e, por fim, melhorando a qualidade de vida.

Um dos principais benefícios do Pilates para os portadores da Doença de Parkinson é o conceito de reeducação do movimento que auxilia na melhora das alterações motoras e em vários sintomas colaterais provenientes da patologia.

Além disso, o Pilates proporciona um trabalho muscular resistido e a realização de alongamentos dinâmicos que, juntamente realizados com os seus princípios, desenvolvem força, alongamento e melhora a coordenação motora e o equilíbrio.

O padrão respiratório aplicado no Método é outro benefício importante para trazer o indivíduo na realização do exercício (atenção direcionada para atividade) quanto para melhorar a expansibilidade da caixa torácica e a rigidez diafragmática, fator tão comprometido e de extrema importância nesses alunos/pacientes.

A aplicação dos exercícios flui de maneira mais adequada se conseguirmos diminuir o padrão de rigidez. Para isso, a rotação das extremidades e do tronco, assim como o balanço suave e lento, proporcionam maior relaxamento do indivíduo, para que ele consiga realizar as atividades subsequentes.

Para que a assimilação de um estímulo externo ocorra e o aluno consiga interpretar e executar determinado movimento, uma constante estimulação cognitiva deve ser realizada.

Os padrões de contração muscular e alongamento utilizados no Método Pilates, como as contrações isotônicas (concêntricas e excêntricas) e isométricas, realizadas de maneira ampla e lenta, auxiliam na reorganização do movimento do portador de DP.

A amplitude de movimento acontecendo em sua totalidade é essencial para evitar mudanças nas propriedades dos músculos.

A instabilidade postural e os desequilíbrios presentes nessa população podem ser trabalhadas através da estabilização dinâmica. Para isso, utilizamos os aparelhos de Pilates e a infinidade de acessórios que, nos dias de hoje, a técnica dispõe. Estimular as reações de equilíbrio em todos os planos de movimento também são benéficas e essenciais.

Os treinos de força funcional apresentam melhor resposta muscular do que a atividade de levantamento de peso e, assim, que a força for restabelecida ou conquistada, o movimento melhora e as atividades funcionais podem ser realizadas.

Por apresentar um padrão flexor muito acentuado, a musculatura extensora do tronco deve ser trabalhada como toda a mobilidade da coluna, diminuindo o padrão cifótico, proporcionando um alongamento axial, melhorando assim, o padrão da marcha e rigidez.

A atividade física não impede a evolução da patologia, mas propicia ao aluno as vantagens, se tornando uma ótima opção de atividade, seja para tratamento quanto para manutenção de benefícios já adquiridos.

11. Benefícios do Pilates para Tratamento do AVC

Já vimos que o Método oferece diversos benefícios para as mais variadas patologias, porém uma informação que poucas pessoas sabem é como o Pilates pode ajudar (e muito!) durante o tratamento de pessoas que já sofreram com AVC.

Nesse artigo temos algumas dicas para você lidar com um aluno que tenha sofrido com isso, desde a avaliação até exercícios indicados para esse grupo.

Na maioria das vezes, os objetivos desses pacientes são:

  • Minimizar os efeitos das alterações de tônus muscular;
  • Manutenção da amplitude de movimento (ADM) em articulações preservadas e ganho de ADM das articulações necessitadas;
  • Prevenção de deformidades;
  • Melhora da consciência corporal;
  • Melhora no alinhamento postural;
  • Facilitação das trocas posturais;
  • Melhora no equilíbrio estático e dinâmico em pé;
  • Melhorar a função nas AVDs.

O Pilates trabalha todas as áreas do corpo de maneira isolada ou em conjunto por meio da aplicação dos princípios de movimento e estabilidade, buscando sempre o equilíbrio muscular. Tal equilíbrio é estabelecido pela relação entre o tônus ou a força e o comprimento dos músculos em torno de uma articulação.

O Método desenvolvido Joseph Pilates também oferece vantagens para pessoas que sofreram AVC (Acidente Vascular Cerebral). Vamos a eles:

A prática contribui para a recuperação dos movimentos, melhora a respiração, postura e coordenação motora. Através dos exercícios, o equilíbrio é refeito e permite que as conexões responsáveis pela sensação de segurança sejam estabelecidas e a realização das atividades cotidianas sejam reconstituídas.

O Método se baseia em teorias de controle motor e técnicas de conscientização corporal. Por isso, sua prática favorece o fortalecimento e alongamento dos músculos, aumentando a mobilidade das articulações com movimentos realizados sem pressa e com controle.

Muitas pessoas que tiveram o AVC encontram no Pilates um grande aliado pois, através da prática, o equilíbrio corporal é reconstituído e permite que as conexões responsáveis pela sensação de segurança sejam estabelecidas e a realização das atividades cotidianas sejam novamente restabelecidas.

12. Benefícios do Pilates para Emagrecimento

Pelo Método Pilates se tratar de um exercício físico sendo utilizado muitas vezes como alternativa de atividades físicas, como esportes e principalmente academias, espera-se que como resultado haja uma perda de peso. Na realidade, essa é uma pergunta muito frequente dentro dos Studios, seja por alunos já praticantes ou futuros clientes que estejam pensando em adotar o Método como forma de emagrecimento.

Se o Pilates emagrece ou não, vai depender muito da forma como ele será ministrado durante as aulas, porém devemos lembrar que como atividade física, sempre terá um gasto energético considerável.

Mas é importante frisar que a prática em si não vai ser o suficiente para uma grande perda de peso. Se o objetivo do cliente é focar no emagrecimento, é essencial incluir também um programa aeróbico e uma dieta balanceada para que os efeitos sejam mais rápidos e eficazes.

Algumas mudanças no corpo podem ser notadas com o início da prática de Pilates, tais como um fortalecimento dos músculos, um estreitamento da cintura e uma modelação do glúteo. A intensidade e a periodização da aula são fatores fundamentais para atingir o seu objetivo.

Também é importante que o instrutor foque a aula em um enrijecimento e definição muscular, fazendo programação da aula para perda de peso. Para emagrecer são necessárias séries mais longas da mesma musculatura, com cargas menores e uma ativação do power house durante toda a aula, além do menor número de pausas possíveis.

Ainda não está convencido? Aqui trazemos 3 benefícios do Pilates para o emagrecimento:

  • Aumenta a autoestima – com um maior controle sobre seu corpo e a noção dos limites, o praticante acredita mais em sua capacidade física, sem contar os resultados que podem ser vistos no espelho;
  • Define a silhueta – por ativar o power house durante toda a aula, o abdômen fica acionado durante 1 hora e ocorre um maior fortalecimento. O abdômen mais forte junto com uma postura correta, deixa os músculos desenhados e afinam a silhueta;
  • Disposição – a energia liberada pela endorfina nos exercícios físicos trazem mais vitalidade para a realização de outras tarefas, além de equilibrar a química do corpo, atuando como antidepressivos e às vezes até inibindo a fome.

No Brasil não há muitos Studios ou instrutores que trabalham com essa técnica de focar a aula de Pilates no emagrecimento.

Trabalhado de forma correta e seguindo todas as dicas de exercícios e programação de aula, o Pilates trará o resultado esperado.

Conclusão

O Pilates é uma atividade física que oferece os mais diversos tipos de benefícios, seja para qualquer idade ou objetivo. Uma das mais conhecidas frases de Joseph, a respeito de seu próprio Método Pilates diz:

“A Contrologia desenvolve o corpo de maneira uniforme, corrige postura, estimula a vitalidade física, revigora a mente e eleva o espírito”.

Os exercícios são focados nos músculos do centro do corpo, que ajudam a manter o equilíbrio e estabilizam a coluna vertebral. Assim, a técnica promove a consciência da respiração e da postura. Não é à toa que o Pilates é conhecido como um método completo.

Além do mais, especialistas afirmam que, praticando a técnica duas vezes por semana, é possível observar os resultados a partir da décima aula, em que a flexibilidade e a postura já estão beneficiadas.

Pode parecer exagero, mas não é: o Pilates pode evitar e tratar tudo de uma vez só.