Posted in:

ESPECIAL – 6 áreas de atuação para se trabalhar com Pilates: Studio de Pilates

ESPECIAL – 6 áreas de atuação para se trabalhar com Pilates: Studio de Pilates
Gostou? Avalie!

IMPORTANTE: Este conteúdo é exclusivo para profissionais e estudantes de fisioterapia e educação física que ainda não tem curso/formação no Método Pilates. Se você já possui, este texto não é para você. Agora, se você quer conhecer mais sobre Pilates ou pensa em fazer um curso, é para você!

Esse é o primeiro texto de uma série de textos que vamos estar postando todo sábado! Ele é um guia completo para você que se interessa em trabalhar com Pilates e quer saber mais sobre o mercado.

Neste conteúdo iremos abordar passo-a-passo e detalhadamente os 6 campos de atuação que você pode trabalhar com Pilates, explicando como e quais são as rotinas de trabalho de cada um e o que você pode esperar de retorno financeiro e crescimento profissional.

Apontamos os pontos positivos e negativos de cada área e tudo o que você precisa saber de cada uma, como por exemplo suas perspectivas de crescimento e se ela é mais aceita para fisioterapeutas ou profissionais de educação física.

Este é um texto de leitura obrigatória para aqueles que pensam em conhecer mais sobre o Método Pilates. Com certeza após ler todo este guia você terá muita segurança para fazer uma escolha correta sobre qual área seguir.

Nesse primeiro texto vamos falar sobre como trabalhar com o método no Studio de Pilates, continue lendo.

Quem somos nós? 

ESPECIAL-STUDIO-DE-PILATES-2

Antes de darmos início a todas as dicas, deixe-nos apresentarmos:

  • Rafael A. Juliano, fisioterapeuta, especialista em fisioterapia esportiva, ortopedia e traumatologia, abri meu primeiro Studio de Pilates em 2008 e com menos de 6 meses já tinha aberto o segundo Studio e gerado 3 empregos para novos Instrutores. Quando vendi meu Studio ele já passava dos 60 alunos/mês.
  • Henrique Wolf, educador físico, especialista em hipertrofia, abri o primeiro Studio de Pilates em 2010 e com 4 meses já tinha alcançado o payback, ou seja, seus 17 mil reais investidos para abrir o Studio, retornaram no quarto mês do Studio aberto. Depois de um crescimento acelerado, mais 4 Instrutores entraram para o meu time no Studio.

Atualmente, somos também os Diretores Executivos do Grupo VOLL Pilates – o Maior Grupo de Pilates da América do Sul e nós já treinamos mais de 30 mil profissionais de fisioterapia e educação física pelo método Pilates no Brasil. Atuamos em 9 países, fizemos o filme “Tributo a Joseph Pilates” e atualmente oferecemos mais de 12 diferentes cursos de especialização no Método Pilates.

Iremos passar aqui toda a nossa experiência no mundo do Pilates e te ajudar a conquistar seus objetivos neste maravilhoso universo!

O que eu preciso fazer para me tornar um instrutor de Pilates?

Antes de te passarmos os 10 campos que você poderá atuar, uma coisa precisa estar clara:

Você precisa fazer um curso de Pilates.  Seja você um estudante ou profissional formado, a primeira coisa a ser feita é escolher um Curso de Pilates para obtenção do Certificado. Sem o curso você não pode trabalhar com o Método Pilates.

Nós te recomendamos fazer o curso na qual atuamos como Coordenadores, que é o curso da Espaço Vida Pilates, atualmente presente em 81 cidades e já formou mais de 25 mil profissionais no Brasil.

Bom, após ter concluído o curso de Pilates, você pode então escolher uma ou mais áreas a seguir para trabalhar. Vamos lá?

1° – Trabalhar com Studio de Pilates 

studio-de-pilates-2

Este é o campo de trabalho mais conhecido por todos e o que alavancou o método ao conhecimento da população.

Os Studios começaram a surgir na década passada e se multiplicaram no Brasil nos últimos 6 anos. Estima-se que já existam mais 30 mil Studios.

Crescimento de Studios de Pilates no Brasil

studio de pilates 3

 

Você pode dizer: “Nossa, mas 30 mil Studios é muita coisa. O mercado está saturado”.

Parece, mas não é! Olha só: 30 mil x 70 alunos por Studio = 2.100.000 pessoas praticando. É apenas 1% da população brasileira ainda. Tem muito espaço para crescimento que ainda não foi explorado!

Os Studios de Pilates são ambientes que possuem os equipamentos criados por Joseph Pilates e na maioria das vezes não oferece nenhum outro tipo de serviço, como fisioterapia convencional ou musculação.

Saiba mais sobre Studios de Pilates

studio-de-pilates-1

Nos Studios de Pilates recebemos todos os tipos de públicos, da criança ao idoso, da gestante ao atleta, do sedentário ao paciente neurológico.

Uma pergunta pode te surgir agora: “Rafael e Henrique, o Pilates ajuda todos estes públicos? Eles são muito diferentes!”

 A resposta é SIM! Talvez este seja o grande diferencial do Pilates quando comparado a outras técnicas – ele pode ser usado praticamente para qualquer tipo de cliente, situação, condição ou objetivo.

studio-de-pilates-4

De todos os campos de trabalho através do Pilates este provavelmente será o mais fácil para você começar – que pode ser trabalhando para alguém em algum Studio ou abrindo o seu próprio negócio.

Os Studios têm o tamanho médio de 40m2 e ficam localizados em prédios ou casas comerciais. O melhor ponto comercial é sempre próximo de prédios residenciais e comerciais, pois você atrai pessoas de poder aquisitivo maior.

Cada Instrutor de Pilates dá aula para 2 a 4 alunos por horário no máximo e as aulas tem duração de uma hora.

Os pacotes ou planos vendidos aos alunos são de 3, 6 ou 12 meses e os clientes frequentam o Studio entre duas a três vezes na semana em média.

A maior parte da aula (75%) acontece nos equipamentos de Pilates e o restante no “Mat”, ou seja, exercícios feitos no tatame ou colchonete.

studio-de-pilates-3

Porém, você surgir a dúvida….

O que é melhor: abrir um Studio de Pilates ou trabalhar para alguém?

Isso depende muito do seu perfil e condição financeira. Dê uma olhada nesta tabela e veja aonde você se encaixa mais:

studio de pilates 1

Nossa experiência profissional

No começo, nós dois abrimos o nosso Studio de Pilates, em Campinas e Porto Alegre, logo após termos feito o curso – o lado bom é que isso nos fez querer aprender tudo sobre Pilates e nos jogarmos 110% neste universo pois não tínhamos opção, era ter sucesso ou ter sucesso – e claro, isso gerou muito resultado pra gente e estamos aqui hoje.

Entretanto, isso nos fez errar muito no começo, por não termos ainda a experiência necessária do negócio. Não tínhamos alguém em quem se espelhar e aprender com os erros de outra pessoa.

Foi muito difícil. Não ter alguém para se espalhar dificulta muito as coisas, mas nós faríamos tudo outra vez se necessário, pois é o nosso perfil. Por isso, cada caso é um caso. Avalie o seu.

 Avalie seu caso

 Se você trabalhar para alguém, geralmente receberá entre 40 a 50% da mensalidade de cada aluno.

Exemplo: Você tem 25 alunos e cada um paga R$300,00, então você vai receber:

25 x R$150,00 = R$3.750,00

Neste caso, você recebe o valor “limpo”, ou seja, o dono do Studio é que paga tudo e a sua parte é somente dar aula e receber por isso.

Checklist – Trabalhar em um Studio de Pilates

studio-de-pilates-5Concluindo…

Espero que esse texto comece a clarear essas informações para você que tem muitas dúvidas sobre sua carreira e futuro com o Método. Vale lembrar que esse foi apenas a primeira dica das 10 que vamos passar para você ao longo dos textos.

Não perca, todo sábado, uma dica nova para você se preparar para seu futuro e construir uma carreira com o Método Pilates.

Não viu alguma dica? Não se preocupe vou listas abaixo todos os textos do nosso especial

  1. Studio de Pilates
  2. Pilates em academias
  3. Personal Pilates
  4. Pilates no Hospital
  5. Pilates em clubes
  6. Pilates na Escola

Gostou? Tem alguma dúvida? Deixe nos comentários!

E não se esqueça de compartilhar para seus amigos que também tem algumas dúvidas!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *