Posted in:

Trabalhando o equilíbrio pélvico no Pilates

equilibrio-pelvico-no-Pilates-1

Em nosso último artigo para a série Pilates na Reeducação Postural, vimos como fazer uma avaliação postural completa. A partir de hoje, vamos nos atentar para cada uma das alterações, e falar um pouco da biomecânica e da forma de trabalhar com o nosso paciente.

Escolhi para hoje o tema equilíbrio pélvico.

As dores na região lombar são, em geral, a maior queixa dos pacientes que procuram o serviço de Pilates terapêutico. E essas dores geralmente estão associadas a um desequilíbrio da biomecânica pélvica. Fraquezas e encurtamentos musculares desse complexo são encontrados facilmente nesses casos, então, para podermos tratar de forma correta, precisamos conhecer a patologia e trabalhar na busca desse reequilíbrio.

Anatomia:

O complexo pélvico é composto por 2 articulações, 4 grupamentos musculares e 1 músculo coringa.

equilibrio-pelvico-no-Pilates

O equilíbrio entre esses músculos faz com que a pelve se mantenha em posição neutra.

 –

Como avaliar o paciente?

Ao avaliarmos nosso paciente, verificamos o posicionamento da sua pelve, e já podemos nos direcionar para uma avaliação mais especifica dos músculos envolvidos, observando suas retrações e fraquezas.

Pacientes em anteversão de pelve demonstram fraqueza de abdominais e/ou tensão de paravertebrais e psoas ilíaco.

Pacientes em retroversão da pelve demonstram fraqueza de paravertebrais e psoas e/ou tensão de pelvitrocanterianos.

A importância do músculo curinga

Além desses agrupamentos, o transverso do abdômen aparece nessa região como um músculo coringa, capaz de “conter” a região lombar, permitindo então que os movimentos realizados pelo paciente não sobrecarreguem a região. Geralmente nos pacientes com dor lombar, esse agrupamento se apresenta inativo ou fraco.

Como trabalhar com nosso paciente?

Após identificarmos os músculos acometidos, podemos traçar os objetivos dos nossos atendimentos, tais como:

  • Alongamento de pelve trocanterianos
  • Fortalecimento abdominal e do transverso
  • Alongamentos dos ísquios
  • Ativação do transverso

Agora fica ainda mais fácil escolher exercícios que irão tratar nosso paciente da forma adequada.

Written by Bruna Mayer

Fisioterapeuta, pós graduada em Anatomia Humana e Biomecânica, pós graduada em Acupuntura, especialista em Reeducação Postural e Pilates, Coordenadora do curso RPG - RBC ( Reeducação Postural Global, pelo Reequilíbrio da Biomecânica Corporal), Certificação Internacioanal em Pilates Clássico Original pela Alves Pilates, Instrutora da Voll Pilates, Certificação Internacional em Pilates pela MK Pilates, coordenadora da clínica M.A Bem Estar e Saúde no Rio de Janeiro.

M.A Bem Estar e Saúde - Av. Franklin Roosevelt, 39 sala 805 - Centro Tel.: 3169-2976 e Rua Barão de Mesquita 482 - sobreloja - Tijuca tel.: 4108-6305
www.mabemestaresaude.com.br

8 posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *