Posted in:

Construindo uma nova postura corporal: uma abordagem do Pilates

como-corrigir-postura-pilates

A boa postura corporal é mais do que algo para melhorar a aparência. Reflete o movimento dinâmico do corpo humano, podendo afetar funções como digestão, respiração, evacuação, músculos, articulações e ligamentos.

Para se ter uma boa postura corporal, é preciso realizar a manutenção de três curvaturas normais da coluna (lordose cervical, cifose torácica e lordose lombar), que devem estar alinhadas e equilibradas. A presença de curvaturas da coluna vertebral aumenta a sua resistência aos esforços de compressão axial.

A resistência de uma coluna com curvaturas é proporcional ao quadrado do número de curvaturas, mais uma unidade, sendo R= N2 + 1.

O hábito e os benefícios

BOA-POSTURA-CORPORAL-1

Ter uma boa postura corporal faz parte de um hábito de treinamento e repetição. Esse hábito pode ser subconsciente da postura manifestada não apenas na postura na postura estática, mas muito também nos padrões cinéticos.

A repetição de uma ação imperfeita pode resultar em uma função cinética e padrões posturais imperfeitos, e repetidos podem tornar-se arraigados. Assim como o oposto, repetições de movimentos perfeitos geram padrões posturais perfeitos, como explicam JMD Greve e MM Amatuzzi.

Segundo Kapandji, quando temos uma postura corporal “boa” ou ideal, a linha da gravidade deve passar pelos seguintes pontos: apófise mastoide, extremidade do ombro, quadril e anteriormente ao tornozelo.

Algumas profissões, ou até mesmo simples rotinas diárias, favorecem o aparecimento de dores em regiões do corpo (pescoço, punhos, mãos, ombros e região da coluna cervical e lombar) devido à postura incorreta associada aos movimentos repetitivos e sedentarismo.

Uma postura corporal errada obstrui a respiração, tenciona os músculos e ligamentos e pode afetar as articulações da coluna, aumentando o risco de artroses e osteoporoses.

Tratamento para uma boa postura corporal

BOA-POSTURA-CORPORAL-3

Técnicas como Pilates e RPG (Reeducação Postural Global) são uma boa opção para corrigir a postura e evitar lesões. Para isso, é fundamental a presença de um instrutor qualificado. No caso do RPG, a técnica consiste em reorganizar os segmentos do corpo humano, corrigindo eventuais lesões e deformações do corpo.

O Pilates, por sua vez, baseia seu Método na anatomia humana, utilizando técnicas que utilizam o peso do próprio corpo, resistência das molas e acessórios na execução dos movimentos. As duas modalidades são eficazes não só na melhora da postura, como também na respiração. Os músculos adquirem maior tonicidade, as articulações tornam-se mais flexíveis e o corpo torna-se mais equilibrado, ereto e alongado.

Manole relaciona a musculatura abdominal com a manutenção da postura corporal. Segundo ele, a parede abdominal desempenha um papel decisivo no controle da postura da cabeça e do pescoço em diante.

Quando ela está enfraquecida, o diafragma deixa de ser tracionado para cima, fazendo com que a caixa torácica desça, enquanto as escápulas se aproximam e o úmero se põe em rotação interna. Assim, o fortalecimento da musculatura abdominal, com os exercícios de Pilates, contribui para colocar o tórax, o abdômen e a pelve na relação correta, minimizando os estresses anormais impostos aos tecidos adjacentes da coluna.

Com a certeza de que os músculos devem ser fortes e flexíveis para se manterem bonitos e saudáveis, o método Pilates fortalece os músculos fracos, alonga os encurtados e aumenta a mobilidade das articulações.

Movimentos fluídos são feitos sem pressa, com muito controle e consciência. O alinhamento postural é importante em todos os exercícios, ajudando na melhora da postura global do indivíduo (Bergamo, Hauashida, 2003).

Além disso, é uma técnica dinâmica, que visa melhorar a força, corrigir a postura, alongar, manter e/ou aumentar a flexibilidade, preocupando-se em respeitar as curvaturas fisiológicas do corpo.

Em uma pesquisa realizada no Studio One Pilates com 75 participantes, idades entre 19 e 78 anos, é possível perceber nitidamente os efeitos positivos do Pilates na postura corporal. Do total de alunos entrevistados, 66 fazem duas horas de Pilates semanais, 6 alunos fazem apenas uma hora e 3 exercitam três horas por semana.

Em uma pergunta simples: “qual a primeira mudança que você notou em seu corpo após começar a prática de Pilates? ”, conseguimos ver que a postura foi o principal beneficiado.

BOA POSTURA CORPORAL

Concluindo

Embora muito tenha se comentado sobre método Pilates, ainda se tem pouco conhecimento sobre os seus reais benefícios na saúde e a qualidade de vida de seus praticantes.

Apesar da escassez de pesquisas que abordem o método, percebe-se que as existentes são favoráveis a ele e que, de forma geral, a utilização desse método tem se justificado a partir de afirmações positivas na melhora da organização postural.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *