Junte-se a mais de 150.000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade!

Qual o seu melhor email?

Você é dono de um Studio e está inseguro no seu dia a dia? Ou faz parte daqueles que querem começar a empreender na gestão do Pilates, mas não sabe nem por onde começar e acha que todo mundo já faz uma administração incrível?

Sou Luana Bernardo, treinadora do Grupo VOLL e especialista em gestão, e nesta matéria vou te contar 3 segredos para uma gestão do Pilates de sucesso. Continue a leitura e confira!

3 segredos para uma boa gestão do seu Studio de Pilates

Planejamento é a base para qualquer gestão promissora, independente do segmento. Isso porque, com organização e controle de tudo o que acontece dentro do seu negócio, como saídas, entradas, gastos fixos e variáveis, é possível acompanhar como está a evolução da empresa, e neste caso, se a sua gestão precisa de aperfeiçoamento.

Por isso, o mais indicado, em primeiro lugar, é realizar consultorias, ler livros e buscar conhecimento acerca do mercado do Pilates.

Quer mais dicas de como ser assertivo e não repetir os erros mais comuns durante a gestão? Confira a seguir os três segredos que ninguém te conta na administração de um Studio.

1. A maioria dos Studios não faz uma gestão do Pilates

É isso mesmo que você leu! Alguns Studios infelizmente pecam nesse aspecto, fazendo uma gestão do Pilates muito solta, ou seja, não dão a devida importância em uma venda de prestação de serviço do qual o cliente possa esperar algumas obrigatoriedades.

Com isso, os gestores simplesmente vendem sessões avulsas, recebem à vista e não tratam essa gestão com responsabilidade.

Por isso, se você pretende abrir o seu empreendimento ou ficar de olho na gestão do seu espaço, você já está um passo à frente da concorrência. 

2. Falta de precificação

O segredo é que a maioria dos Studios não sabe precificar o valor. E claro, quando isso não é feito, certamente você não analisa a projeção de crescimento nem tem grande controle do seu fluxo de caixa

Então se você busca informações de assessoria de gestão e consegue precificar de forma correta a sua prestação de serviço, você também já vai sair à frente da sua concorrência.

Mesmo assim, ainda sente dificuldades na hora de organizar o financeiro do seu negócio? Aposte em um sistema de gestão. Com um software especializado, é possível fazer o controle comercial, das aulas, gerenciamento da manutenção dos aparelhos, automatização do processo, além de fidelização dos clientes.

3. A gestão do Pilates precisa que os Instrutores sejam valorizados

Esse último segredo é um dos mais importantes, já que alguns Studios cometem essa falha e deixam de valorizar seus instrutores, profissionais que estão no dia a dia do atendimento e que mais precisam de valorização e boas condições de trabalho. 

Esse processo começa desde a contratação de um instrutor. Durante a entrevista, cuidado ao focar apenas no currículo do candidato. Além de conhecer a rotina do profissional, você precisa de um colaborador que vista a camisa da sua empresa. 

Por isso, a dica básica é: Conheça os candidatos, faça perguntas que explorem seus conhecimentos técnicos a respeito da gestão e a forma que lida com alunos nas mais diferentes situações.

Após o período de contratação, se você continua sendo um líder com uma postura diferenciada, se preocupando com o bem-estar do seu time, certamente o Studio estará mais sólido e o cliente vai ficar satisfeito com a estrutura que você está oferecendo.

Conclusão

Você já tinha parado para pensar nesses pontos dentro da gestão do Pilates? Se sim, parabéns, você realmente está no caminho certo. 

Porém, caso esses itens não estejam dentro do seu planejamento nem da sua prioridade, a dica que eu te dou é focar nesses pilares para que o seu negócio prospere de forma humanizada e com grandes resultados.

Quer aprender mais sobre gestão e as principais estratégias para administrar seu Studio de uma forma assertiva e sem erros? Separei um conteúdo especial para você. Basta clicar aqui!