Junte-se a mais de 200.000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade!

Qual o seu melhor email?

É natural que com o envelhecimento ocorram limitações funcionais devido à diminuição da densidade óssea, da força e da massa muscular.

Entretanto existem evidências claras que, com estímulos adequados, os músculos dos idosos se tornam tão resistente aos exercícios quanto os músculos dos mais jovens, e que os idosos que praticam o Método Pilates apresentam ganhos de força muscular considerável, desde que sejam treinados adequadamente.

Por isso, preparamos esta matéria para mostrar tudo o que você precisa saber sobre Pilates para terceira idade:  benefícios, exercícios indicados, cuidados e contraindicações. Continue lendo e confira!

O que acontece com o corpo durante o envelhecimento?

O envelhecimento é o processo de desgaste do corpo (ou de células), depois de atingido a idade adulta, na qual ocorrem alterações biológicas, funcionais e psicológicas.

Com passar do tempo tendem a determinar uma acentuada perda da capacidade que o indivíduo possui de se adaptar ao meio ambiente.

Estamos preparados para envelhecer?

Muitas mudanças físicas que ocorrem com a idade afetam a aparência, o ganho de gordura generalizada, perda dos músculos, perda da estatura, má postura, pele seca, renovação mais lenta das células lubrificantes, pele pálida devida à perda de pigmentação, os vasos sanguíneos se tornam mais evidentes devido a afinamento da pele e outras no sistema psicológica e funcional.

A falta de atividade física associada ao aumento da idade cronológica, leva à perdas importantes na condição cardiovascular, força muscular e equilíbrio, que são responsáveis em grande parte pelo declínio na capacidade funcional.

Com o passar do tempo, o organismo humano sofre mudanças que podem ser consequências de micro traumas, de lesões e de patologias que acometem o tecido, tais como: diminuição da forca muscular, diminuição da massa óssea e muscular, maior índice de fadiga em menor tempo, diminuição do fluxo sanguíneo cerebral, diminuição da flexibilidade e agilidade, diminuição da mobilidade articular, do equilíbrio e da coordenação motora.

Pilates para Terceira Idade

O Método Pilates para terceira idade vem sendo estudado como atividade física para este público, justamente por apresentar um trabalho de força e resistência (molas/ gravidade), seguindo uma filosofia de consciência corporal em busca da harmonia entre corpo e mente.

 

“Um velho sem flexibilidade é um velho, um velho com flexibilidade é um jovem” – Joseph Pilates

 

 

Benefícios do Pilates para Terceira Idade

Alívio das dores nas costas

Os exercícios de Pilates para terceira idade, em ambos os sexos, apresentam importante contribuição no fortalecimento de músculos que protegem a coluna vertebral, como o transverso do abdômen, multífidos  e paravertebrais.

Isso auxilia para o ganho de uma melhor estabilidade da coluna vertebral e consequentemente redução das dores.

Melhora da Postura

Com o fortalecimento dos músculos que envolvem e protegem a coluna, a postura é melhorada, trazendo o melhor alinhamento corporal, principalmente na região lombar e cervical.

Prevenção de quedas

A melhora na mobilidade da coluna vertebral e nas articulações proporciona também a melhora da propriocepção, do equilíbrio e da coordenação. Assim são beneficiados na realização de suas atividades diárias, com segurança nos movimentos.

Diminuição da Depressão

Pilates para terceira idade também estimula a produção de certos hormônios relacionados ao bem-estar.

Exercícios de intensidade moderada e de longa duração, como uma aula de pilates de 50 minutos, fazem com que o corpo produza mais endorfinas.

Esses hormônios proporcionam bem-estar e prazer após a atividade física para pacientes depressivos isso gera equilíbrio no corpo, controlando a ansiedade, tristeza e medo.

Alívio do estresse

O cortisol é um hormônio conhecido como o hormônio do estresse. Todos nós possuímos e produzimos esse hormônio diariamente. O grande problema é quando passamos a produzir o cortisol em altos níveis.

O Pilates além de ser uma atividade física, ele é altamente recomendado para pessoas que tenham ou queiram evitar o estresse patológico. Isso ocorre porque o Método trabalha todos os músculos do corpo, tonificando-os e alongando-os.

Além disso a respiração é trabalhada e observada de uma maneira completa. O exercício físico combinado com a respiração correta diminui drasticamente o nível de estresse no organismo.

Manutenção do peso corporal e prevenção de sobrepeso

O Pilates é uma atividade física e como tal promove queima moderada de calorias em suas aulas. O gasto calórico em uma aula de Pilates pode variar entre 200 a 400 calorias.

Fortalecimento da Musculatura

No Pilates para terceira idade, o ganho de força vem predominantemente do próprio corpo, podendo fazer uso de acessórios ou de pesos livres.

Contudo o que diferencia o Pilates dos outros métodos é a qualidade de execução dos movimentos, da postura e da respiração.

Com a musculatura fortalecida, forma-se uma estrutura de suporte, responsável pela sustentação da coluna e órgãos internos. Também auxilia na qualidade dos movimentos diários, como caminhar, sentar, levantar, etc.

Melhora na qualidade de vida de doentes crônicos

A prática de Pilates para terceira idade melhora a qualidade de vida de quem sofre de doenças cardiovasculares, respiratórias crônicas e diabetes. Melhora também a força muscular, tornando-se mais operante ao esforço físico e aos próprios sintomas da doença.

Conclusão

Praticar Pilates para terceira idade é importantíssimo para envelhecer com saúde, pois o Método proporciona inúmeros benefícios que ajudam a melhorar a vida dos idoso.

Além de tudo, o Pilates vai ajudar o idoso a praticar outras atividades físicas, se tornando um indivíduo completo de saúde corporal e mental.

Lembrando que o idoso deverá realizar avaliação médica antes de iniciar qualquer atividade física e também uma avaliação física e postural com o instrutor de Pilates qualificado para assim poder realizar a atividade com segurança, pois mesmo o Pilates para terceira idade sendo de baixo impacto, a realização inadequada pode gerar grandes lesões.