Posted in:

Pilates para Todos: Aplicando o Método para Diversos Públicos

Pilates para Todos: Aplicando o Método para Diversos Públicos
Gostou? Avalie!

O Pilates é hoje uma das atividades físicas com maior diversidade de público, podendo ser praticado por pessoas de diferentes idades, estrutura física e com diversas patologias.

O método se destaca pela facilidade na aplicação de exercícios de fácil entendimento e com vários níveis de complexidade, de mais fáceis ao mais avançado, e todos podem se adaptar.

Atualmente existem inúmeras variações do método para grupos específicos ou atividades específicas, como por exemplo o Pilates Kids destinado a crianças em idade escolar. Ele pode ser aplicado em um estúdio de Pilates ou no ambiente escolar.

Também temos o Pilates voltado à gestante, idosos, pacientes que sofrem com dores de coluna, o Pilates Suspenso, entre outras categorias.

Como Surgiu o Pilates?

Não tem como falar de Pilates para todos se não citar o próprio Joseph Pilates.

Nascido em Dusseldorf, Alemanha em 1880 Joseph era uma criança de saúde muito frágil. Sofria com asma, raquitismo e febre reumática, e por isso dedicou-se a ter uma boa forma, estudando e se especializando em fisioculturismo, mergulho, esqui e ginástica.

No ano de 1912, Joseph Pilates se mudou para a Inglaterra, onde ganhava a vida como pugilista, artista de circo e treinador de autodefesa para detetives da Scotland Yard.

Apesar de ter treinado vários detetives ingleses, devido à sua nacionalidade alemã Joseph Pilates foi confinado pelas autoridades britânicas durante o período da Primeira Guerra Mundial. Durante este período de reclusão ele dedicou a usar o seu tempo para desenvolver suas idéias sobre saúde e aptidão física.

Ele ensinou a seus colegas de reclusão as técnicas que estava desenvolvendo (Método Contrologia que viria a se chamar futuramente Pilates) e afirmava que, por isso, nenhum deles morreu de influenza na epidemia de 1918.

Ao ser transferido para outro campo de concentração, ele se tornou enfermeiro e vigia. No campo, em Lancaster – que se iniciou o Pilates como o conhecemos hoje – Joseph pegou as molas das camas e desenvolveu equipamentos para reabilitar seus pacientes, utilizando de sua resistência para tonificar os músculos de seus pacientes, antes mesmo de poderem levantar.

Após o término da guerra, Joseph Pilates volta para a Alemanha e tem contato com Rudolf von Laban e Hanya Holm, conhecidos por serem pioneiros das técnicas de movimentos. Simultaneamente, Joseph Pilates trabalhava como treinador para a policia de Hamburgo.

Em 1926 ele realiza uma grande mudança em sua vida na qual foi determinante para expansão do método: ele se muda para Nova York para montar seu primeiro estúdio junto com sua esposa, Clara. Ela era enfermeira e incorporou os conceitos e exercícios de Joseph de modo que beneficiasse mais seriamente clientes doentes.

O método Pilates foi um sucesso nos EUA, principalmente entre os bailarinos – Martha Graham e George Balanchine foram os primeiros a aderirem ao método.

Os bailarinos, que em geral se lesionavam com certa frequência, descobriram no Pilates um Método para se reabilitar com mais rapidez durante um período que os efeitos terapêuticos da reabilitação imediata ainda não eram reconhecidos.

Nos anos 60 George Balanchine convidou Pilates para instruir suas jovens “ballerinas” do NEW YORK CITY BALLET.

Ainda há dúvidas de como Joseph Pilates morreu. Alguns dizem que ele faleceu em 1966 após o incêndio de seu estúdio por ter inalado fumaça negra. Outros dizem que ele faleceu cerca de 2 anos depois de Efisema Pulmonar por fumar muito charuto.

Clara Pilates deu aulas até 1970 falecendo em 1976.

Joseph Pilates deixou 5 discípulos que continuaram a ensinar o método. Sendo eles:

  1. Romana Kryzanowska
  2. Carola Trier
  3. Kathy Stanford-Grant
  4. Eve Gentry
  5. Ron Fletcher

Em 1970 Hollywood descobre Pilates através de Ron Fletcher. E hoje milhões de pessoas pelo mundo praticam o Pilates!

Princípios do Pilates

O Pilates se baseia em seis pilares:

1) Concentração

Preste atenção a cada movimento! Quando sua mente e o seu corpo trabalham juntos, você consegue fazer um programa de exercícios ideal.

2) Controle

Em outras palavras, movimento e atividade em controle levam a um conjunto de exercícios contraproducentes, sem objetivo.

3) Centro

O corpo humano tem um centro físico onde originam-se todos os movimentos. Joseph Pilates denominou esta área de ”centro de força” ou Power House.

4) Movimento Fluido

Este deve partir do centro de força para fora. Deve-se evitar movimentos rígidos e que cause trancos.

5) Precisão

Deve-se concentrar nos movimentos, caso contrário, estes serão executados de forma inadequada e eles perderão seu valor.

6) Respiração

Joseph sempre enfatizou a importância da respiração adequada durante os exercícios oxigenando o sangue e eliminando os gases nocivos.

Benefícios do Pilates

  • Melhora da Postura
  • Melhora da Qualidade de Vida
  • Melhora da Atenção
  • Melhora na Coordenação Motora
  • Melhora do Equilíbrio
  • Melhora da Lateralidade
  • Melhora da Força
  • Melhora da Concentração
  • Melhora da Respiração
  • Mudança no Estilo de Vida
  • Controle de Doenças como:
    • Hipertensão Arterial
    • Diabetes
    • Problemas Articulares
    • Dores Posturais
    • Entre Outras

Pilates para Todos

O Pilates é uma maneira de encontrar o equilíbrio entre corpo e mente.

Bom, quando falamos que o Pilates é para todos não estou de brincadeira. Vou começar por um grupo que gosto muito que é o Kids.

Apesar de trabalhar com adultos, às vezes recebo visitas em minha sala como a turma de balé do Estúdio, o que recorda que grande parte dos Elders eram bailarinos, como Romana Kryzanowska, Carola Trier, Kathy Stanford-Grant, Eve Gentry e Ron Fletcher.

Com esse histórico, o Estúdio Vibre não poderia esperar outra coisa de suas alunas que vira e mexe me dão a oportunidade de mostrar como o Pilates pode ser mágico. E o que elas mais gostam são exercícios que requer muito equilíbrio, disciplina e um pouco de adrenalina.

Como podemos ver abaixo, as pequenas não tem medo de nada e tiram de letra o Pilates Aéreo. Quando lhes solicito para fazer um alongamento com extensão de joelho, o famoso pé de bailarina e combinado com flexão da outra perna apoiada no buzu preparando para subir em uma ponte com apoio uni lateral de perna elas dão um show.

Agora é só dar uma bola para fazer uma flexão de braço, elas adoram!

Mas não é só nossas pequenas bailarinas que adoram e nesta sala temos os acompanhantes kids. Como o fofo do Enzo e sua avó Sandra. É isso mesmo as gerações se unhem  para Pilatear. Seja em um exercício de lateralidade e equilíbrio como em um exercício de membro inferior.

E a concentração toma conta da aula e tudo é levado muito a sério.

Continuando no grupo da melhor idade temos que aplaudir esta galera. O foco deste grupo é qualidade de vida e manutenção da sua principal máquina: o corpo.

Neste grupo, exercícios de fortalecimento de membro inferior é o foco principal pois se há independência de locomoção, há independência na vida.



Outro grupo que é bem ativo no Pilates é o pessoal que entra na fase adulta e que encontra no Método uma forma de equilibrar corpo e mente.

Seja executando um exercício de força, equilíbrio e abdução de perna no aéreo ou no reformer, como uma linda ponte com base uni lateral no bosu, ou exercícios de membro superior utilizando-se da bola e faixa elástica para executá-lo.

Não podemos deixar de fora as nossas gestantes. Este é um grupo muito especial pois temos que pensar que não são um, mais 2 alunos que temos sobre nossa responsabilidade. Todos os exercícios devem ser pensados e executados de forma que a gestante fique confortável e se senta bem ao executar, desde uma ponte do solo ou o footwork no step chair.

E para finalizar vamos voltar a galera mais nova, o grupo Teen.

Neste grupo estão os pré adolescentes e adolescentes que eles gostam desde exercícios mais básicos como fortalecimento de membro inferior no reformer, como de desafios com trabalho de força no cadillac.

Nessa faixa etária todos os desafios propostos são bem recebidos e cada aula é levada a um nível de dificuldade maior. Eles não tem medo de se jogar e experimentar o novo!

Concluindo…

O que podemos concluir é que não importa sua idade, o Pilates é para todos seja você jovem ou mais maduro ele sempre terá algo para agregar em sua vida.

Força, equilíbrio, e bem estar são alguns benefícios que esta prática pode trazer para você.

Hoje em dia existem vários estúdios, alguns especializados em trabalhar com determinados grupos específicos, outros trabalham com vários grupos. Mas no final o que importa são os resultados e benefícios que o Método pode trazer para você.

Então pratique Pilates sempre e não tenha medo de errar. Para aqueles que acham difícil vai uma foto final de incentivo. Esta é dona Maria José, esposa, mãe de 3 lindos filhos e avó de três lindas netas, com a quarta a caminho. Já chegou na casa dos 60 e continua cheia de disposição!

Written by Carla Martins de Moraes

Carla Martins de Moraes

□ Fisioterapeuta Formada pela UNIFESO
□ Fisioterapeuta na Clínica Inspirar
□ Coordenadora do Setor de Fisioterapia na ONG Lar de Margarida
□ Fisioterapeuta Voluntária na ONG Lar de Margarida
□ Instrutora de Pilates na ONG Lar de Margarida
□ Instrutora de Pilates Estúdio Vibre
□ Instrutora de Pilates e Fisioterapeuta na Fit Center
□ Fisioterapeuta (Hidroterapia Geriátrica, Ortopédica, Neurológica e Pediatra (especial))
□ Fisioterapeuta e Instrutora de Pilates na Mov Pilates
□ Fisioterapia Home Care Confiare
□ Curso Método de Pilates - Lemos Treinamentos
□ Jornada CET de Capacitação – Autismo e Inclusão
□ Curso Método de Pilates - Lemos Treinamentos
□ Técnicas Manuais em Fisioterapia Respiratória Aplicada ao Paciente Adulto e Pediátrico
□ “Integração Sensorial: Da Fisiologia à Prática Clínica para Pacientes Portadores de Disfunções Sensoriais”
□ Curso de Treinamento em BLS na VI Jornada SOCERJ de Fisioterapia em Cardiologia
□ Atendimentos Fisioterapêuticos aplicado no Campeonato Nacional de Dança em Teresópolis

2 posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *