Junte-se a mais de 150.000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade!

Qual o seu melhor email?

Joseph Pilates é o criador deste Método que ganhou seu sobrenome como nomenclatura por todo o mundo. O Método Pilates é conhecido originalmente entre os profissionais do movimento como Contrologia

Esta técnica de condicionamento físico tem influência inicialmente das artes marciais, yoga e o estudo pessoal de Joseph com movimentos naturais das crianças e dos animais. 

O Pilates possui como regra o desenvolvimento de corpo e mente através de seis princípios durante sua prática: concentração, centralização de força, controle, fluidez, precisão e respiração.

Com o passar dos anos, o Método se propagou por diversos países, tendo como principais adeptos indivíduos adultos que buscam a partir de sua prática inúmeros resultados relacionados a: tratamento e/ou reabilitação de alguma patologia, a busca por um corpo escultural, qualidade de vida, entre outros.

Porém, em 2006 nos Estados Unidos, uma nova modalidade do Pilates começa a ganhar visibilidade, no qual Fisioterapeutas e Profissionais de Educação Física participaram de uma campanha para a divulgação e introdução do Pilates nas escolas, com o intuito de reduzir a queixa de dores nas costas causadas pelo excesso de peso das mochilas escolares. Os resultados dessa ação foram positivos, e a partir daí inicia-se formatos de inclusão do Pilates Kids.

No Brasil, o desenvolvimento da metodologia com crianças vem sendo explorada e ganha força nos Studios convencionais. O número de adeptos no Pilates Kids cresce gradativamente, e os pais e familiares conseguem ter mais acesso a esta opção de atividade física aos seus pequenos.

Instrutores visionários incluem esta nova opção em seus Studios por se tratar de uma modalidade rentável, segura e divertida. 

Entre muitos benefícios, o Pilates Kids trabalha o corpo como um todo, enfatiza a melhora na postura e flexibilidade e proporciona experiências motoras que contribuem para um bom crescimento na infância.

Mas quais são os benefícios do Pilates Kids?

A prática do Pilates Kids na rotina da criança proporciona inúmeros benefícios, dentre eles:

  • Melhora da Atenção e Concentração: o que resulta principalmente em um melhor rendimento escolar e disposição para atividades habituais.
  • Melhora da Coordenação Motora: realizar exercícios de forma bilateral e unilateral, associando membros superiores e inferiores com ou sem acessórios, proporciona a criança respostas rápidas relacionadas a coordenação motora.
  • Melhora da Cognição: uma mente bem concentrada permite movimentos com fluidez e coordenação.
  • Melhora da Habilidade Motora: realizar movimentos funcionais semelhantes com atividades cotidianas junto aos aparelhos e acessórios, podem auxiliar na melhora de algum déficit motor que a criança possa vir a apresentar.
  • Melhora da Postura: postura essa por vezes prejudicada pelo peso excessivo das mochilas escolares, bem como do uso de aparelhos tecnológicos em abundância presente atualmente no dia a dia das crianças como tv, celulares, tablets e computadores. O Pilates Kids ensina a criança a ter consciência corporal e comportamental com sua postura dentro e fora do studio.
  • Melhora da Propriocepção e Equilíbrio: aperfeiçoar sua noção do próprio corpo no espaço e como se manter estável nos movimentos são heranças primordiais para longevidade.
  • Melhora da Interação e Socialização: crianças precisam ter contato com outras crianças, bem como ter diferentes experiências motoras e de vida! Tudo isso tornará este indivíduo mais independente e preparado para o futuro.
  • Trabalha a Consciência Corporal: podemos através do Pilates Kids proporcionar às crianças a noção sobre sua força e coordenação em diferentes movimentos.  A utilização da musculatura adequada evita compensações de movimentos, prejudiciais a sua saúde e crescimento.
  • Alongamento Muscular e Relaxamento: passar horas em uma única posição pode, além de trazer desvios posturais, intensificar encurtamentos muito frequentes na fase de crescimento. Os exercícios de alongamentos e rolamentos do Pilates trazem relaxamento e flexibilidade as estruturas. 
  • Evitar o surgimento de patologias: iniciar atividades físicas logo na infância é de extrema importância visto que, o consumo de calorias é cada vez maior, e como consequência disso a obesidade infantil e sedentarismo só aumentam com o passar dos anos.

Principais dúvidas sobre o Pilates Kids

Qual a idade mínima para praticar o Pilates Kids?

O Pilates Kids pode ser iniciado por crianças a partir dos 4 (quatro) anos de idade. Porém sua maturação para as sequências ainda é muito limitada. 

Logo, recomendo o início da prática a partir dos 7 (sete) anos, no início da segunda infância. Nesta idade as crianças já apresentam um melhor entendimento sobre o Método e compreensão para as combinações de exercícios.

Escolha sempre ser acompanhado por um profissional do movimento especializado para este público.

Como funciona o Pilates Kids?

Quando se trata de Pilates Kids a primeira coisa a se pensar é associar o lúdico aos exercícios, de forma que, através das brincadeiras, o instrutor consiga não perder a essência do método e aplicar sequências de forma segura e divertida.

É importante o studio estar preparado para este público com bolas de diferentes cores, opções variadas de acessórios e materiais didáticos do universo Infantil, a fim de chamar a atenção da criança e captar seu interesse a aula.

No Pilates Kids é de extrema importância também à turma ser somente de crianças, se possível da mesma faixa etária, sem adultos presentes realizando a mesma aula. Isso melhora o rendimento e interação entre elas.

O Método Pilates apresenta uma curiosidade: utilizamos em diversas bases nomes de animais. Associar esse aprendizado e brincar com as nomenclaturas estimula cada vez mais a parte cognitiva, tanto na parte de fixação do exercício, como o conhecimento de outra língua, visto que os nomes dos exercícios são todos em inglês. 

Considerando também que a interação do corpo e mente se faça cada vez mais conjunta e eficaz no desenvolvimento psicomotor da criança.

Como com qualquer pessoa que irá começar a prática do Método Pilates, é importante o instrutor realizar uma avaliação global do aluno, tanto na parte de musculaturas (encurtamentos), como também em articulações e ossos para que, com decorrer das aulas, possa-se acompanhar a melhora, principalmente, postural advinda da prática do Pilates Kids.

Como montar uma Aula de Pilates Kids?

Ao planejar uma aula de Pilates Kids, a primeira coisa a se pensar é qual a finalidade daquela criança estar ali, se é por alguma patologia que a mesma possui, se é porque os pais fazem Pilates e querem que os filhos também façam o Método ou se é uma forma de atividade física para trazer um bem-estar para a criança.

A partir daí é necessário programar uma aula que onde consiga abordar o Método inserindo ideias e opções de combinações lúdicas. Busque cursos específicos para este público e entenda como elaborar estratégias perfeitas para cada idade.

Ser instrutor de Pilates Kids exige paciência, dedicação e cuidado. A interação com a criança é contínua, e o atendimento se transforma a cada desafio. Seja maleável.

Insira musicalidade em seu ambiente. Escolha músicas do universo infantil e descubra quais as opções favoritas da criança. Isso faz com que o ambiente se torne cada vez mais leve e atrativo a este público.

Lembrando que cada criança possui suas restrições e limitações, podendo elas serem apresentadas fisicamente, psicologicamente, motora ou até mesmo estado ausente. O Pilates Kids será trabalhado como uma modalidade de atividade física preventiva, colaborando para um crescimento saudável e na melhora da qualidade de vida dessa criança.

Principais exercícios de Pilates para Crianças

No Pilates Kids podemos trabalhar exercícios com todos os aparelhos que fazem parte do studio, juntamente com os acessórios que não tragam riscos como: bola, disco de equilíbrio, rolos de espuma, acessórios de recreação, entre outros.

A seguir, proponho algumas opções de exercícios que estimulam a criatividade da criança, bem como inúmeras habilidades motoras:

  • Crab (caranguejo);
  • Frog (sapo);
  • Dolphin (golfinho);
  • Swan (cisne).

O processo evolutivo de coordenação da criança é rápido e prazeroso. Nunca se pode faltar desafios a este público. Devemos acrescentar exercícios de flexibilidade e alongamentos em todas as aulas, como:

  • Cat (gato);
  • Monkey (macaco).

Lembrando que cada criança e cada faixa etária possuem sua peculiaridade e restrição de movimentos. Seja cauteloso na escolha dos exercícios, e proporcione todos os benefícios que o Pilates Kids pode trazer a este público.

Principais cuidados com crianças durante as aulas de Pilates Kids

O principal cuidado ao ministrar aulas de Pilates Kids, sem sombra de dúvidas, é a prevenção de lesões e acidentes inesperados.

 Visto que as crianças manifestam interesse em contato com algo novo, e pelo uso de acessórios que na sua maioria das vezes são de bases instáveis, o instrutor deve estar sempre atento e próximo aos seus alunos durante cada exercício proposto.

É importante também informar não somente as crianças, mas também a seus responsáveis sobre a alimentação adequada pré-aula. É necessário comer alimentos mais leves antes das aulas de Pilates para evitar enjoos, náuseas e indisposição aos movimentos propostos. 

Outro cuidado importante também para se tomar é incentivar o uso de meias antiderrapantes por parte das crianças, pois esta evita escorregões e possíveis quedas indesejadas.

Conclusão

O Pilates Kids é um novo segmento do Método Pilates bastante utilizado nos países vizinhos e ganha cada vez mais força e visibilidade no Brasil.

O Pilates para crianças pode ser ministrado por Fisioterapeutas, Profissionais de Educação Física e Terapeutas Ocupacionais, desde que ambos possuam a formação completa em Pilates.

É de extrema importância a avaliação inicial antes de começar a praticar o Método com este público. E não se esqueça de desenvolver o Pilates para crianças de forma lúdica, sem perder a essência da Contrologia.