Junte-se a mais de 200.000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade!

Qual o seu melhor email?

Você, que trabalha com Pilates, já se perguntou qual seria uma boa maneira de se diferenciar de outros profissionais? O Método Pilates é, sem dúvidas, uma ótima opção para reabilitação e condicionamento físico. também é muito versátil, pois podemos realizar exercícios de Treinamento Funcional nos equipamentos de Pilates.

Ele atende tanto alunos que apresentam alguma patologia ou aqueles que buscam se exercitar. Mas isso nem sempre é o suficiente para conquistar qualquer aluno para seu Studio.

Ouço com frequência pessoas me pedindo variações de exercícios para usar em sua aula. Você sabia que, além dessas variações dos exercícios típicos do Pilates, podemos usar também movimentos de outras modalidades?

Uma boa ideia para aumentar sua reputação como profissional e ainda atrair mais clientes é combinar o Pilates com Treinamento Funcional.

O Treinamento Funcional é uma técnica que ganhou notoriedade por utilizar exercícios que trabalhem as musculaturas do corpo de maneira integrada. Ele pode trazer diversos benefícios para seu aluno como: melhora de flexibilidade, resistência muscular e coordenação motora.

Está pronto para começar a usar exercícios de Funcional em suas aulas de Pilates? Então continue lendo e confira uma seleção de dicas para adaptar os exercícios do Funcional para aparelhos e acessórios de Pilates.

Dica para explicar os exercícios de Treinamento Funcional nos equipamentos de Pilates

Muitas vezes encontramos dificuldades na hora de explicar para o aluno como realizar o exercício. Sempre tem aquela pessoa que não entende de jeito algum e nos dá muita dificuldade, você já encontrou alguém assim?

Mas não se desespere, mesmo que seu aluno tenha dificuldade extrema ele pode aprender.

Antes de ensinar um exercício complexo, recomendo começar com exercícios similares que trabalhem a musculatura necessária. Algumas vezes seu aluno não consegue realizar determinado movimento por falta de preparação para isso.

Então fortaleça as musculaturas que serão trabalhadas naquele movimento complexo antes e só depois de realizada toda essa preparação ensine-o.

Outro problema comum é dar as instruções só quando o aluno começa a realizar o trabalho. Na verdade, devemos explicar duas vezes, uma antes e outra durante a execução.

Durante a primeira explicação, o aluno mentaliza o movimento e imagina como deve realizar. Dessa maneira o corpo e a mente conseguem compreender antes de colocar em prática.

A segunda explicação serve para lembrar o aluno durante a execução. Nessa parte também devemos corrigir e auxiliar nossos pacientes caso cometam erros, mas se a primeira instrução for dada corretamente a possibilidade de errar é bem menor.

Exercícios no Cadillac

O Cadillac é um aparelho extremamente útil e versátil. Uma de suas muitas vantagens é ser elevado, facilitando o trabalho com pacientes que têm dificuldades nas articulações e sentem dores ao abaixar.

Joseph Pilates, o pai do Método, foi seu criador e até hoje ele é um dos equipamentos mais comuns em todos os studios.

No Pilates tradicional utilizamos o Cadillac para fazer dezenas de exercícios que auxiliam na flexibilidade, correção de movimento e tonificação muscular. Agora vou explicar como realizar um pouco de Funcional no mesmo equipamento.

Com o Cadillac podemos usar vários exercícios de Treinamento Funcional no Pilates. O agachamento, por exemplo, pode ser adaptado para o equipamento usando uma barra torre

Confira abaixo dois vídeos com alguns exercícios adaptados para este versátil equipamento do Pilates.

 

Exercícios no Reformer 

O Reformer também é um dos equipamentos clássicos do Pilates criado por Joseph Pilates. A intenção era realizar exercícios na horizontal para aliviar estresse e tensão nas articulações.

Atualmente ele é bastante popular e usado por instrutores e studios que buscam um atendimento personalizado. Ele trabalha com molas que são ajustadas a níveis e intensidades diferentes.

Essa criação de Joseph Pilates é tão fantástica que nós conseguimos adaptar muitos exercícios do treinamento funcional nela. Na verdade, conseguimos usá-la para vários exercícios de Treinamento Funcional, o Reformer nos dá infinitas opções de exercícios eficientes e funcionais.

Confira alguns exercícios nos vídeos abaixo.

 

 

Exercícios na Chair

A Chair é um equipamento muito importante nos exercícios de Pilates. Seu formato é especificamente desenhado para possibilitar trabalho e fortalecimento de cadeia superior e inferior, tornando-a bastante versátil e eficiente.

Os exercícios nesse equipamento conseguem fortalecer membros superiores, braços e ombros, mas sem excluir o trabalho de membros inferiores.

Seus alunos podem utilizá-las para movimentos de Treinamento Funcional que trabalhem essas regiões. Também podemos aliá-la a uma Theraband para complementar alguns exercícios.

Separei 12 dicas de exercícios de Treinamento Funcional na Chair abaixo, continue conferindo.

Exercícios no Barrel

O Barrel foi criado por Joseph Pilates baseado no cavalo da Ginástica Olímpica. Ele é ótimo para exercitar a musculatura da power house, extensão e flexão de coluna, glúteo, coxas e pernas.

O equipamento apesar de não ter partes móveis como nos outros, ele pode ser usado para diferentes tipos de alunos. Uma parte muito importante desse equipamento é o mini espaldar que ele possui, isso nos dá a possibilidade de aplicar muitos exercícios do Treinamento Funcional em um equipamento de Pilates.

Para aumentar ainda as funcionalidades do Barrel, sugiro usar uma banda elástica, como faço em alguns dos próximos exercícios.

Exercícios com banda elástica

Quem não usa equipamentos de Pilates, mas ainda quer trabalhar exercícios funcionais em suas aulas tem algumas boas opções. É possível realizar exercícios de Treinamento Funcional nos equipamentos de Pilates. Uma delas é a banda elástica, que vale a pena em questão de custo benefício e usabilidade.

A banda elástica é bastante utilizada na fisioterapia e no Pilates para reabilitação. Os exercícios de Treinamento Funcional feitos com ela possuem uma vantagem de impor um pouco de carga ao movimento.

Conclusão

Agora você já sabe que é possível realizar exercícios de Treinamento Funcional nos equipamentos de Pilates.

Todos esses exercícios podem ser utilizados em aulas de Pilates ou qualquer tipo de condicionamento físico. O Treinamento Funcional não deve ser usado como algo exclusivo de atletas ou quem pratica uma atividade física mais pesada. 

Minha recomendação é nunca se prender a uma única metodologia. Nenhum método ou exercício é perfeito e deve ser aplicado em todos seus alunos. Essa é a maneira errada de tratar os clientes.

Avalie as características individuais do paciente e decida se usar exercícios de Treinamento Funcional é o ideal ou não. Essas dicas são simplesmente sugestões.


























Banner Circuito TF