Junte-se a mais de 150.000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade!

Qual o seu melhor email?

Avaliar corretamente e de maneira adequada um aluno ou paciente faz toda a diferença para um tratamento mais efetivo e isso não é diferente quando se trata da avaliação no Método Pilates.

É a partir dessa análise que o instrutor chega ao planejamento de exercícios e, consequentemente, aos objetivos que deverão ser alcançados.

Continue lendo esta matéria e conheça e conheça os motivos e os principais detalhes para realizar uma boa avaliação no aluno de Pilates!

Como realizar uma boa avaliação no Método Pilates?

É muito importante que o instrutor converse com o seu aluno tanto antes quanto durante e até mesmo depois da atividade física realizada, especialmente para coletar informações que, muitas vezes, passaram despercebidas.

Outro passo fundamental é analisar todo o histórico clínico do aluno, assim como seus exames de imagem.

Diferentes tipos de avaliação

Existem diferentes tipos de avaliação e conhecer cada um deles faz toda a diferença para um trabalho ainda mais efetivo. São eles:

Avaliação postural

Aqui, o instrutor deve analisar detalhadamente o aluno. Tanto em movimentos habituais do dia a dia quanto em movimentos específicos, é possível notar se existem graus de desvio e quais são as consequências desses graus de desvios.

Avaliação do movimento

Avaliar o movimento possibilita que haja o diagnóstico de uma patologia e, por consequência, qual será o seu tratamento. Aqui, é interessante pedir que o aluno realize movimentos funcionais.

Avaliação funcional

Com a avaliação funcional, é possível notar se existem posturas compensatórias, disfunções musculares e até mesmo quais são os vícios de movimentação que podem prejudicar a qualidade de vida do aluno.

Avaliação psicológica

Avalie se o aluno possui histórico de lesões, patologias e dores e quais as chances de fatores psicológicos como ansiedade, depressão e estresse terem influência.

Por que é importante realizar uma boa avaliação no Método Pilates?

Ao realizar uma boa avaliação no Método Pilates é possível perceber o que afeta o aluno, quais são as suas limitações, dificuldades, necessidades e como todos esses fatores estão atrapalhando no desenvolvimento de atividades diárias.

Também é fundamental avaliar o que há de positivo e o que pode ser utilizado em favor da melhora do aluno, chegando ao como fazer e, dessa forma, aumentando as chances de mantê-lo motivado a continuar se desafiando e progredindo com os exercícios que forem propostos.

Conclusão

O processo de avaliação no Método Pilates não é diferente do que encontramos no Treinamento Funcional e também em tratamentos fisioterapêuticos.

Para uma avaliação efetiva e que traga resultados e satisfação para o aluno, tudo deve ser feito com calma e com atenção aos detalhes.