Junte-se a mais de 200.000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade!

Qual o seu melhor email?

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), atividades físicas moderadas e regulares, como o Pilates, reduzem de 20% a 25% o risco de patologias cardíacas, além de diminuírem a gravidade de deficiências associadas a cardiopatias e outras doenças crônicas.

A atividade trabalha corpo e mente, auxiliando o praticante no aumento da capacidade respiratória, ganho de consciência corporal e maior oxigenação sanguínea durante o exercício, aumentando com isso o funcionamento cerebral.

Para entender melhor sobre como o Pilates atua nas patologias cardíacas e em pacientes cardiopatas, continue lendo!

A atuação do Pilates nas patologias cardíacas

Segundo os fisioterapeutas a prática dos exercícios do Pilates eleva os batimentos cardíacos, levando sangue rico em oxigênio para todas as fibras musculares. Esse processo ajuda a reverter disfunções nos vasos sanguíneos e, por aumentar o consumo de oxigênio no sangue, melhora a produção de energia no músculo. Além disso, auxilia a função respiratória por trabalhar a musculatura do local.

A prática do Pilates também ajuda no aumento da massa magra e, consequentemente, da força muscular, o que gera uma melhora na funcionalidade e diminui os fatores de risco cardíacos. 

Os problemas do coração associados à falta de exercício físico contribuem para o aparecimento de dores musculares, diminuição da capacidade funcional e cansaço. Nesse sentido o Pilates é um ótimo aliado.

Exercícios para patologias cardíacas

Ponte 

bridge

Deitada em decúbito dorsal, braços ao longo do corpo, joelhos flexionados pés apoiados no chão. Iniciando elevando o quadril retornando à posição inicial.

Abdominal com elevação dos membros superiores

patologias-cardiacas-utilizando-exercicios-de-pilates-no-tratamento

Em decúbito dorsal, eleve a cabeça e os ombros flexionando o quadril e joelhos flexionados a 90º enquanto segura uma bola suíça com as mãos próximas aos joelhos. Retorne à posição inicial.

Footwork no reformer – série de pernas em supino

footwork-no-reformer

Decúbito dorsal, braços ao longo do corpo, pés na barra de pés, joelhos e quadril flexionados a aproximadamente 90º. Inicia o movimento empurrando a barra de pés, estendendo o quadril e joelhos voltando à posição inicial.

Gato no solo ou Cadillac 

cat-alongamento

Posição de gato, flexione a coluna elevando o tronco e posteriormente estenda a coluna. Esse exercício trabalha a mobilidade da coluna e o fortalecimento do abdômen.

Trabalho de perna em pé na Chair

trabalho-de-perna-na-chair

Em pé de frente para os pedais e com uma só perna pressiona o pedal para baixo estendendo quadril e joelhos, lentamente com controle da coluna e pelve, retorna a posição de início.

Single leg circle 

one-leg-circle

Inicia-se em decúbito dorsal com uma perna flexionada e a outra estendida paralelamente ao solo. São realizados movimentos de circundução do quadril com um dos joelhos em extensão, sendo a fase expiratória realizada no momento de maior produção de força e a fase inspiratória no momento subsequente.

The roll up 

the-roll-up-patologias-cardiacas-utilizando-exercicios-de-pilates-no-tratamento

Rolar para cima compreende um movimento que exercita o power house e alonga os isquiotibiais. Para a realização deste movimento o indivíduo permanece em decúbito dorsal com os joelhos unidos em semiflexão, com as plantas dos pés apoiadas no solo e os braços estendidos ao longo do corpo.

Spine stretch forward

patologias-cardiacas-utilizando-exercicios-de-pilates-no-tratamento

Alongamento da coluna para frente fortalece a musculatura abdominal profunda articulando a coluna e proporcionando um alinhamento postural adequado mediante o alongamento das cadeias anteriores e posteriores. Inicia-se o movimento na posição sentada com os membros inferiores em extensão e os membros superiores em flexão com a coluna ereta em auto crescimento.

Hundred 

the-hundred-patologias-cardiacas-utilizando-exercicios-de-pilates-no-tratamento

É um exercício de respiração que visa aumentar a circulação sanguínea corporal e prepará-lo para os próximos movimentos.

Alongamento – série de William’s

Realizar os exercícios de alongamento das série de William’s.

Conclusão

O Pilates promove diversos benefícios aos pacientes cardiopatas. Além de fortalecer as musculaturas do corpo, ele contribui para a consciência corporal, fazendo com que o aluno esteja mais conectado com o próprio corpo e suas necessidades. Apesar de serem simples, todos os exercícios devem ser realizados com acompanhamento de um profissional. 

Gostou do nosso conteúdo? Então continue nos acompanhando e nos conte nos comentários o que você gostaria de ver por aqui!