Posted in:

Há 18 anos perdíamos a incrível Elder e bailarina alemã Carola Trier

Há 18 anos perdíamos a incrível Elder e bailarina alemã Carola Trier
Gostou? Avalie!

Carola Trier foi uma bailarina que fugiu do campo de concentração durante a 2ª Guerra Mundial e foi exercer sua profissão nos EUA. Foi em 1950 que ela conheceu Joseph Pilates, se encantou por seu método e tornou-se uma  grande Elder.

Nascida na Alemanha, Carola teve uma trágica trajetória durante a Ascensão do Nazismo na Europa do século XX. Precisou se refugiar na França e chegou a ser presa em um campo de concentração. Isso, antes de seu visto como refugiada ser aprovado e ela deixar o continente para viver nos EUA.

Carola Trier passou a ganhar a vida nos palcos com seu show de patinação, até sofrer uma grave lesão no joelho em 1950. O Dr. Henry Jordan, especialista em ortopedia que a tratou no Hospital Lenox Hill, sugeriu que ela fosse ao estúdio de Joseph Pilates para reabilitação.

A bailarina ficou extremamente fascinada com a eficiência do Método Pilates. Tempos depois ela foi convidada, pelo próprio Joseph, a se tornar aluna de seu método. Abaixo fizemos uma linha do tempo especial sobre Carola! Vamos  ver?

Carola Trier

Concluindo…

É inegável a importância de Carola para a história do Pilates! Além de ser uma excepcional bailarina, Carola contribuiu, e muito, para a evolução do Método Pilates!

Carola Trier combinou suas experiências médicas e de Pilates para desenvolver vários exercícios. Técnicas de alongamentos para dançarinos que ainda estão em uso!

Ela dirigiu seu ateliê de Nova York com sucesso até se aposentar em 1986. Seu trabalho no campo da reabilitação foi a base para o Método Pilates a ser usado naquela área.

Carola Trier treinou muitos professores de Pilates, entre eles alguns dos mestres mais influentes do mundo atual de Pilates: Lolita San Miguel, Alan Herdman, Débora Lessen, Jillian Hessel e muitos outros.

Sentimos muita falta da profissional incrível que Carola Treier foi!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *