Junte-se a mais de 150.000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade!

Qual o seu melhor email?

O Método Pilates, como é de conhecimento geral, é aplicado tanto por Fisioterapeutas quanto por profissionais de Educação Física.

Os profissionais de Educação Física possuem uma base teórica e prática que permite que o Método seja aplicado não somente em Studio e aulas de Pilates, mas seja expandido e contribua para melhorar a qualidade do serviço como Personal Trainer, por exemplo.

Se você é profissional de Educação Física e apenas ouviu falar sobre Pilates, viu algumas publicações na internet, está na hora de experimentar. E eu estou aqui para te ajudar com isso.

Leia este artigo até o final e pense novamente sobre o Pilates para profissionais de Educação Física. Certo? Vamos lá.

Pilates para profissionais de educação física

Antes de mais nada, você precisa obter duas informações: primeiramente sentir como é a atividade. Em segundo lugar, entender e poder explicar o que é, caso algum aluno questione.

Muitas pessoas estão procurando uma atividade para praticar e, influenciadas por médicos ou conhecidos, as oportunidades do mercado estão se abrindo, os alunos pesquisando.

__CONFIG_colors_palette __ {"active_palette": 0, "config": {"colors": {"62516": {"name": "Main Accent", "parent": - 1}}, "gradients": []}, " paletas ": [{" nome ":" Paleta padrão "," valor ": {" cores ": {" 62516 ": {" val ":" rgb (19, 114, 211) "," hsl ": {" h ": 210," s ": 0,83," l ": 0,45}}}," gradientes ": []}}]} __ CONFIG_colors_palette__
EU QUERO BAIXAR AGORA

Sou graduada em Educação Física pela UNESP desde 2007. Eu não tive contato com Pilates durante a faculdade, e este conteúdo está ainda distante da realidade acadêmica, apesar de ser assunto em Pós Graduações e possuir diversas pesquisas publicadas.

Isso me faz pensar: como nossa área está em constante evolução e estudo. E quando menos esperamos, surge uma nova forma de aplicar exercícios, com novo nome, enfim… é uma evolução constante.

O mercado de trabalho

Se a intenção do profissional for ingressar numa nova área dentro de sua formação, o Método Pilates oferece uma extensa lista de lugares em que há procura por profissionais autônomos, como cruzeiros marítimos, hotéis, spas, resorts, que além de oferecer recreação, também possuem academia e Studio de Pilates – e, nesse caso, a procura por profissionais depende das altas temporadas e da procura.

Onde há concentração de pessoas, oferecer serviços de Pilates pode ser bem atrativo. Empresas, academias, condomínios (predial ou residencial) e clubes (recreativos e times desportivos) são alguns exemplos.

Atualmente os grandes times de futebol tem apostado em exercícios de Pilates e funcionais para melhorar o rendimento dos atletas, fortalecer a musculatura estabilizadora do tronco (muito ativada nos treinos e jogos) e reduzir o índice de lesões e afastamento dos treinos

Um profissional autônomo pode prestar serviços em vários lugares e possuir o seu próprio local de trabalho, por isso o método traz um leque de opções para o educador atuar e obter sua independência financeira.

‏Rendimentos extras 

Um profissional diferenciado e com capacidade de se adequar as diversidades que a Educação Física proporciona será bem remunerado pelo conhecimento que aplica e que demonstra resultados satisfatórios.

‏Estamos vivenciando uma fase na economia que exige da maioria dos brasileiros um reajuste nas decisões a serem tomadas, e alguns seguimentos considerados “supérfluos” estarão na lista de cortes de gastos.

Para uns, academia pode ser um item dispensável, mas para outros não.

Em contrapartida, a preocupação com a saúde e bem estar se mantém, apresentando uma boa notícia para os profissionais da área.

Os locais que apresentam um atendimento diferenciado e agradam seus clientes possuem uma maior fidelidade, e a crise, nem passa perto.

Pense: quem não quer viver mais tempo? Viver mais e com saúde? Quantos clientes você sabe que o médico mandou realizar uma atividade física? Quanto custa sua saúde?

Educador físico: trabalhando com diferentes públicos no Pilates

O professor de Educação Física é conhecido pela versatilidade e criatividade, e mais do que isso, profundo conhecedor de diversos esportes e práticas corporais.

O constante e elevado crescimento do número de praticantes do Método Pilates gera a certeza que cada vez mais haverá oportunidades de ingressar e se manter trabalhando na área.

O público se tornará cada vez mais exigente e o mercado estará a procura de profissionais que estejam preparados.

A seguir, alguns públicos que o profissional da Educação Física pode atuar e aplicar o Método Pilates.

‏Crianças e adolescentes

Atuando com Pilates desde 2008, acompanho a procura pela prática e observo que educadores possuem um dom especial para lidar com crianças, e há uma busca por profissionais criativos e recreativos.

Muitas mães querem colocar seus filhos em atividades físicas, se possível, realizar junto com eles, devido ao tempo livre reduzido, e para praticarem algo que também proporciona benefícios para elas.

Ministrar aula para mãe e filho não é novidade, desde a gestação, passando pela fase pós parto, em que a mamãe não quer deixar a atividade, e quer que a criança esteja presente, até a adolescência.

Crianças e adolescentes com alterações posturais que realizam aulas de Pilates, melhoram muito o alinhamento corporal, muitos estudos tem comprovado.

Crianças especiais também podem realizar essa atividade, adaptada às suas necessidades.

Atletas

Bailarinos e artistas circenses foram os primeiros a provarem os “milagres” do Método de Joseph Pilates, e hoje, com a difusão no mundo todo, muitos esportes tem recorrido a essa prática para potencializar ou recuperar lesões de atletas de alto rendimento.

Existem estudos e uma divulgação crescente do uso do Pilates por nadadores, maratonistas, ciclistas, triatletas, jogadores de handebol, futebol, e representa um fortalecimento extra, sem impacto, que pode recuperar lesões e equilibrar a musculatura, tornando o atleta cada vez mais saudável.

Em fotos divulgadas na internet, podemos ver o time do Bayern de Munique realizando alguns exercícios, ainda sob o comando de Pepe Guardiola.

Um profissional será muito valorizado se, conhece bem o esporte e aplica o Método de forma consciente, respeitando a periodização e ciclos de recuperação. Para o atleta e para o clube, o resultados positivos, não tem preço.

Idosos

A partir dos 30 anos de idade (essa realidade é triste), nosso corpo inicia o declínio de todas as suas funções, mas a realização de atividade física regular, “diz” ao seu corpo para combater a velocidade da queda, avisando que há uma necessidade de manter-se ativo e jovem.

Muitos estudos comprovam a eficácia dos exercícios na luta contra o envelhecimento.

Sarcopenia, osteopenia, osteoporose, complicações cardiovasculares, diabetes são patologias comuns no processo de envelhecimento, que são atenuadas com a prática de exercícios regulares, existem muitos estudos com idosos comprovando a eficácia do Método para essa população, além de proporcionar melhora de funções que estavam perdidas.

O clássico exemplo do amarrar os sapatos, que parece simples, para quem não conseguia mais e depois do Pilates, voltou a conseguir, representa um avanço para o aluno e para o professor, que através da utilização do Método, colhe frutos no cotidiano dos alunos, com a transferência de aprendizagem e alcançando os objetivos e indo muito além das expectativas.

Avaliação constante

Avaliar e reavaliar constantemente é um mecanismo, pelo qual, nossos alunos podem ver, tudo o que está acontecendo com seu corpo, inclusive o aumento na altura, com a melhora da postura, alongamento da coluna alcançado com as aulas.

O Método proporciona uma aplicação evolutiva, ou seja, a cada ciclo, é possível aumentar a dificuldade dos exercícios e desafiar os limites do seu aluno, com segurança.

Tire as conclusões necessárias para traçar o novo plano de aulas para surpreender seu aluno e alcançar novos objetivos.

Assim, a cada reavaliação ele reconhece que seu trabalho é satisfatório e será fiel, além de indicar novos alunos, o que contribui para estar em ascensão no mercado do Pilates.

Afinal, quem não quer obter sucesso na profissão que escolheu?

Concluindo…

Existe um mercado de trabalho em expansão e constante crescimento, que condiz com as expectativas de um público exigente.

Quero abrir os olhos dos profissionais que ainda não atuam com Pilates, que possuem somente alguma opinião sobre o Método, experimentem!

Além de surpreender com o que ele pode fazer pelo seu corpo, neste artigo, listei lugares e públicos variados que podemos atender. Se a palavra da vez é criatividade na crise, invista no ramo que mais cresce!

O que achou desse artigo? Tem algo a acrescentar? Conta pra gente!