Posted in:

Exercícios Acrobáticos no Pilates: Como devo trabalhar com meus alunos?

Muitos alunos que buscam o Pilates questionam seus instrutores sobre os exercícios acrobáticos que visualizam em redes sociais por famosos ou pessoas da área.

Esses exercícios acrobáticos mostram o Pilates como uma técnica prazerosa e desafiante ao mesmo tempo. Vale à pena lembrar que no Pilates não são executados apenas exercícios com tamanha dificuldade e sim os indicados para cada tipo de aluno, o seu objetivo e necessidade.

Deixar os aluno de cabeça para baixo ou fazer uma pose com cambalhota para foto não é a única maneira de desafiá- los.

O objetivo deste texto é orientar instrutores sobre os riscos e a maneira correta de aplicar os movimentos de exercícios acrobáticos durante suas aulas.

Desmistificando os Exercícios AcrobáticosExercícios-Acrobáticos-2

O exercício acrobático é uma modalidade de movimentos que chama atenção por sua beleza e modo desafiador de execução dos exercícios.

Aliás, a beleza é uma das características mais atrativas dos exercícios acrobáticos, pois o aluno procura realizar com perfeição e fluidez para que seja evidenciada no movimento. Tem uma influência circense, com a qual o criador do Método, Joseph Pilates, teve contato quando jovem.

Essa modalidade tem como objetivo trabalhar o equilíbrio, força e coordenação em posturas de bases menores ou instáveis com grandes amplitudes de movimentos, quanto menor sustentação tiver o corpo, mais difícil será sua execução.

Os exercícios acrobáticos são realizados nos aparelhos originais do Pilates ou no solo com ou sem a utilização de acessórios. Porém, nem todos os movimentos mostrados hoje em dia em vídeos e fotos nas redes sociais são exercícios clássicos, mas nada impede que sejam incluídos nas aulas de Pilates.

São destinados a alunos que já tenham um nível avançado no Método Pilates, ou seja, que além de força ele consiga manter resistência e constância dos exercícios, estabilidade lombo pélvica, flexibilidade e controle abdominal.

Se o aluno não estiver preparado, pode haver alguns riscos de lesões musculares ou até mesmo sobrecarga em estruturas essenciais como a coluna vertebral.

Princípios do Método PilatesExercícios-Acrobáticos---Concluindo

Além disso, tais exercícios respeitam os mesmos seis princípios dos demais exercícios do Método Pilates explicados abaixo:

Concentração

Faz com que você realize os movimentos com atenção, com o devido controle visual, inclusive durante a transição entre um exercício e outro. Trabalha bem a memória, a inteligência, a criatividade, a intuição e ajuda a desestressar.

Centralização

O desafio da centralização durante toda a execução é manter estabilização de cinturas escapular e pélvica, a ativação de músculos estabilizadores como transverso do abdômen, multífidos e glúteo máximo, além de um alinhamento biomecânico.

Precisão

Essa precisão nos leva a realizar diversos ajustes posturais e assim manter a qualidade do exercício. Otimização da aplicação das tensões musculares, muito importantes para a execução dos movimentos. Integra funções tátil- cinestésicas, visuais, auditivas e proprioceptivas.

Respiração

A respiração deve ser sempre sincronizada com o movimento, uma inspiração natural e expiração forçada para potencializar a ativação do “Power House”, ou “casa de força”, “centro de força”. Existe uma dinâmica respiratória que ajuda o aumento da capacidade pulmonar protegendo também contra doenças respiratórias.

Controle

O verdadeiro controle muscular significa não realizar movimentos descuidados, evitando contrações musculares inadequadas ou indesejáveis. Trabalha também estímulo de funções cerebrais, como planejamento e autocontrole.

Fluidez

A fluidez do corpo deve ser respeitada com movimentos equilibrados e contínuos, desta maneira os músculos se movimentam na fase concêntrica e excêntrica do movimento protegendo o organismo de possíveis lesões.

O instrutor deve perceber quando este aluno tem uma maturidade neuro-motora, consciência corporal e noção de espaço necessária ao ponto de dominar todos os princípios do Método em exercícios básicos para em seguida, realizar os exercícios acrobáticos de modo seguro, efetivo e sem possíveis complicações.

Sendo assim se o aluno realiza o movimento descontrolado, sem qualidade, sem ativação do powerhouse, sem equilíbrio ele não está preparado para a execução.

Exercícios Acrobáticos durante a Aula de PilatesExercícios-Acrobáticos

Para a realização dos exercícios acrobáticos durante a aula de Pilates é importante que o instrutor comece com exercícios de aquecimento, pois o corpo precisa estar aquecido para melhor execução dos movimentos de alta complexidade.

Exercícios simples com mobilizações de cinturas escapular e pélvica além da mobilização coluna, isso ajuda o aluno organizar seu corpo e o deixa mais confiante durante toda aula.

Quando estiver no ápice da aula é que se deve introduzir os exercícios acrobáticos, além disso, é extremamente importante demonstrar ao aluno e explicar passo a passo, como executar, onde deverá concentrar a força e como será o controle e a velocidade do movimento e também manter- se perto para passar a ele segurança e fazer possíveis correções.

Outro ponto considerável é questioná- lo sobre medo de altura ou de ficar de cabeça para baixo em determinados movimentos, quando ficamos de ponta cabeça, perdemos um pouco o senso de direção e de onde se encontra o nosso corpo no espaço.

Preparar a aula e praticar o movimento antes de ensiná- lo, assim haverá uma percepção do que o aluno irá sentir e que dificuldades ele poderá ter.

Caso não esteja tudo bem na execução do exercício, significa que o aluno não estava preparado o suficiente para tal esforço. Uma boa alternativa é adaptar o movimento caso o aluno não consiga realizar os movimentos na primeira tentativa.

Resumindo, a melhor maneira de aplicar os exercícios acrobáticos com responsabilidade é respeitando o limite de cada um, analisando o aluno como um ser individual, pois cada um tem sua limitações ou patologias.

Benefícios dos Exercícios Acrobáticos

  • Fortalecimento de toda a musculatura estabilizadora
  • Estímulo de retorno venoso e aumento da circulação sanguínea
  • Aumenta a oxigenação nos músculos de todo o corpo
  • Aumenta o trabalho de propriocepção corporal
  • Ganho de equilíbrio e coordenação motora

Contra – Indicações

  • Cardiopatas
  • Hipertensos
  • Gestantes
  • Osteoporose
  • Pessoas com medo de altura

Alguns Exemplos de Exercícios Acrobáticos

Rolling Back ou Spread EagleRolling-Back-ou-Spread-Eagle---Exercícios-Acrobáticos

Instruções

  • Com a pelve sobre a bola segurar as hastes superiores do aparelho mantendo o cotovelo e joelhos estendidos.
  • Inspirar e expiar flexionando os cotovelos e joelhos deslocando o peso sobre a bola, ficando de joelhos sobre a mesma.
  • Realizar a extensão dos cotovelos e coluna rolando sobre a bola, de modo que os pés fiquem sobre a mesma.
  • Inspirar e Expirar flexionando os cotovelos retornando para a posição inicial.

Hanging Pull UpsHunging-Pull-Ups---Exercícios-Acrobáticos

Instruções

  • Cotovelos estendidos, mãos nas hastes laterais do aparelho, pés nas alças fuzzy. O quadril deve estar em flexão e os joelhos estendidos.
  • Inspirar e expiar estendendo o quadril em direção ao teto até que o corpo esteja paralelo ao chão, realizando em seguida uma extensão de coluna e quadril.
  • Inspirar e expirar retornando a coluna para a posição neutra e, então, voltar para a posição inicial.

Abdominal o tronco suspenso no CadillacAbdominal-o-tronco-suspenso-no-Cadillac---Exercícios-Acrobáticos

Instruções

  • Em pé com mão apoiadas nas hastes laterais do aparelho, estender os membros inferiores com abdução do quadril.
  • Inspirar e expirar realizando a flexão e adução de quadril e flexão de joelhos.
  • Inspirar e expirar estendendo o quadril e joelhos novamente voltando para a posição inicial.

Elephant no Reformer com o tronco invertido e apenas um dos membros inferiores no apoio

Elephant-no-reformer-com-o-tronco-invertido-e-apenas-um-dos-membros-inferiores-no-apoio---Exercícios-Acrobáticos

Instruções

  • Em decúbito ventral sobre o aparelho, mantenha os pés apoiados sobre a barra de pés e as mãos sobre as ombreiras.. Realize a flexão do quadril até formar um ângulo de 90° com a coluna e ao mesmo tempo realize a extensão de quadril unilateral retirando o pé do apoio com a barra.
  • Inspirar e expirar empurrando o carrinho para trás contraindo os músculos extensores de quadril inspirar e expirar retornar para a posição inicial.

Tríceps Back com abdução de membros inferiores na Step ChairTríceps-Back-com-abdução-de-membros-inferiores-na-Step-Chair---Exercícios-Acrobáticos

Instruções

  • Em pé, de costas na step da cadeira, com os pés em flexão plantar, cotovelos flexionados e mãos na barra.
  • Inspirar e estender o cotovelo e depois expiar e flexionar o quadril com os joelhos estendidos, realizando posteriormente a abdução do quadril associada a rotação da coluna.

Control Balance no Foam RollerControl-Balance-no-Foam-Roller---Exercícios-Acrobáticos

Instruções

  • Em decúbito dorsal com a coluna apoiada sobre o Foam Roller, as mãos apoiadas no solo, Quadril e joelhos devem estar fletidos.
  • Inspirar e Expirar realizando a extensão dos joelhos ao mesmo tempo flexiona ainda mais o quadril, a coluna lombar e torácica.
  • Inspirar e expirar novamente estendendo o quadril direito até a posição neutra. Inspirar retomando a posição anterior e repetir com o membro inferior esquerdo. Inspirar preparando o movimento e expirar retomando à posição inicial.

Concluindo…Concluindo-Exercícios-Acrobáticos

Os exercícios acrobáticos são bonitos e chamam a atenção de todos que os observam, porém não podemos aplicá-los em nossos alunos apenas porque eles insistem ou para impressionar os outros à nossa volta.

Quem sabe o que é melhor para nossos alunos somos nós e como instrutores devemos conhecer o limite de cada aluno para introdução destes exercícios.

Além disso, mostrar ao aluno que cada exercício que ele consegue realizar respeitando todos os princípios do Método o fará chegar a níveis avançados com segurança.

Fazer uma avaliação de equilíbrio e estabilização músculo- esquelético com o aluno também nos ajudará a ter certeza de qual o melhor momento de realizar estes movimentos.

Para nossos alunos avançados que já conseguem se manter alinhados e estáveis em todos os exercícios oferecidos, existe uma gama de exercícios a ser treinados, basta usar o bom senso, o conhecimento e boa aula!

Written by Yngrid Alves

Yngrid Alves

Fisioterapeuta com pós graduação em Método Pilates: prescrição de exercício e saúde. Formação em Pilates: MAT Pilates, Aparelhos e Acessórios. Sócia-Proprietária do Studio Viva Pilates em Poços de Caldas – MG (Facebook: Studio Viva Pilates- @vivapilatespocos)

2 posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *