Posted in:

Pilates para hiperlordose lombar

exercícios-de-pilates-para-hiperlordose-lombar

É cada vez mais comum encontrar pacientes com hiperlordose.

Devido ao estilo de vida moderno o homem está mais propicio a patologia,  principalmente devido ao trabalho e por passar a maior parte de seu tempo sentado, em uma posição em que os tecidos posteriores são forçados a alongarem-se em excesso, permitindo que o disco invertebral seja empurrado para trás.

Esse fato se agrava com a má postura ao sentar-se, não apoiando as costas de maneira correta, ou simplesmente por utilizar cadeiras sem encosto.

O aumento da curvatura região lombar da coluna vertebral é conhecido na área médica como hiperlordose lombar e, geralmente, aparece associada ao movimento de anteversão da pelve.

Ele aparece como consequência de um desequilíbrio da dinâmica pélvica, como resultado de uma tensão muscular nos paravertebrais lombares e no psoas-ilíaco.

Definindo a hiperlordosehiperlordose

Chamamos de hiperlordose quando a lordose passa a ser considerada uma deformação com um ângulo superior a 60º na coluna vertebral, ou se está entre 40º e 60º na coluna lombar.

O aluno com hiperlordose sofre com dores nas costas durante as atividades que envolvem principalmente a extensão da coluna lombar, como por exemplo, ficar em pé por muito tempo.

Eis um erro extremamente comum no método Pilates: quando o fisioterapeuta ou educador físico foca apenas no local da dor de seu aluno, ou seja, ele chega com uma dor local (ombro, por exemplo), o profissional foca apenas em trabalhar a musculatura envolvida desta articulação.

Uma das maneiras de aliviar parcialmente a dor é a flexão do tronco, ou seja, o aluno prefere deitar ou se sentar quando sente a compressão.

O diagnóstico precoce de deformidades na coluna ajudam em muito o prognóstico, ou seja, quanto mais cedo se detectar a hiperlordose, mais fácil fica para se tratar.

A hiperlordose pode estar associada também a uma anteversão pélvica, no caso da lombar, ou uma proeminência da cabeça, na região da cervical.

O tratamento

Nos casos que a curva é rígida, e é a origem da dor, a hiperlordose precisa de um tratamento, que não precisa ser necessariamente cirúrgico.

Depois da avaliação médica e inicial a reabilitação pode incluir medicamentos para aliviar a dor, junto com o Pilates para que o paciente desenvolva força e flexibilidade e aumente o alcance do movimento.

O paciente também pode usar coletes para controlar a evolução da curva e perda de peso. Em casos mais graves, a cirurgia pode ser indicada.

O Pilates para reabilitaçãohiperlordose-02

A centralização,  que é  um dos princípios do método Pilates,  tem como objetivo o fortalecimento do Power House (Centro de força) descrito assim por Joseph Pilates. Seu fortalecimento promove a proteção da coluna vertebral por ser composto pela musculatura do tronco como reto abdominal, oblíquos interno e externo, quadrado lombar.

E, mais profundamente, o transverso abdominal, multifidos e paravertebrais, além dos glúteos máximo, médio, mínimo e assoalho pélvico, que estão intimamente ligados com a estabilização da nossa coluna vertebral.

O músculo transverso abdominal é dos principais músculos do Power House e deve ser bem trabalhado no Pilates para reabilitação. Seu fortalecimento aumenta a pressão intra-abdominal, fazendo com que haja uma descompressão nas vértebras lombares, por promover o crescimento axial.

O princípio da respiração, associado ao princípio da centralização do método Pilates, aumenta o nível de ativação dos músculos abdominais em relação ao mesmo exercício sem a realização dessa mecânica respiratória exigida no método.

Partindo deste conhecimento, podemos concluir que, para uma ativação efetiva do Power House, deve-se a partir da respiração realizada corretamente de acordo com o método Pilates, sendo que um princípio está intimamente ligado ao outro.

Exercícios de Pilates para a hiperlordosehiperlordose-03

Os músculos, em geral, sobrecarregados pelas ações do dia a dia, podem ser tratados em diferentes exercícios do Pilates – mas o cuidado com a biomecânica se torna essencial para um bom resultado terapêutico.

Por isso, separei dois exercícios que irão nos ajudar a alongar e sanar a tensão desses músculos.

Vamos ao alongamento do psoas ilíaco: alongamento do psoas no Ladder

Vamos alongar a região lombar: alongamento dos paravertebrais no Reformer

A hiperlordose deve ser tratada sempre em sessões de Pilates para reabilitação, onde o profissional saiba adequadamente como tratar o paciente. No entanto alguns cuidados devem ser tomados ao montar uma aula para alguém com hiperlordose:

  • Os movimentos devem ter uma amplitude pequena no primeiro momento. A primeira, segunda e terceira repetição pode apresentar um pouco de dor, mas ela deve diminuir e desaparecer conforme o corpo se movimenta. Caso a dor esteja aumentando, o movimento deve ser trocado ou adaptado.
  • Sempre devemos orientar o aluno para avisar o profissional caso a região afetada esteja incomodando ou a dor esteja piorando

Concluindo…

hiperlordose-04

Muitos profissionais e instrutores do método Pilates se perguntam se podem utilizar o método em um indivíduo com dor aguda.

O Pilates pode ajudar de forma eficaz todos aqueles que estão sofrendo em crise de dor, porém, esse trabalho deve ser muito cuidadoso e adequado para que não haja um agravamento no quadro inflamatório.

Não se esqueça de dar um feedback para seu aluno após cada aula,  assim ele poderá ter uma ideia de como sua lesão está sendo tratada.

Espero que o artigo tenha ajudado, se você já teve algum paciente com hiperlordose compartilhe conosco sua experiência!

Written by Bruna Mayer

Fisioterapeuta, pós graduada em Anatomia Humana e Biomecânica, pós graduada em Acupuntura, especialista em Reeducação Postural e Pilates, Coordenadora do curso RPG - RBC ( Reeducação Postural Global, pelo Reequilíbrio da Biomecânica Corporal), Certificação Internacioanal em Pilates Clássico Original pela Alves Pilates, Instrutora da Voll Pilates, Certificação Internacional em Pilates pela MK Pilates, coordenadora da clínica M.A Bem Estar e Saúde no Rio de Janeiro.

M.A Bem Estar e Saúde - Av. Franklin Roosevelt, 39 sala 805 - Centro Tel.: 3169-2976 e Rua Barão de Mesquita 482 - sobreloja - Tijuca tel.: 4108-6305
www.mabemestaresaude.com.br

8 posts

2 Comentários

Deixe um Comentário
  1. Olá, primeiro obrigado por compartilhar conhecimento através dos videos. obs: não é um cadilac esse aparelho é um reformer! talvez na hora de postar tenha acontecido o equivoco ! abraço.

    • Olá Fabio, obrigada pela correção. Acho que na hora de publicar ocorreu um equívoco e colocamos o aparelho errado, mas já arrumamos! 😀

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *