Junte-se a mais de 200.000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade!

Qual o seu melhor email?

A prática de exercícios tem se tornado uma escolha positiva na vida de muitas pessoas, inclusive dos brasileiros. Por isso, a procura por atividades físicas tem aumentado consideravelmente. Como já era de se esperar, juntamente com as academias convencionais, o número de Studio de Pilates também tem crescido, atualmente já são cerca de 35 mil estabelecimentos como esse no país.

Você, profissional de Pilates, já deve ter notado isso e pode estar querendo abrir o seu próprio Studio, fizemos esse artigo com todas as informações necessárias para você começar.

Nessa matéria vamos te explicar melhor como é o mercado, instruir sobre como escolher uma boa localização, bem como destacar os aspectos legais para se abrir o Studio de Pilates e todos os gastos e investimentos necessários.

Está pronto para começar o seu próprio Studio de Pilates? Então continue lendo!

1- Entenda o mercado

studio-de-pilates-16

O criador do método Pilates não sabia que a prática faria tanto sucesso nos dias atuais. Joseph Hubertus Pilates criou o método em 1914, nas enfermarias durante a II Guerra Mundial. Depois disso, foi para Nova Iorque e abriu seu Studio de Pilates, em 1923. Mas, na verdade, o Pilates começou a ser reconhecido somente por volta dos anos 1940, com alguns bailarinos.

No Brasil, o primeiro Studio de Pilates surgiu em 1991. Desde então, o mercado do Pilates tem crescido consideravelmente nos últimos anos.

Além de ser muito procurado e trazer diversos benefícios para a saúde e bem-estar, é um exercício que pode ser praticado por pessoas de todas as idades.

Segundo uma pesquisa realizada em 2013 pela Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel), o percentual de pessoas que praticam exercícios físicos durante o seu tempo livre cresceu 11% nos últimos anos.

Essa preocupação com a saúde é fonte de oportunidade para profissionais da área, como no caso do Pilates.

Como foi possível observar, o mercado consumidor é crescente. Um ponto interessante a ser tocado é que esse mercado é predominante entre mulheres, principalmente pertencentes à classe média e à classe alta.

A medicina tem incentivado bastante a prática de exercícios, e a mídia especializada também tem ajudado muito a disseminar a importância de atividades físicas regulares.

Com foco na prevenção e na melhoria de qualidade de vida, as pessoas têm procurado cada vez mais opções de atividades físicas possíveis para a sua realidade, e isso tem mantido o mercado fitness bem aquecido.

Muitos consumidores têm procurado o método Pilates pelas mais diversas razões, no entanto, as principais são: Prevenção de doenças, tratamentos e correções posturais, mais disposição física, estética, maior força muscular.

Com tantas finalidades, a área de atuação se torna abrangente, garantindo um número maior de clientes.

O Pilates também tem se tornado famoso por ter atraído adeptos famosos, como as atrizes Cássia Kiss, Isis Valverde, Cristina Oliveira e Regiane Alves. Isso chama a atenção das pessoas e funciona como uma forma de divulgação do método e dos Studios de Pilates.

Além disso, as técnicas de conscientização corporal e controle motor tem se mostrado uma ótima opção de negócio para a área fitness!

2- Já sabe a localização?  

studio-de-pilates-12

Primeiramente, para abrir o seu próprio Studio de Pilates, é importante definir uma boa localização e escolher um imóvel apropriado para a sua instalação.

E, para fazer isso, é fundamental ter em mente qual é o público você quer atingir. Um Studio de Pilates geralmente precisa estar bem localizado, em um local com mercado potencial:

  • Bairros de classe média e alta
  • Centros médicos com clínica
  • Hospitais particulares
  • Região central
  • Próximo a academias

O tamanho mínimo de um local apropriado para ministrar as aulas de Pilates deve ser de 40 a 120 m², aproximadamente. O espaço interno não precisa ser muito amplo, já que as turmas de alunos costumam ser pequenas e o número de equipamentos básicos para começar não é tão alto.

Considere, então, os seguintes itens para escolher a localização:

  • O objetivo do seu negócio
  • O público-alvo a ser atingido
  • A população nos arredores da localidade
  • A concorrência existente e em potencial nas redondezas
  • As condições do imóvel
  • As vias de acesso da localização

É importante ressaltar que o fácil acesso ao local é um fator fundamental para que o consumidor escolha o seu Studio de Pilates.

Clientes com dificuldade de locomoção ou com veículo próprio que encontram dificuldades para estacionar procuram sempre por lugares com mais acessibilidade e conforto.

É essencial planejar todas essas questões com atenção e cuidado. Para isso, o ideal é realizar uma pesquisa de mercado para iniciar o trabalho com mais segurança e eficiência!

Quando o local apropriado for devidamente escolhido, atente-se também à limpeza, cuide de detalhes da decoração e comece também a comprar os equipamentos e outros acessórios necessários para o trabalho do Studio.

3- Os aspectos legais para abrir seu Studio de Pilates

studio-de-pilates-13

Depois de fazer uma pesquisa de mercado e de identificar uma boa localização para o seu Studio de Pilates, é hora de falar sobre algo que nem sempre é agradável, mas necessários: os aspectos legais para abertura do negócio.

Nesse momento, a dica inicial é contratar um contador profissional para te ajudar nessa parte mais burocrática do processo de abertura da empresa. Esse auxílio é essencial, pois você precisará se dedicar a outras questões importantes da abertura do Studio.

Alguns registros, alvarás e informações legais serão necessárias:

  • Registros junto à Secretaria de Receita Federal, para obtenção do CNPJ.
  • Registros na Junta Comercial.
  • Registros junto a Receita estadual, para obtenção da inscrição estadual;
  • Registros junto a prefeitura, para obtenção do alvará de localização e de licença sanitária.
  • Registros na Secretaria Estadual da Fazenda.
  • Enquadramento na Entidade Sindical Patronal em que a empresa se encaixa (obrigatório o recolhimento da
  • Contribuição Sindical Patronal por ocasião da constituição da empresa até o dia 31 de janeiro de cada ano).
  • Enquadramento no Conselho de Classe, podendo ser de Fisioterapia ou de Educação Física.
  • Cadastro na Caixa Econômica Federal (CEF) no sistema Conectividade Social
  • Autorização do Corpo de Bombeiros – CBM.
  • Cadastro Municipal de Vigilância Sanitária (CMVC), do Sistema Estadual de Vigilância Sanitária (Sevisa).
  • Todo Studio de Pilates tem a obrigatoriedade de seguir as normas legais da Anvisa, que estabelecerá registros e fiscalizações.
  • Pesquisar na Prefeitura Municipal/Administração Regional se a Lei de Zoneamento permite a instalação do negócio.

Lembrando que o seu Studio de Pilates, assim como todos os outros, também é obrigado a se legalizar de acordo com as normas da Anvisa.

Já com relação aos professores e instrutores que você deverá contratar, todos eles devem ser fisioterapeutas ou profissionais de Educação Física devidamente registrados no Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional ou no CREF ou Conselho Regional de Educação Física.

Além disso, estes profissionais também precisam ser qualificados para o trabalho e certificados no método Pilates, já que está é uma prática que exige aparelhos específicos para a realização das aulas.

4- Quais irão ser seus principais gastos?

studio-de-pilates-15

Os principais gastos com a abertura de um Studio de Pilates advém da estrutura, da regularização e da contratação de funcionários. Mas não se preocupe, pois vamos abordar a questão do investimento mais à frente.

Os equipamentos necessários podem representar mais da metade do seu investimento inicial, então, é bom já ter em mente quais você vai comprar e onde poderá encontrá-los.

Os equipamentos básicos geralmente são:

Pesquise, pelo menos na internet, quais são as empresas fabricantes desses equipamentos para Pilates e escolha os seus de acordo com a qualidade dos produtos e também pelo preço, de forma que caiba dentro do seu orçamento.

Com relação aos funcionários, certifique-se de que os profissionais contratados são da área de atuação. Como as aulas costumam ser ministradas em horários e turnos diferentes, o recomendado é contratar mais de um instrutor/professor.

Um gasto muito importante também deve ser levado em consideração, que é o da divulgação do seu Studio de Pilates. Inicialmente, você vai precisar de mais recursos para conseguir um bom número de alunos e atrair o seu público-alvo.

Para mais dicas sobre como fazer um bom marketing do seu novo Studio, confira um artigo que postamos recentemente no Blog, clicando aqui!

5- O investimento total

studio-pilates-13

Para montar um Studio de Pilates, você precisará aplicar um investimento inicial. Basicamente, para se abrir negócio desse tipo, o valor mínimo fica na faixa de R$ 30 mil, no entanto, isso varia muito de acordo com o tamanho do lugar e a sua localização.

De acordo com o Sebrae, o investimento inicial para um Studio de aproximadamente 60 m² e com capacidade mínima para o atendimento médio de 20 clientes por dia seria de aproximadamente R$ 70 mil. Sendo assim, tenha em mente um investimento que varie entre esses dois valores.

O seu investimento total para iniciar e viabilizar o negócio deve ser dividido da seguinte forma:

Os Investimentos Pré-Operacionais

São as despesas realizadas com pesquisas de mercado, com os registros da sua empresa, projetos diversos como os de decoração, além de honorários profissionais com contadores, arquitetos etc.

O Investimento Fixo

Esse é o capital empregado para a compra dos equipamentos, dos móveis, de outros itens de instalações, bem como para realizar a decoração, algumas reformas necessárias, dentre outros.

O Capital de Giro

O capital de giro será o valor necessário para você abarcar todos os gastos iniciais da atividade produtiva do seu Studio de Pilates. Aqui entram:

  • As compras iniciais
  • O pagamento dos primeiros meses de salário dos seus funcionários
  • Os honorários do contador e outros profissionais contratados
  • As taxas
  • Os impostos
  • As manutenções

Os valores contidos nesses investimentos podem variar de acordo com o ponto comercial do Studio e com as escolhas dos equipamentos, por exemplo.

Por isso é muito importante realizar um plano de negócio. Nele, você consegue visualizar de forma mais clara quais são os recursos necessários para a abertura do seu Studio.

Além disso, também é possível determinar os objetivos que você tem em mente e o retorno do investimento e alcance de mercado.

Com relação ao retorno, geralmente, o faturamento mensal de um Studio de Pilates é de cerca de R$ 15 mil, se você levar em consideração uma média de 40 alunos e mensalidades de R$ 300,00, que é o usual atualmente.

Concluindo…

doenças-cardiovasculares

Viu como é simples abrir o seu Studio de Pilates quando se tem as informações necessárias? Se você tem certeza de que quer mesmo abrir o seu negócio, tenha os pés no chão e a mente nesse sonho!

A atitude de começar é tudo. Mesmo sendo um fisioterapeuta ou educador físico, você pode gerir o seu negócio sem dor de cabeça.

Com um planejamento prévio, e objetivos traçados dentro da sua realidade financeira, os resultados que você espera com a abertura do Studio de Pilates são certos e podem te surpreender bastante.

Em momentos de decisões importantes como essa, é muito importante buscar as informações certas e a ajuda de profissionais qualificados. Basta seguir essas dicas, ter os conhecimentos necessários e, claro, saber trabalhar com qualidade, destacando-se com algum diferencial.

Gostou das dicas? Tem mais alguma para acrescentar? Compartilha com a gente nos comentários!